Biblioteca Florestal
Digital

Identificação de padrões de resposta à tomografia de impulso em tipuanas (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze

Show simple item record

dc.contributor.advisor Silva Filho, Demóstenes Ferreira da
dc.contributor.author Rollo, Francisco Martins de Almeida
dc.date.accessioned 2013-12-02T17:22:19Z
dc.date.available 2013-12-02T17:22:19Z
dc.date.issued 2009
dc.identifier.citation ROLLO, F. M. A. Identificação de padrões de resposta à tomografia de impulso em tipuanas (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze. 2009. 123 f. Dissertação (Mestrado em Recursos Florestais) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2009. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/5480
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract As árvores desempenham papel fundamental na qualidade ambiental das áreas urbanas. Como a floresta urbana é alvo constante de ações inadequadas de manejo, tais como podas inapropriadas, técnicas que visam avaliar a qualidade dos indivíduos e o risco de queda de árvores são fundamentais para a diminuição de possíveis danos causados aos equipamentos urbanos além de risco aos habitantes das cidades. Os métodos de avaliação visual de árvores desenvolvidos para a identificação de problemas biomecânicos e fitossanitários possibilitaram que avaliações de risco de queda fossem conduzidas. Nesses métodos, inspeções detalhadas a respeito da extensão das lesões presentes no colo e tronco, que podem comprometer sua estabilidade, são recomendadas para os indivíduos. Entre as técnicas utilizadas para o reconhecimento de lesões internas, a tomografia destaca-se por fornecer informações a respeito de toda seção avaliada com apenas uma medição e por gerar uma imagem que permite identificar o posicionamento e a extensão das áreas lesionadas. Por ser um método relativamente novo, são necessários estudos que visem identificar a resposta à tomografia em diferentes espécies, possibilitando desta forma a identificação precisa das áreas lesionadas. O trabalho realizado teve por objetivo testar a confiabilidade das informações geradas pela tomografia de impulso e identificar padrões de resposta em árvores de tipuana (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze). Trinta e nove indivíduos que apresentaram sinais de injúria, apodrecimento, inclinação ou outros fatores que pudessem prejudicar sua estabilidade ou desenvolvimento foram avaliados por essa técnica. As velocidades de propagação de onda mecânica obtidas pela tomografia de impulso foram comparadas às leituras de resistência à penetração medidas por resistógrafo, objetivando identificar a correlação existente entre a tomografia de impulso e um método amplamente difundido para a quantificação de lesões internas (resistógrafo). As imagens que mostraram sinais nítidos de lesão foram avaliadas estatisticamente, o que possibilitou o reconhecimento de que velocidades de propagação de ondas mecânicas iguais ou inferiores a 729,65 m.s-1 representam tecidos lesionados para a espécie. As áreas periféricas às lesões avaliadas não apresentaram diferenças estatisticamente significativas em relação às velocidades encontradas. Análises estatísticas indicam a existência de forte correlação entre as leituras tomográficas e do resistógrafo. Foi obtido coeficiente de determinação (R2) igual a 0,9977 no modelo adotado. A tomografia de impulso é uma importante ferramenta para a complementação da avaliação visual de árvores, permitindo a identificação e quantificação precisa de lesões internas na seção avaliada. pt_BR
dc.description.abstract Trees perform a fundamental role in environmental quality of urban environments. As the urban forest is often exposed to inadequate management actions, such as improperly pruning, techniques to evaluate the quality of individuals and the risk of trees falling are essential to reduce the possible hazard to urban equipment and the risk to city dwellers. The visual tree assessment developed for the identification of biomechanical problems made it possible for hazard assessments to be conducted. In these methods, detailed inspections regarding the extent of the lesions found in the root collar and trunk are recommended for those who had clear signs of injuries that can affect their stability. Among the techniques used for the recognition of internal injuries, tree tomography is noted for providing information regarding an entire cross-section evaluated with only one measurement, generating an image that identifies the position and extent of injured areas. Being a relatively new method, studies aimed to identifying the tomography response in different species are needed, thus to enable an accurate identification of the injured areas. This work aimed to test the reliability of the information generated by the impulse tomography and to identify patterns of response on tipuana trees (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze). Thirty-nine individuals of tipuana that presented signs of injury, decay, leaning or other factors that could affect its stability or development were evaluated by this technique. The speed of mechanical wave propagation obtained by the impulse tomography was crossed to resistograph measurements readings of resistance to penetration in order to identify the correlation between impulse tomography and a method widely known for the quantification of internal injuries (resistograph). The imagery showing clear signs of injury was evaluated statistically, allowing to identify that mechanical waves propagation with speed equal or lower than 729,65 m.s-1 represents injured tissues for the specie. The peripheral lesion areas evaluated did not show statistically significant differences in the speeds found. Statistical analysis indicates that there was a strong correlation between the readings of impulse tomography and resistograph. The coefficient of determination (R2) equal to 0.9977 was obtained in the adopted model. Impulse tomography is an important tool to complement the visual assessment of trees, allowing the precise identification and quantification of internal injuries in the evaluated cross-section. pt_BR
dc.format 123 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Planejamento paisagístico pt_BR
dc.title Identificação de padrões de resposta à tomografia de impulso em tipuanas (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze pt_BR
dc.title Identification of response patterns in the impulse tomography in tipuana (Tipuana tipu (Benth.) O. Kuntze pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
dissertacao_Francisco-Martins-de-Almeida-Rollo.pdf 2.200Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação
errata_Francisco-Martins-de-Almeida-Rollo.pdf 36.67Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação - Errata

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account