Biblioteca Florestal
Digital

Análise econômica da produção de madeira de Candeia (Eremanthus erythropappus) em plantios

Show simple item record

dc.contributor.advisor Oliveira, Antônio Donizette de
dc.contributor.author Silva, Carolina Souza Jarochinski e
dc.date.accessioned 2013-10-07T12:31:10Z
dc.date.available 2013-10-07T12:31:10Z
dc.date.issued 2011-02-24
dc.identifier.citation SILVA, C. S. J. Análise econômica da produção de madeira de Candeia (Eremanthus erythropappus) em plantios. 2011. 135 f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal de Lavras, Lavras. 2011. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/4280
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.description.abstract A candeia (Eremanthus erythropappus) é uma espécie florestal de múltiplos usos e cuja madeira é empregada na produção de moirões de cerca com alta durabilidade e extração de óleos essenciais, utilizados na indústria de fármacos e cosméticos. Estudos demonstram que o manejo da candeia nativa é viável economicamente. Entretanto, com a crescente demanda por sua matéria prima no mercado, o plantio de candeia surge como uma alternativa de renda para os produtores rurais. Assim, este estudo foi realizado com o objetivo geral de analisar a viabilidade econômica e determinar a rotação econômica de plantios de candeia em diversos espaçamentos, sob condições determinísticas e de risco. A área de estudo consiste em um experimento de plantio de candeia em quatro espaçamentos (1,5 x 1,5 m; 1,5 x 2,0 m; 1,5 x 2,5 m e 1,5 x 3,0 m), para os quais obtiveram-se os fluxos de caixa relacionados às diversas idades de corte. Na análise da viabilidade econômica e na determinação da rotação econômica utilizou-se o método do valor anual equivalente (VAE). Realizou-se também a análise de sensibilidade para detectar o efeito individual e conjunto de seis variáveis presentes no fluxo de caixa. Para a análise de risco utilizou-se a simulação de Monte Carlo, tendo como variável de saída (output) o VAE e como variáveis de entrada (fontes de incertezas) as distribuições de probabilidade referentes ao preço da muda, da terra e da madeira, o custo de colheita, a taxa de juros, e a produção de madeira. Concluiu-se que os custos com a participação mais significativa no custo total foram os relativos a mudas, colheita e terra. O plantio de candeia em espaçamentos maiores é mais lucrativo e está sujeito a menos risco que o plantio em espaçamentos menores. Para os espaçamentos 1,5 x 3,0 m, 1,5 x 2,5 m, 1,5 x 2,0 m e 1,5 x 1,5 m, a idade ótima de corte foi de 12, 13, 13, e 15 anos, respectivamente. A variável que causa o maior impacto positivo na lucratividade dos tratamentos e idades de corte é o preço da madeira, enquanto o maior impacto negativo é causado pela taxa de juros. pt_BR
dc.description.abstract The candeia (Eremanthus erythropappus) is a multipurpose tree species the wood of which is used for the production of fence posts with high durability and extraction of essential oils used in pharmaceuticals and cosmetics industry. Studies show that the management of the native candeia (Friar’s cowl) is economically feasible. However, with the growing demand for its raw material on market, candeia planting appears as an alternative income to farmers. Thus, the general objective of this study is both to investigate and determine the economic viability of economic rotation of candeia plantings in various spacings, under deterministic and risky conditions. The study area consists of a candeia planting experiment in four spacings (1.5 x 1.5 m; 1.5 x 2.0 m; 1.5 x 2.5 and 1.5 x 3.0 m) for which the cash flows related to the different cutting ages were obtained. In the analysis of economic feasibility and determination of the economic rotation, the Equivalent Annual Value (EAV) method was used. The sensitivity analysis was also performed to detect the individual and joint effects of six variables present in the cash flow. For the risk analysis, the Monte Carlo simulation was utilized, having the VAE as the output variable and the LAV as input variables (sources of uncertainty) the probability distributions concerning the price of seedlings, land and wood, the harvest cost, interest rates, and timber production. It follows that the costs with the most significant participation in the total cost were the seedlings, harvest and land. Candeia planting at larger spacings is more profitable and is subject to fewer risks than the planting at smaller spacings. There is an inverse relationship between spacing size and economic rotation, that is, the larger the spacing the shorter the rotation and vice versa. For the 1.5 x 3.0 m, 1.5 x 2.5 m, 1.5 x 1.5 and 1.5 x 2.0 m , the rotation age was 12, 13, 13, and 15 years, respectively. The variable that causes the greatest positive impact on profitability of treatments and cutting ages is wood price, while the largest negative impact is caused by interest rates. pt_BR
dc.format 135 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.title Análise econômica da produção de madeira de Candeia (Eremanthus erythropappus) em plantios pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertacao_Car ... e Jarochinski e Silva.pdf 990.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account