Biblioteca Florestal
Digital

Análise florístico-estrutural e relações com o ambiente em área de ecótono floresta estacional-cerrado sensu stricto no estado do Tocantins

Show simple item record

dc.contributor.advisor Rezende, Alba Valéria
dc.contributor.author Mendonça, Gabriel Vargas
dc.date.accessioned 2014-07-11T17:03:14Z
dc.date.available 2014-07-11T17:03:14Z
dc.date.issued 2012-07-12
dc.identifier.citation MENDONÇA, G. V. Análise florístico-estrutural e relações com o ambiente em área de ecótono floresta estacional-cerrado sensu stricto no estado do Tocantins. 2012. 71 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília, Brasília. 2012. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/9505
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília pt_BR
dc.description.abstract Este estudo teve como objetivo conhecer a composição florística, a estrutura e as relações entre a comunidade arbustivo-arbórea e os fatores ambientais em área de ecótono floresta estacional-cerrado sensu stricto, no sudeste do Estado do Tocantins. Foram estabelecidas 50 parcelas permanentes de 20 x 20 m, distribuídas em 3 transectos perpendiculares ao gradiente. Em cada parcela foram registrados todos os indivíduos com diâmetro a altura do peito (DAP) ≥ 5,0 cm e coletadas amostras compostas de solos nas profundidades de 0 - 10 cm, 20 - 30 cm e 40 - 50 cm. Dados referentes ao solo e à declividade foram correlacionados com a vegetação através de técnicas de análise multivariada, visando identificar padrões de distribuição das espécies em função da heterogeneidade ambiental. Na amostragem total (2 ha) foram encontradas 26 famílias, 57 gêneros e 70 espécies, distribuídas em 2.627 indivíduos, além de 148 indivíduos mortos (5,3%). A comunidade apresentou diversidade de espécies (H’) igual a 3,41 e equabilidade (J’) igual a 0,80. A análise fitossociológica mostrou que as espécies mais importantes na área de ecótono foram Myracrodruon urundeuva Allemão, Callisthene fasciculata Mart. e Dilodendron bipinnatum Radlk. A primeira divisão da análise TWINSPAN (autovalor 0,32) separou dois grandes grupos de parcelas com espécies preferenciais as duas fitofisionomias que se contatam na área de estudo. A análise de correspondência canônica (CCA) detectou relação significativa entre a vegetação e os fatores ambientais analisados (p ˂ 0,05), explicando parte da distribuição espacial das espécies. Espécies típicas de floresta estacional decidual ocorreram preferencialmente em solos ricos em Ca e Mn, enquanto espécies típicas de cerrado sensu stricto geralmente ocorreram em solos com altos teores de Fe e baixa saturação por bases. pt_BR
dc.description.abstract This study aimed to understand the floristic composition, structure and community relations with environmental factors, in an ecotone area in the southeast of Tocantins State, Brazil. Were established 50 permanent plots of 20 x 20 m, distributed in 3 transects perpendicular to the gradient. In each plot were recorded all trees with a diameter at breast height (DBH) ≥ 5,0 cm and soil samples collected at depths 0-10 cm, 20-30 cm and 40-50 cm. A detailed topographical survey was carried out on the sampled area. Data relating soil were correlated with vegetation through multivariate analysis techniques, to identify patterns of species distribution as a function of environmental heterogeneity. In the total sample (2 ha) were found 26 families, 57 genera and 70 species in 2627 individuals, and 148 individuals died (5,3%). The community had species diversity (H') equal to 3,41 and equability (J') of 0,80. A phytosociological analysis showed that the most important species in the area were Myracrodruon urundeuva Allemão, Callisthene fasciculata Mart. and Dilodendron bipinnatum Radlk. The first division of the TWINSPAN analysis (eigenvalue 0,32) separated two large groups of plots with species preferred the two vegetation types that contact in the study area. A canonical correspondence analysis (CCA) found a significant relationship between vegetation and environmental factors analyzed (p ˂ 0,05), explaining part of the spatial distribution of species. Typical species of deciduous forest occurred mainly in soils rich in Ca and Mn, while typical species of cerrado sensu stricto generally occurred in soils with high levels of Fe and low base saturation. pt_BR
dc.format 71 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Análise florístico-estrutural e relações com o ambiente em área de ecótono floresta estacional-cerrado sensu stricto no estado do Tocantins pt_BR
dc.title Floristic-structural analysis and relations with the environment in savanna-forest transition area, Tocantins, Brazil pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertacao_Gabriel Vargas Mendonca.pdf 2.145Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account