Biblioteca Florestal
Digital

Crescimento de eucaliptos quase centenários no Horto de Rio Claro

Show simple item record

dc.contributor.author Castellano, Gabriel Ribeiro
dc.contributor.author Camarinho, Rafael Jose
dc.contributor.author Arthur Junior, José Carlos
dc.contributor.author Sixel, Ricardo Michael de Melo
dc.contributor.author Silva, Paulo Henrique Muller da
dc.date.accessioned 2013-08-16T18:37:18Z
dc.date.available 2013-08-16T18:37:18Z
dc.date.issued 2013-08
dc.identifier.citation CASTELLANO, G.R. et al. Crescimento de eucaliptos quase centenários no Horto de Rio Claro. Piracicaba: IPEF. Circular Técnica, n. 205. 2013. 14 p. pt_BR
dc.identifier.issn 0100-3453
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/3812
dc.description.abstract A Floresta Estadual “Edmundo Navarro de Andrade” (FEENA), também conhecida como Horto Florestal de Rio Claro, foi criada em 1909. O principal trabalho foi o estudo de espécies e procedências de eucalipto, sendo que a mais importante coleção de eucalipto foi implantada em 1919. O objetivo da coleção foi conhecer o potencial de genótipos (espécies e procedências de eucalipto) e ser continuação do museu, onde o visitante poderia conhecer espécies utilizadas em diferentes países. Este trabalho teve como objetivo mensurar os genótipos existentes na coleção após 93 anos da implantação e comparar os resultados com outras mensurações realizadas. Foram encontradas diversas parcelas sem eucalipto, o que se deve a não adaptação de vários genótipos, agravada pela ausência de manejo adequado. As espécies que apesentaram maior diâmetro médio (> 80 cm) foram E. camaldulensis, E. leucoxylon, E. longifolia, E. pilularis, E. stuartiana e E. triantha. Os maiores volumes foram do E. grandis, E. guifoylei, E. pilularis, E. triantha e E. urophylla em todos o volume passou de 2.000 m3 ha-1, sendo que dessas o E. grandis e E. urophylla são amplamente utilizadas no país. Na comparação entre os inventários realizados foi observado que o Eucalyptus grandis, E. tereticornis, E. camaldulensis, E. saligna e E. pilularis mantiveram bom crescimento, mesmo após muitos anos e sem o adequado manejo da área. pt_BR
dc.format 14 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Circular técnica;Número 205
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.title Crescimento de eucaliptos quase centenários no Horto de Rio Claro pt_BR
dc.type Boletim Técnico pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
ipef-circular-tecnica-2013-agosto-n-205.pdf 2.173Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Circular técnica

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account