Biblioteca Florestal
Digital

Adaptação de espécies de pinus na região nordeste do Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Kageyama, Paulo Yoshio
dc.contributor.author Caser, Roberto Luiz
dc.date.accessioned 2014-02-13T18:11:31Z
dc.date.available 2014-02-13T18:11:31Z
dc.date.issued 1982-06
dc.identifier.citation KAGEYAMA, P. Y; CASER, R. L. Adaptação de espécies de pinus na região nordeste do Brasil. Piracicaba: IPEF. Série Técnica, v. 3, n. 10. 1982. 17 p. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/6868
dc.description O conteúdo é apresentado em: Introdução; Condições ecológicas e escolha de espécies e variedades; Variação genética entre procedências em ensaios na região Nordeste; Considerações sobre os resultados obtidos pela Universidade de Oxford nos testes de procedências de Pinus tropicais; Seleção intrapopulacional e testes de progênies; Produção de sementes de Pinus tropicais; Consideraçoes finais; Referências bibliográficas. pt_BR
dc.description.abstract Com a crescente expansão do reflorestamento no Brasil e a falta de áreas extensas e utilizáveis para esse fim nas regiões, sul e sudeste, as plantações florestais vêm também se estendendo ao nordeste brasileiro. Uma região tropical extensa como a do Nordeste apresenta amplas variações de clima, basicamente em função do regime de precipitação, além de uma acentuada variação de solo. As vastas regiões tropicais do mundo cobertas com espécies do gênero Pinus, e a reconhecida aptidão dessas espécies para implantação de florestas, colocam esse grupo de árvores como potenciais a essa região. No entanto, em função da ampla variação nas condições ecológicas do nordeste e da grande gama de materiais genéticos possíveis de serem utilizados, somente estados detalhados de introdução de espécies, variedades e procedências sobre locais representativos da variação ambiental existente poderão definir o potencial de cada material nas diferentes regiões. Em função da parca experimentação efetuada na região por diferentes instituições de pesquisa e empresas privadas, procurar-se-á mostrar algumas tendências que vem sendo observadas com relação aos diferentes materiais genéticos testados. Essa experimentação foi conduzida principalmente pela EMBRAPA e pelo IPEF em diferentes locais na região. A observação de plantações em escala comercial com o gênero Pinus, que vêm sendo efetuadas no nordeste, permite também a confirmação dos resultados experimentais, dando maior grau de confiança as tendências que vêm sendo observadas. Na medida do possível, serão efetuadas comparações com resultados de outros países, com regiões similares às do nordeste, visando melhorar a compreensão da resposta das espécies às diferentes condições ecológicas e da interação das espécies com esses ambientes. pt_BR
dc.format 17 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisa e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Série Técnica;10
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.title Adaptação de espécies de pinus na região nordeste do Brasil pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
ipef-serie-tecnica-1982-vol-3-n-10-p-33-56.pdf 1.756Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Série Técnica

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account