Biblioteca Florestal
Digital

Análise ergonômica do mobiliário escolar visando a definição de critérios

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lucia, Ricardo Marius Della pt_BR
dc.contributor.author Oliveira, Juliana Mendes de pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2007-12-03 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:45Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:45Z
dc.date.issued 2006 pt_BR
dc.identifier.citation Oliveira, Juliana Mendes de. Análise ergonômica do mobiliário escolar visando a definição de critérios. Viçosa : UFV, 2006. 80 f. : il. (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Ricardo Marius Della Lucia. T 634.98369 o48a 2006 pt_BR
dc.identifier.other 137946 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2655
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho teve como objetivo geral realizar uma avaliação ergonômica de conjuntos de mesa e cadeira escolares, na cidade de Viçosa, Minas Gerais, para estudantes de primeira a oitava séries do Ensino Fundamental, com a finalidade de subsidiar a definição de critérios para a padronização do mobiliário escolar. O material utilizado foi proveniente de cinco escolas públicas e privadas do Ensino Fundamental na cidade de Viçosa. Foram avaliados cinco conjuntos de carteiras escolares e duzentos e oitenta estudantes. O trabalho foi dividido em quatro etapas de avaliação: qualidade ergonômica das carteiras escolares utilizadas nas escolas, análise comportamental dos alunos durante as aulas, avaliação antropométrica da população infanto-juvenil das escolas de Ensino Fundamental e identificação do mobiliário escolar utilizado nas escolas. Os principais resultados deste trabalho mostraram que os alunos não estão satisfeitos com o mobiliário utilizado nas escolas; a análise comportamental mostrou que o desconforto gerado pelos conjuntos mesa e cadeira favorecem movimentos repetitivos, ligados à fadiga muscular, e que tais movimentos podem interferir na atenção dos alunos; o levantamento antropométrico da população infantovi juvenil lança bases para a elaboração de um mobiliário escolar mais adaptado às crianças da região e à realidade das escolas brasileiras; a identificação do mobiliário escolar utilizado mostra que nenhuma das carteiras utilizadas segue as recomendações da Associação Brasileira de Normas Técnicas. Os resultados demonstraram que aspectos ergonômicos, como conforto e adaptação antropométrica, não estão sendo priorizados nas carteiras escolares utilizadas em algumas das escolas de Ensino Fundamental da cidade de Viçosa. pt_BR
dc.description.abstract This work had as its general objective to carry out an ergonomic evaluation of table and chair sets found in schools situated in the city of Viçosa, Minas Gerais, Brazil and utilized by elementary school students from the first to the eighth grades, with the purpose of defining criteria for a possible standardization of school furniture. The material and the students used in the study came from five schools in the city of Viçosa, either public or private. The sample size consisted of five sets of school furniture and two hundred and eighty students. The work was divided into 4 evaluation stages: the ergonomic quality of the furniture used by the schools, the students' behavior during classes, an anthropometrical evaluation of the population of the schools and a description of the school furniture used by them. The major results of this work showed that the students are not satisfied with the furniture used at the schools; the behavior analysis showed that the discomfort generated by the set of table and chair favors repetitive movements linked to muscular fatigue, and that such movements may interfere in the students' attention; the anthropometrical analysis of the students population gives basis for the elaboration of a school furniture more adapted to the children of the region and the reality of the Brazilian schools; measurement of the furniture used in the region shows that none of the tables and chairs used followed the recommendations of the Brazilian Association of Technical Standards. The results demonstrated that ergonomic aspects, as well as comfort and adaptation to anthropometrical data are not a main concern for the choice of furniture at high schools in the city of Viçosa. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Mobiliário para crianças; Ergonomia; Antropometria; Psicologia infantil; pt_BR
dc.title Análise ergonômica do mobiliário escolar visando a definição de critérios pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
dissertacao_ Juliana Mendes de Oliveira.pdf 533.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account