Biblioteca Florestal
Digital

Propriedades físicas, mecânicas e anatômicas das madeiras de Eucalyptus cloeziana e de Eucalyptus urophylla oriundas dos municípios de Turmalina e de Paraopeba (MG)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Lucia, Ricardo Marius Della pt_BR
dc.contributor.author Sousa Júnior, Wagner Patrício de pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2007-12-03 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:41Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:41Z
dc.date.issued 2004 pt_BR
dc.identifier.citation Sousa Júnior, Wagner Patrício de. Propriedades físicas, mecânicas e anatômicas das madeiras de Eucalyptus cloeziana e de Eucalyptus urophylla oriundas dos municípios de Turmalina e de Paraopeba (MG). Viçosa : UFV, 2004. 64 f. : il. (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Ricardo Marius Della Lucia. T 634.981 S729p 2004 pt_BR
dc.identifier.other 123029 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2511
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho foi executado no Laboratório de Propriedades Físicas e Mecânicas da Madeira da Universidade Federal de Viçosa e teve, como objetivo principal, a caracterização das madeiras de Eucalyptus urophylla S.T. Blake e Eucalyptus cloeziana F. Muell., através de um estudo sobre as variações da constituição anatômica e de algumas propriedades físicas e mecânicas da madeira dessas espécies, considerando locais, árvores e posições internas diferentes da árvore. Procurou-se, também, descrever as possíveis correlações existentes entre algumas dessas propriedades. O material utilizado é proveniente de reflorestamentos de duas empresas situadas no Estado de Minas Gerais, localizadas nos municípios de Turmalina e Paraopeba. Utilizaram-se as duas primeiras toras de sete árvores de cada espécie por local, perfazendo um total de 56 toras de 3 m de comprimento. Dessas toras se obteve uma prancha diametral de 4 cm de espessura, de onde foram retirados os corpos de prova e amostras para os diversos ensaios realizados. Foram determinadas as propriedades mecânicas, (resistência e rigidez à flexão, resistência à compressão e ao cisalhamento), propriedades físicas (densidade e coeficientes de contração), além das características anatômicas (comprimento, largura, diâmetro do lume e espessura da parede das fibras; diâmetro, freqüência e área ocupada por vasos). A madeira de E. cloeziana demonstrou ser sempre mais resistente e rígida que a madeira de E. urophylla em função de sua maior densidade. Não se encontrou diferença significativa na maioria das propriedades da madeira de E. cloeziana, inclusive entre locais. Já a madeira de E. urophylla apresentou variação significativa em suas propriedades dentro da espécie e de acordo com o local de plantio; embora a relação T/R tenha apresentado coeficientes com valores inferiores a 2 (dois), os valores de contração foram elevados. Como as propriedades mecânicas apresentaram valores elevados, sugere-se sua utilização em situações que demandam elevada resistência mecânica, como estruturas de habitações, partes estruturais de móveis, assoalhos, marcos de portas etc. pt_BR
dc.description.abstract The main objective of this work was the characterization of the wood of Eucalyptus cloeziana and of Eucalyptus urophylla from two sites in the State of Minas Gerais. Mean values of some physical, mechanical and anatomical properties were determined, along with their variation in the bark-to-pith direction. Possible correlations between these properties were also studied. Two 3-meter long logs from seven trees of each of the two species and of the two regions were cut and transported to the wood mechanics laboratory at the Universidade Federal de Viçosa, where they were sawed, air-dried and machined to produce all the samples to be essayed. The wood of E. cloeziana, denser than that of E. urophylla, was also found to be stiffer in bending, as well as stronger in bending, in compression parallel-to-the-grain and in shear. There was no statistically significant difference in mean values of these properties for the first species between the two sites. Eucalyptus urophylla, however, has properties that differ significantly between the two sites; it is also characterized by its very high shrinkage, although the T/R value is lower than 2. Because the two species are strong and stiff, it is suggested that they should be used as structural components in buildings and furniture and as flooring and door frames. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Madeira; Testes; Eucalyptus cloeziana; Eucalyptus urophylla; pt_BR
dc.title Propriedades físicas, mecânicas e anatômicas das madeiras de Eucalyptus cloeziana e de Eucalyptus urophylla oriundas dos municípios de Turmalina e de Paraopeba (MG) pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertaçao_Wagner-Patrício-de-Sousa-Júnior.pdf 2.502Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account