Biblioteca Florestal
Digital

Influência de Attalea dubia (Mart.) Burret (Arecaceae) no recrutamento de espécies arbóreas em um fragmento de Mata Atlântica, RJ

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pires, Alexandra
dc.contributor.author Dias, Ana Helena de Souza
dc.date.accessioned 2014-05-29T13:59:23Z
dc.date.available 2014-05-29T13:59:23Z
dc.date.issued 2011-07-04
dc.identifier.citation DIAS, A. H. S. Influência de Attalea dubia (Mart.) Burret (Arecaceae) no recrutamento de espécies arbóreas em um fragmento de Mata Atlântica, RJ. 2011. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Engenharia Florestal) - Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro, Seropédica. 2011. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/8947
dc.description Trabalho de Conclusão de Curso defendido no Instituto de Florestas da Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.description.abstract As palmeiras (Arecaceae) formam uma das maiores famílias de plantas do mundo e desempenham um papel importante em florestas tropicais, onde são um dos principais componentes do dossel e do sub-bosque. Os frutos das palmeiras, muito abundantes nos trópicos, fazem parte da dieta de diversos animais. Além disso, estas plantas são amplamente utilizadas pelo homem, apresentando um potencial econômico significativo. Entre os gêneros encontrados no Brasil, se destaca Attalea, com três espécies que ocorrem no estado do Rio de Janeiro. Algumas palmeiras deste gênero são capazes de prosperar em áreas perturbadas, podendo atingir altas densidades nestes ambientes. Por sua vez, tem sido relatado que altas densidades de palmeiras podem afetar o banco de plântulas de florestas tropicais, tanto com relação à abundância quanto à riqueza de espécies. Neste contexto, o presente estudo buscou avaliar a influência da palmeira Attalea dubia (Mart.) Burret no recrutamento de plântulas de espécies de hábito arbóreo em um fragmento de Mata Atlântica de 35 ha localizado no município de Vassouras, RJ. Foram selecionadas seis palmeiras adultas distando cerca de 30 m umas das outras. Para cada palmeira, foi demarcado um par de parcelas circulares com raio de quatro metros e distantes 10 m entre si, sendo uma ao redor do estipe e outra fora da área de influência de A. dubia (controle). Dentro das parcelas, todas as plântulas (altura > 20 cm e DAP < 1 cm) foram quantificadas e identificadas. No total, foram amostradas 1469 plântulas pertencentes a 100 espécies, excluindo-se os indivíduos de A. dubia. Rubiaceae foi a família com maior número de indivíduos, seguida por Euphorbiaceae e Fabaceae. A abundância de plântulas não diferiu entre as áreas amostradas (teste t pareado = 1,09; p = 0,33), tendo sido encontrados 611 indivíduos (média ± dp = 102,0 ± 44,4) sob as coroas foliares e 858 (143,0 ± 85,3) fora das áreas de influência das mesmas. O mesmo ocorreu quando apenas as plântulas de A. dubia foram consideradas (t pareado = 1,76; p = 0,14), tendo sido observadas 65 (10,7 ± 6,7) embaixo das palmeiras e 44 (7,3 ± 2,2) nas áreas adjacentes. Com relação à riqueza, foram encontradas 77 morfoespécies (25,0 ± 5,0) nas parcelas sob interferência de A. dubia e 63 (23,2 ± 4,9) nas parcelas controle, também não havendo diferença entre as áreas (t pareado = 0,76; p = 0,48). Os resultados indicam que a palmeira A. dubia não influenciou a abundância nem a riqueza de plântulas do fragmento florestal estudado. Além disso, as plântulas de A. dubia também não foram afetadas pelos adultos co-específicos. Vale destacar, no entanto, que algumas famílias e espécies de plantas foram mais influenciadas do que outras por A. dubia, demonstrando que é importante conhecer a identidade das espécies que ocorrem nas áreas sob e sem a influência das palmeiras. pt_BR
dc.description.abstract Palms (Arecaceae) are one of the largest plant families in the world and play an important role in tropical forests, where they are a major component of the canopy and understory. The fruits of palm trees, abundant in the tropics, are part of the diet of many animals. In addition, these plants are widely used by humans, presenting a significant economic potential. Among the genus found in Brazil, Attalea stands out with three species occurring in the state of Rio de Janeiro. Some palms of this genus are able to thrive in disturbed areas and can reach high densities in these environments. High palm densities, by its turn, can affect the abundance and species richness of the seedling bank in tropical forests. In this context, this study evaluated the influence of the palm Attalea dubia (Mart.) Burret on the recruitment of seedlings of woody species in an Atlantic Forest fragment of 35 ha in the city of Vassouras, RJ. Six adult palms, spaced about 30 m from each other, were selected. For each palm, was marked a pair of circular plots with a radius of four meters and 10 m distant from each other, one around the stem and another outside the influence of A. dubia crowns (control). Within the plots, all seedlings (height > 20 cm and DBH < 1 cm) were quantified and identified. In total, were sampled 1469 seedlings belonging to 100 species, excluding the individuals of A. dubia. Rubiaceae was the family with the highest number of individuals, followed by Euphorbiaceae and Fabaceae. The abundance of seedlings did not differ between the sampled areas (paired t test = 1.09, p = 0.33), and were found 611 individuals (mean ± SD = 102.0 ± 44.4) under the crowns and 858 (143.0 ± 85.3) outside the palms. The same was true when only the seedlings of A. dubia were considered (paired t = 1.76, p = 0.14), 65 seedlings were observed (10.7 ± 6.7) under palm trees and 44 (7.3 ± 2.2) in adjacent areas. Considering species richness, 77 morphospecies were found (25.0 ± 5.0) in areas under the influence of Attalea palms and 63 (23.2 ± 4.9) in control plots, with no significant difference between them (paired t = 0.76, p = 0.48). The results indicate that the palm A. dubia did not influence the abundance nor the richness of the seedlings in the forest fragment studied. In addition, seedlings of A. dubia were not affected by adult conspecifics. It is worth noting, however, that some families and species of plants were more affected than others by A. dubia, demonstrating that it is important to know the identity of the species that occur in areas under the influence and without the palm trees. pt_BR
dc.format 21 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Influência de Attalea dubia (Mart.) Burret (Arecaceae) no recrutamento de espécies arbóreas em um fragmento de Mata Atlântica, RJ pt_BR
dc.type TCC pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
2011_1_Ana-Helena-de-Souza-Dias.pdf 1.802Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Monografia

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account