Biblioteca Florestal
Digital

As florestas e o painel de mudanças climáticas da ONU

Show simple item record

dc.contributor.author Lemos, André Luiz F.
dc.contributor.author Vital, Marcos H. F.
dc.contributor.author Pinto, Marco Aurélio Cabral
dc.date.accessioned 2013-09-23T12:14:29Z
dc.date.available 2013-09-23T12:14:29Z
dc.date.issued 2010-09
dc.identifier.citation LEMOS, A. L. F.; VITAL, M. H. F.; PINTO, M. A. C. As florestas e o painel de mudanças climáticas da ONU. Rio de Janeiro: BNDES, 2010. BNDES Setorial, n. 32, p. 153-192. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/4014
dc.description.abstract Mudanças climáticas globais passaram do status de previsões científicas ao de concreta e presente realidade, seja de países ricos ou pobres, independentemente de suas ideologias políticas, da força de seus Estados-nação ou de suas trajetórias históricas. Fazem-se prementes políticas de geoengenharia climática (como a redução de emissões, a absorção de CO2 ou a elevação dos níveis de reflexividade da terra), assim como de mitigações dos deletérios efeitos de tais mudanças. Desde a conferência conhecida como Rio Eco-92 – encontro de nações para prescrever normas multilaterais com fins de evitar e reduzir os efeitos de atividades antrópicas sobre o clima do planeta –, diversos mecanismos de financiamento foram criados a fim de auxiliar países-membros da convenção, ratificada, de fato, em 1997, com o Protocolo de Quioto. O presente artigo simula qual seria o papel do crescimento das florestas brasileiras (nativas e plantadas) no sequestro de CO2, chamando a atenção das autoridades para a importância de maior utilização de tais mecanismos. O estudo discorre acerca das regras para que florestas sejam elegíveis aos projetos relacionados ao Protocolo de Quioto, apresenta estudos quantitativos acerca da quantidade de carbono estocado nas florestas nacionais, por bioma, e exercícios algébricos (que avaliam o custo monetário do desmatamento na Amazônia, o custo de sua compensação com reflorestamentos com espécies exóticas, além de estimar a quantidade de recursos financeiros que o país poderia receber, caso reduzisse seus níveis de alteração do uso do solo e de emissões de CO2 por desmatamento). pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher BNDES, Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social pt_BR
dc.relation.ispartofseries BNDES Setorial;32
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Política e legislação florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Gestão ambiental pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Controle ambiental e tratamento de efluentes pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Avaliação de impactos ambientais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente pt_BR
dc.title As florestas e o painel de mudanças climáticas da ONU pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
BNDES_As-flores ... nças-climáticas-da-ONU.pdf 269.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Texto técnico

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account