Biblioteca Florestal
Digital

Influência da composição química da polpa kraft branqueada pelas seqüências ODHT(PO)D E ODHT(PO)DP no processo de reversão de alvura

Show simple item record

dc.contributor.advisor Barbosa, Luiz Cláudio de Almeida pt_BR
dc.contributor.author Pinheiro, Patrícia Fontes pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2009-06-10 09:30:32.67 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:48Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:48Z
dc.date.issued 2005 pt_BR
dc.identifier.citation Pinheiro, Patrícia Fontes. Influência da composição química da polpa kraft branqueada pelas seqüências ODHT(PO)D E ODHT(PO)DP no processo de reversão de alvura. Viçosa, MG : UFV, 2005. 147 f. : il. (Dissertação - Mestrado em Agroquímica) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Luiz Claudio de Almeida Barbosa. T 543 P654i 2005 pt_BR
dc.identifier.other 151811 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2746
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Neste trabalho foi realizado um estudo da composição química de polpas de celulose kraft branqueadas antes e após o teste de reversão a seco, com o intuito de se conhecer o processo de reversão de alvura. Foram analisadas amostras de polpas, cedidas pela indústria, coletadas após cada um dos estágios de branqueamento pela seqüência ODHT(PO)D. Também foi feita a análise da água que é utilizada na mesma indústria para diluir a polpa branqueada, que passa pela secagem na máquina RAUMA antes de seguir para a comercialização. A análise dessa água teve como objetivo avaliar a possibilidade de contaminação da polpa por constituintes oriundos da água de lavagem. Foi realizado, em laboratório, o branqueamento utilizando-se as seqüências ODHT(PO)D e ODHT(PO)DP, a partir da polpa pré-deslignificada (pré-O2) fornecida pela mesma indústria. As quantidades de reagentes empregadas em cada estágio do branqueamento foram estabelecidas de modo a se obter alvura final (88% ISO) equivalente àquela alcançada na indústria. A polpa obtida após cada estágio de branqueamento foi submetida à extração seqüencial com diclorometano e acetato de etila. Os extratos foram analisados pelas técnicas de espectroscopia no UV-visível, infravermelho e por cromatografia gasosa acoplada à espectrometria de massas (CG-EM). A análise dos extratos pela espectroscopia no UV-visível foi pouco significativa para a compilação de dados relativos às causas da reversão. Os espectros no infravermelho obtidos para os extratos das polpas revertidas e não revertidas foram bastante semelhantes, e mostraram em todos os casos bandas de absorção típicas de ácidos carboxílicos, álcoois e compostos de natureza alifática. A análise por CG-EM levou à identificação de ácidos graxos, ácidos de baixa massa molecular, álcoois, esteróides, hidrocarbonetos, carboidratos e compostos furânicos. Os ácidos butanodióico e 2- furanocarboxílico, carboidratos e derivados foram identificados em maiores quantidades nas amostras revertidas. Esses constituintes podem estar relacionados com o processo de reversão de alvura. As polpas referentes aos últimos estágios de branqueamento foram analisadas pela técnica de pirólise acoplada à cromatografia gasosa e à espectrometria de massas (Pi-CG/EM). Através da pirólise foi possível identificar algumas substâncias que não foram extraídas com os solventes orgânicos utilizados. Foram identificados compostos aromáticos, principalmente derivados fenólicos, possivelmente oriundos da lignina e/ou extrativos da madeira que persistiram ao longo do branqueamento. Esses fragmentos de compostos fenólicos possivelmente estavam polimerizados e/ou ligados às cadeias de celulose, de forma que a extração com solvente orgânico tornou-se impossibilitada. pt_BR
dc.description.abstract In this work a study on the chemical composition of pulps of Kraft cellulose whitened before and after the test of dry reversion was carried out aiming to know the processes of reversion of whiteness. Samples of pulps were analyzed, given by the industry, collected after each one of the stages of whitened through the sequence of ODHT(PO)D. It was also done the analyses of water which is used in the same industry to dilute the whitened pulp, which goes through drying in the RAUMA machine before going to the commercialization. The analyses of that water had as an objective to evaluate the possibility of contamination of the pulp through constituents that came from the washing water. It was performed, in laboratory, the whitened using the sequences ODHT(PO)D and ODHT(PO)DP, from the pulp pre- deslignified (pré-O2) given by the same industry. The quantities of reagents employed in each stage of the whitening were established in order to obtain final whiteness (88% ISO) equivalent to that reached in the industry. The pulp obtained after each stage of whitening was submitted to sequential extraction with dichloromethane and acetate de etila. The extracts were analyzed through spectroscopy techniques at the UV-visible, infrared and through gas chromatography joined to mass spectrometry (CG-EM). The analyzes of the extracts through spectroscopy in the visible- UV were little significant to compilation of the data concerned to the causes of the reversion. The spectra in the infrared obtained to the extracts of the reverted and non-reverted pulps were very similar, and showed in all cases bands of typical absorption of carboxylic acids, alcohols and compounds of aliphatic nature. The analyses of CG-EM led to identification of fatty acid, acid of low molecular mass, alcohols, steroids, hydrocarbons, carbohydrates and furanicos compounds. The acid butanodioic, the 2-furancarboxylic acid, carbohydrates and derivates were identified in higher quantities in the reverted samples. This constituents can be related to the reversion process of whiteness. The pulps referents to the later stages of whitening were analyzed through the pyrolysis technique joined to gas chromatography and to the spectrometry of mass (Pi-CG-/EM). Through pyrolysis was possible to identify some substances that weren’t extracted with the used organic solvents. Aromatics compounds were identified, mainly derivates phenolics, possibly from lignin and/or extractives from wood that persisted along the whitening. Those fragments of phenolic compounds possibly were polymerized and/or linked to cellulose chains, so that extraction with organic solvent became unable. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Branqueamento; Polpa de madeira; Análise; Água; Dióxido de cloro; Peróxido de hidrogênio; pt_BR
dc.subject Wood pulp; Bleaching; Analysis; Water; Chlorine dioxide; Hydrogen peroxide; en
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Influência da composição química da polpa kraft branqueada pelas seqüências ODHT(PO)D E ODHT(PO)DP no processo de reversão de alvura pt_BR
dc.title [Influence of the chemical composition of the pulp kraft bleaching by the sequences ODHT(PO)D and ODHT(PO)DP on the process of brightness reversion] en
dc.title.alternative [Influence of the chemical composition of the pulp kraft bleaching by the sequences ODHT(PO)D and ODHT(PO)DP on the process of brightness reversion] en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
151811_c.pdf 1.527Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Conteúdo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account