Biblioteca Florestal
Digital

Modelos digitais de elevação hidrologicamente consistentes para a Bacia Amazônica

Show simple item record

dc.contributor.advisor Ribeiro, Carlos Antonio Alvares Soares pt_BR
dc.contributor.author Chaves, Marcelo de Ávila pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2007-12-03 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-16T10:43:47Z
dc.date.available 2013-01-16T10:43:47Z
dc.date.issued 2002 pt_BR
dc.identifier.citation Chaves, Marcelo de Ávila. Modelos digitais de elevação hidrologicamente consistentes para a Bacia Amazônica. Viçosa : UFV, 2002. 115p. : il. (Tese - Doutorado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Carlos Antonio A. S. Ribeiro. T 634.99 C512m 2002 pt_BR
dc.identifier.other 108161 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/322
dc.description Tese de Doutorado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O advento da tecnologia dos sistemas de informações geográficas e a crescente disponibilidade de modelos digitais de elevação de alta resolução fizeram com que a extração automática de características morfométricas de bacias hidrográficas se tornasse uma alternativa viável aos métodos tradicionais de obtenção manual dessas informações a partir de mapas topográficos. Isso é particularmente importante quando se lida com bacias hidrográficas do porte da bacia Amazônica e para a criação de bases de dados digitais. Neste trabalho apresentam-se os principais problemas relacionados ao desenvolvimento de uma metodologia para geração de modelos digitais de elevação hidrologicamente consistentes para regiões de planície. A integração da hidrografia mapeada com o modelo digital do terreno, assegurando a exatidão da direção de escoamento em áreas com escassez de dados de altimetria, representa, sem dúvida, um dos maiores desafios à geração desses modelos. As soluções desenvolvidas nesse estudo representam um avanço considerável na qualidade e fidedignidade dos processos para delineamento automático de bacias hidrográficas e na derivação de suas características fisiográficas. pt_BR
dc.description.abstract With the advent of Geographic Information Systems (GIS) technology and the increasing availability of high-resolution digital elevation models (DEM), the automated derivation of basin physiographic characteristics has become a viable alternative to traditional, manual extraction of these parameters from topographic maps. This is particularly important when dealing with watersheds of the size of the Amazon basin. This dissertation presents the main issues related to the development of a gridded topographic database for the entire Legal Amazon region, which encompasses an area of 4.8 million square kilometers. The integration of the vector hydrograph layer into the DEM and assuring the correctness of the flow direction on flat areas in the DEM posed a major challenge for this task. The solutions adopted in this study play a crucial role for improving the accuracy of digital watershed delineation and to derive the corresponding physiographic parameters. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Sistemas de informação geográfica; Previsão hidrológica; Amazonas, Rio, Bacia; Métodos estatísitcos; Nível de água; pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Geoprocessamento e sensoriamento remoto pt_BR
dc.title Modelos digitais de elevação hidrologicamente consistentes para a Bacia Amazônica pt_BR
dc.type Tese pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
108161_c.pdf 4.834Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Conteúdo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account