Biblioteca Florestal
Digital

Regeneração natural de espécies arbóreas em fragmento florestal da Zona da Mata Mineira.

Show simple item record

dc.contributor.advisor Reis, Maria das Graças Ferreira pt_BR
dc.contributor.author Garcia, Cristina Cunha pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2012-06-28 14:57:26.75 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:54Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:54Z
dc.date.issued 2009 pt_BR
dc.identifier.citation Garcia, Cristina Cunha. Regeneração natural de espécies arbóreas em fragmento florestal da Zona da Mata Mineira. Viçosa, MG: UFV, 2009. 71f. il.: (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Maria das Graças Ferreira Reis. T 634.9231 G216r 2009 pt_BR
dc.identifier.other 172959 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2843
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho visou analisar a composição florística da regeneração natural, através de estimativas de índices de diversidade, equabilidade e de regeneração em dez sítios com características fisiográficas distintas, em um fragmento de Floresta Estacional Semidecidual secundária, em Viçosa, MG. Os indivíduos com DAP inferior a 5 cm foram amostrados em três classes de tamanho de planta, em parcelas de tamanho diferenciado. Os índices de regeneração natural por classe de tamanho de planta (RNC) e total (RNT) foram estimados por espécie, para cada local. Os locais foram descritos com base nas características fisiográficas, edáficas, índice de área foliar e transmitância da radiação fotossinteticamente ativa, para permitir identificar as relações entre estas características e a regeneração natural. A análise da similaridade florística entre os locais foi realizada através de análise multivariada, utilizando os coeficientes de Sorensen, agrupados segundo o método de médias não-ponderadas. As relações entre as variáveis ambientais e os índices de regeneração total e por classe de tamanho de planta foi estudada pela Análise de Correspondência Canônica (CCA) e análise de similaridade florística, utilizado o software PC-ORD. Foram amostrados 3.516 indivíduos em 2008, pertencentes a 140 espécies arbóreas em todos os locais amostrados, em conjunto, para as três classes de tamanho de planta. Os valores do Índice de Diversidade de Shannon e o Índice de Equabilidade de Pielou para o fragmento foram estimados em 3,45 e 0,7, respectivamente. A partir do dendrograma de similaridade florística, os dez locais estudados puderam ser agrupados, aparentemente, representando uma seqüência crescente quanto ao estágio de regeneração, observando-se, porém, influência dos fatores fisiográficos, e, conseqüentemente, de características de solo, dentro ou entre grupos. A ordenação das espécies na CCA, com base no RNT, sugere a distinção de dois grupos de adaptabilidade oposta em relação à transmitância da radiação fotossinteticamente ativa, saturação por bases e posição topográfica. Foi constatada a presença de grande número de espécies indicadoras de estágio avançado de regeneração, com predomínio de espécies secundárias iniciais seguidas das tardias. O fragmento em questão tem grande importância como banco de germoplasma porque, além do elevado número de espécies, apresenta algumas espécies caracterizadas como vulneráveis ou “em perigo” de extinção de acordo com a legislação federal e estadual. pt_BR
dc.description.abstract Tree species natural regeneration floristic composition was studied in a Mountain Seasonal Semideciduous Forest fragment in the domain of the Atlantic Forest, in southeastern Brazil (20°45’S, 42°55’W) to subsidize forest management. Ten sites were selected based on aspect, slope and topographic position. Natural regeneration indexes were estimated for each tree species per size classes to obtain the Total Natural Regeneration Index (TNR) for each species. It was sampled 3,516 individuals of 140 species with the individuals size varying from 10 cm height to the maximum of 5 cm diameter at the height of 1.3 m. Floristic similarity among sites was based on the Sorensen coefficient, using a matrix with the TNR values. The relationship between species distribution and environmental characteristics was analyzed by using Canonical Correspondence Analysis (CCA). TNR and CNR were analyzed against the variables soil base saturation (V), photosyntetically active radiation transmittance (t%), topographic position (TP), slope (D) and phosphorus content in the soil (P). A statistical method was used to decide about the species to be included in CCA based on the overlap of two exponential models relating the number of individuals per species to the number of remaining species. The largest number of individuals were sampled in the families Rubiaceae, Leguminosae mimosoideae, Monimiaceae, Leguminosae papilionoideae, and the richest families were Leguminosae caesalpinoideae, Leguminosae papilionoideae, Euphorbiaceae, Lauraceae, Myrtaceae and Rubiaceae. Psychotria sessilis, Siparuna guianensis, Anadenanthera ígida me and Piptadenia gonoacantha presented the largest TNR. Five species occurred in all ten sites and some were site specific. Four site groups could be identified from the floristic similarity dendrogram. These groups seem to represent different successional stage and, the difference in similarity between sites within each group may be explained by differences in physiographic factors and soil characteristics. Although the studied forest fragment is older than 45 years, the anthropic influence on floristic composition is still evident. Physiographic and soil influence on floristic composition may be more evident at older ages. The ordination of the species in CCA suggested the distinction of two groups with opposite preferences in relation to t%, V and TP when analyzing RNT and RNC of the size class 1. Size class 2 and 3 did not present significant correlation with enviromental variables. The comparison of the actual regeneration study with that of prior evaluations suggests a continuous substitution of species from initial to more advanced stages. These results indicate that the protection of the remnant forest fragments is important to maintain or improve biodiversity in the region. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Florestas - Reprodução - Zona da Mata (MG: Mesorregião); Florestas - Reprodução - Mata Atlântica; Comunidades Vegetais; Ecologia; Análise multivariada; Análise de correspondência (Estatística); Correlação canônica (estatística). pt_BR
dc.title Regeneração natural de espécies arbóreas em fragmento florestal da Zona da Mata Mineira. pt_BR
dc.title Natural regeneration of tree species in a Mountain Seasonal Semideciduous Forest fragment in the Atlantic Forest domain, southeastern Brazil. en
dc.title.alternative Natural regeneration of tree species in a Mountain Seasonal Semideciduous Forest fragment in the Atlantic Forest domain, southeastern Brazil. en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
172959_c.pdf 441.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Conteúdo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account