Biblioteca Florestal
Digital

Análise dos dispêndios energéticos e econômicos da implantação de eucalipto

Show simple item record

dc.contributor.advisor Bueno, Osmar de Carvalho
dc.contributor.author Gatin, Edse Amanda Bertalha
dc.date.accessioned 2014-04-09T14:20:04Z
dc.date.available 2014-04-09T14:20:04Z
dc.date.issued 2010-12-09
dc.identifier.citation GATIN, E. A. B. Análise dos dispêndios energéticos e econômicos da implantação de eucalipto. 2010. 120 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu. 2010. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/7960
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho teve por objetivo analisar e comparar os dispêndios energéticos e econômicos da implantação de eucalipto, região de Botucatu, no município de Itatinga, estado de São Paulo. Comparando-se os gastos energéticos com o econômico, pode haver divergência, segundo seu tipo, fonte e forma, pois a análise energética capta as relações estruturais da produção, e a econômica, situações conjunturais de mercado. Utilizaram-se dados de fontes primárias e secundárias. A construção do itinerário técnico e informações da implantação de eucalipto foram obtidos em pesquisas realizadas em campo, diretamente com os técnicos e responsáveis pela operação. De fontes secundárias foram coletados dados referentes aos salários dos diaristas e tratoristas e os valores de maquinários e implementos agrícolas. A implantação de eucalipto é um conjunto de operações com investimentos em máquinas, consumo de combustível e de lubrificante, insumos e mão-de- obra, representando dispêndios energéticos e econômicos. Nesta análise a entrada energética foi classificada e quantificada conforme o seu tipo, energias diretas e energias indiretas, sendo a direta dividida em energia biológica e fóssil e a indireta em energia industrial. A análise econômica foi realizada separando as energias segundo seu tipo, fonte e forma, igualmente a análise energética. Pela análise energética o sistema quantificou um dispêndio de 21.831,76 MJ . ha-1, sendo que os fertilizantes químicos foram os que tiveram maior participação (56,05%). Pela análise econômica os dispêndios da implantação de eucalipto foram de R$ 3.884,18 . ha-1, os fertilizantes participaram deste dispêndio com cerca de 36,48%. Comparando a análise energética com a econômica, verificou-se que a energia direta fóssil tem uma participação na vertente energética de 18,97% e na vertente econômica de 5,24%. No longo prazo este sistema pode ter implicações do ponto de vista da sustentabilidade energética, dada a dependência de fontes não-renováveis, como também pode ter seu custo elevado frente a grande utilização destas energias, onde seu valor é determinado pelo mercado. pt_BR
dc.description.abstract This report aims to analyze and compare economic and energy costs from eucalyptus implementation, Botucatu region, Itatinga town, São Paulo state in Brazil. Comparing the economic costs with the energy costs, there can be differences about type, source and format because the energy analysis gets production structure relation, and the economic checking is related to market movements. It was used in this, data from second and first kind of sources. The building of the technical itinerary and eucalyptus implementation information were obtained from researches made in the field, directly with technicians and people responsible for the operation. From second sources, it was collected data refer to salary of daily and tractor drivers and the also values from agricultural machinery and machinery in general. The implementation of the eucalyptus is a group of operations with investments in machines, fuels use and lubricants, inputs and labor, which brings economic and energy costs. In this analysis the energy was classified and quantified by its own type, direct and indirect energy; so that the direct energy was divided in fossil and biological and the indirect to industrial energy. The economical analysis was done in the same way as the energy. By the economic analysis the system quantified a cost of 21.831,76 MJ. ha-1, in a way that the chemical fertilizers had the biggest role (56,05%). By the economic analysis the cost of the eucalyptus implementation was R$ 3.884,10 . ha-1, the fertilizes were about 36,48%. Comparing those analysis, it was checked that direct energy from fossil has a great role in energetic aspect of 18,97% and in the economic aspect of 5,24%. In a long term this system may have implications in the energetic sustainable view because it depends on non-renewable sources as well as a high cost when using these energies where its value is determined by the market. pt_BR
dc.format 120 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.title Análise dos dispêndios energéticos e econômicos da implantação de eucalipto pt_BR
dc.title Energy and economic costs analyses from eucalyptus implementation pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Dissertacao_Edse Amanda Bertalha Gatin .pdf 932.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account