Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação de impactos ambientais da atividade industrial no Pólo Moveleiro de Ubá-MG

Show simple item record

dc.contributor.advisor Silva, Elias pt_BR
dc.contributor.author Souza, Celso Coelho de pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2009-04-27 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:48Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:48Z
dc.date.issued 2008 pt_BR
dc.identifier.citation Souza, Celso Coelho de. Avaliação de impactos ambientais da atividade industrial no Pólo Moveleiro de Ubá-MG. Viçosa, MG : UFV, 2008. xi, 165 f. : il. (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Elias Silva. T 634.983 S729a 2008 pt_BR
dc.identifier.other 151514 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2731
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O Pólo Moveleiro de Ubá é o terceiro maior do País em número de empresas e o primeiro do Estado de Minas Gerais, contabilizando um total de mais de 400 fábricas. Considerando-se tal expressividade nas esferas estadual e nacional, é importante para esse pólo moveleiro se adequar às exigências ambientais legais e de mercado, principalmente às do mercado externo. Para tanto, é necessário se ter o conhecimento de quais são os impactos ambientais causados pela indústria moveleira. Nesse sentido, o objetivo deste trabalho foi avaliar, qualitativamente, os impactos ambientais provenientes do Pólo Moveleiro de Ubá, além de delinear medidas mitigadoras para os impactos que se caracterizarem negativos, e potencializadoras para os positivos. A identificação e descrição das atividades impactantes relacionadas ao referido pólo foram feitas com base em consulta a referências bibliográficas e no acompanhamento das atividades realizadas nas fábricas de móveis e de suas interferências nos meios físico, biótico e antrópico. A avaliação de impactos ambientais foi realizada a partir da utilização de dois métodos: Matrizes de Interação e Check- list. A matriz de interação foi o primeiro método a ser empregado e contém as atividades impactantes em suas linhas e os fatores ambientais relevantes (subdivididos em meios físico, biótico e antrópico) em suas colunas. Através deste método, foi possível a identificação de 28 atividades impactantes, divididas entre as quatro fases delineadas: pré- fabricação de móveis, fabricação de móveis, expedição e comercialização de móveis, e limpeza e conservação da fábrica, com três, 18, quatro e três atividades impactantes, respectivamente. Os fatores ambientais relevantes foram 27, perfazendo, assim, um total de 756 possíveis relações de impacto ambiental, das quais, 169 (22,4%) foram identificadas e caracterizadas pelo método, sendo 159 (94,1%) negativas e 10 (5,9%) positivas. O meio antrópico foi o mais impactado, apresentando 79 relações de impacto, o que correspondeu a 46,8% do total. O método do check-list, por sua vez, foi utilizado como auxiliar, no sentido de explicitar analiticamente os impactos ambientais detectados na matriz de interação, identificando 162 impactos, sendo nove positivos (5,6%) e 153 negativos (94,4%). Foram delineadas 76 medidas ambientais diferentes, sendo 60 (79,0%) mitigadoras e 16 (21,0%) potencializadoras; a grande maioria delas poderia ser executada pelo próprio empresário. A principal conclusão é a de que os métodos utilizados nesta avaliação se mostraram eficientes para o tipo de empreendimento em questão, o que permite a este estudo ser um referencial didático no processo de licenciamento ambiental da indústria de móveis em Minas Gerais. pt_BR
dc.description.abstract In terms of total number of companies, the Ubá Furniture Manufacturing Center is the third largest in Brazil and the largest in the state of Minas Gerais. More than 400 factories comprise the Center. Considering its national and statewide significance, it is important that the Center conform to legal and market environmental demands, especially considering external markets. Taking this compliance into consideration, it is necessary to know what impacts are caused by the furniture industry. The objectives of this research were to identify the Center’s environmental impacts and delineate potentiality fulfillment measures for impacts characterized as positive and mitigation measures for the negative ones. Identification and description of impacting activities were gotten from a literature review and from directly observing furniture factory activities in Ubá and their interactions with physical, biotic and human environs. The environmental impact evaluation used two methods: interaction matrix and check list. The interaction matrix was employed first, using impacting activities for lines and relevant environmental factors (subdivided into physical, biotic and human environs) for columns. Using this method it was possible to identify 28 impacting activities distributed among the following 4 phases: furniture preassembly (3 impacting activities), furniture assembly (18 impacting activities), shipping and commercialization of furniture (4 impacting activities), and factory cleaning and maintenance (3 impacting activities). The relative environmental factors totaled 27, making possible 756 possible interrelations of environmental impact of which 169 (22.4%) were identified and characterized by the method. Of these, 159 (94.1%) were classified as negative and 10 (5.9%) were positive. The human environ was the most heavily impacted, presenting 79 interrelationships (46.8% of total). The check list method was used as an auxiliary system to explicitly analyze the impacts identified in the interaction matrix. This identified 162 impacts, 9 (5.6%) being positive and 153 (94.4%) being negative. Seventy-six environmental measures were delineated, 60 (79.0%) being considered as mitigating and 16 (21.0%) being potential generating. The great majority of these measures could be implemented by the business manager without depending on outside assistance. The study’s principal conclusion is that the methods used in this evaluation were shown to be efficient for the type of enterprise in question. This study therefore may serve as a didactic reference for environmental licensing of furniture manufacture in Minas Gerais State. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Impacto ambiental; Avaliação; Indústria de móveis; Resíduo florestal; Ubá (MG); pt_BR
dc.subject Environmental impact; Furniture industry; Forest residues; en
dc.title Avaliação de impactos ambientais da atividade industrial no Pólo Moveleiro de Ubá-MG pt_BR
dc.title [Evaluation of industrial environmental impacts for the Ubá Furniture Manufacturing Center, Minas Gerais State] en
dc.title.alternative [Evaluation of industrial environmental impacts for the Ubá Furniture Manufacturing Center, Minas Gerais State] en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
151514_c.pdf 428.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Conteúdo

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account