Biblioteca Florestal
Digital

Potencial da madeira de clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla para a produção de lâminas e manufatura de painéis compensados

Show simple item record

dc.contributor.advisor Bortoletto Junior, Geraldo
dc.contributor.author Almeida, Renato Rocha
dc.date.accessioned 2013-12-03T18:12:27Z
dc.date.available 2013-12-03T18:12:27Z
dc.date.issued 2002-03
dc.identifier.citation ALMEIDA, R. R. Potencial da madeira de clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla para a produção de lâminas e manufatura de painéis compensados. 2002. 80 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) - Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2002. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/5516
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract O presente estudo teve como objetivo principal avaliar o potencial da madeira de dois clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalypstus Urophylla para a produção de lâminas e manufatura de painéis compensados. Foram coletadas cinco árvores para cada clone (i e II) e duas toras de cada árvore, sendo uma de base (A) e outra subsequente (B), totalizando 20 toras. As toras após descascamento e aquecimento em água quente foram processadas em torno laminador gerando lâminas de 2,00mm de espessura nominal. O rendimento do processo de laminação foi avaliado e os valores médios do rendimento foram de 51,74% para as toras do clone I e de 56,81% para as toras do clone II. A qualidade das lâminas produzidas foi avaliada com base na Norma de Controle de Qualidade e Classificação de Compensados, da ABNT. O clone I gerou lâminas de maior qualidade: 11,94% na classe A; 32,84% na classe B; 54,58% na classe C e 22,89% na classe D. Foram manufaturados compensados de 5 camadas, com lâminas de classe C para as capas e o miolo, coladas com adesivo à base de ureia-formaldeído. Os fatores de tratamento empregados na manufatura foram: clone (I e II), gramatura de cola (320 e 360 g/m²) e tempo de prensagem (8 e 12 minutos). O delineamento experimental foi inteiramento casualizado com arranjo fatorial do tipo 2 x 2 x 2. A partir dos compensados manufaturados foram obtidos corpos de prova para avaliação das propriedades físicas - massa específica aparente, absorção superficial de água, absorção total de água, inchamento mais recuperação em espessura, e avaliação das propriedades mecânicas - flexão estática paralela e perpendicular (MOR e MOE) e resistência da linha de colagem ao esforço de cisalhamento nas condições seca e úmida. A análise estatística dos resultados das propriedades físicas e mecânicas foi realizada através de uma análise de variância. Não houve interação significativa entre os fatores clone, gramatura de cola e tempo de prensagem, considerando todas as variáveis avaliadas. Foram detectadas diferenças significativas para o fator clone em relação às variáveis massa específica aparente (maior para o clone I), absorção superficial e total de água (menores para o clone I), resistência da linha de colagem ao esforço do cisalhamento - condição seca e flexão estática - MOR paralelo e perpendicular (maiores para o clone I). Para o fator gramatura de cola não houve diferença significativa entre os tratamentos para nenhuma das variáveis avaliadas. Houve diferença significativa para o fator tempo de prensagem em relação às variáveis absorção superficial de água (menor para o tempo de prensagem de 12 minutos), inchamento mais recuperação em espessura e recuperação em espessura (menores para o tempo de prensagem de 8 minutos). A conclusão dos trabalhos é que as madeiras de ambos os clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla apresentam alto potencial para produção de lâminas e manufatura de compensados. pt_BR
dc.description.abstract The main objective of this work was to evaluate th potencial of Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla hybrid clones wood for plywood and veneer producition. Five (5) trees were collected for each clone (I and II) and 2 logs of each tree, being one from base (A) and other subsequent one (B), totaling 20 logs. The logs after debarked and heated in hot water were processed in rotary cuting lathe generating veeners of 2,00 mm nominal thickness. The peeling yield were valuated and mean values were 51,74% from clone I logs and 56,81% from de II one. The venner quality graded was conduced following Norma de Controle de Qualidade e Classificação de Compensados, Brazilian standards. The clone I generated veneers of better quality: 11,94% of grade A veneer; 32,84% of B; 54,48% of C and 0,75% of grade D veneer, while the clone II generated: 1,20% f grade A veneer; 8,40% of B; 64,47 of C and 22,89% of grade D veneer. The plywood manufacture treatment factors were: clone (I and II), glue amount (320 and 360 g/m²) and press time (8 and 12 minutes). From manufacture plywood were obtained speciments o evaluate the physical properties – apparent specific mass, superficial absorption of water, total absorption of water, thickness swelling more thickness recovery and thickness recovery, and the mechanical properties – parallel and perpendicular static bending (MOR and MOE) and bonding line shear test in the dry and wet conditions. The results obtained during the physical and mechanical assessments of plywood were analyzed using a variance analysis, executed by SAS (Statistical Analysis System). There was not significant interaction among he factors clone, glue amount and press time, considering all the appraised variables. Significant differences were detected for the factor clone in relation to the variables apparent specifc mass (clone I smaller than clone II), superficial and total absorption of water (clone I smaller than clone II), bonding line shear test (dry condition) and static bending – parallel and perpendicular MOR (clone I higher than clone II). To the factor glue amount there was not significant difference for the factor among the treatments for none of the appraised variables. There was significant difference for the factor press time in relation to the variables superficial absorpion of water (12 minutes smaller than 8 minutes), thickness swelling more thickness recovery and thickness recovery (8 minutes smaller than 12 minutes). It's concluded that Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla hybrid clones wood have a high potential for plywood and veneer production. pt_BR
dc.format 80 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de chapas pt_BR
dc.title Potencial da madeira de clones do híbrido Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla para a produção de lâminas e manufatura de painéis compensados pt_BR
dc.title Potential use of wood from Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla hybrid clones wood for plywood and veneer production pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
dissertacao_Almeida, Renato Rocha.pdf 511.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account