Biblioteca Florestal
Digital

Simulação de incêndio florestal no parque estadual Serra do Rola-Moça, Minas Gerais, utilizando o FARSITE (TM)

Show simple item record

dc.contributor.advisor Ribeiro, Guido Assunção pt_BR
dc.contributor.author Fernandes, Gaalahad Dias de Almeida pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2007-12-03 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:39Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:39Z
dc.date.issued 2003 pt_BR
dc.identifier.citation Fernandes, Gaalahad Dias de Almeida. Simulação de incêndio florestal no parque estadual Serra do Rola-Moça, Minas Gerais, utilizando o FARSITE tm. Viçosa : UFV, 2003. 109 f. : il. (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa. Orientador: Guido Assunção Ribeiro. T 634.943 F363s 2003 pt_BR
dc.identifier.other 117939 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2432
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract O uso do fogo como instrumento ecológico ainda ensaia os primeiros passos no Brasil. Diante do desafio de manejar o fogo com eficiência, tecnologias recentes possibilitam um melhor entendimento da evolução do comportamento do fogo pela paisagem. Imagens de satélite, Sistemas de Informações Geográficas e sistemas especialistas que simulam o avanço do incêndio, trazem a expectativa de um salto técnico no gerenciamento dos recursos naturais. O objetivo deste trabalho foi analisar o sistema computacional FARSITE[TM] como instrumento de treinamento de brigadas, de suporte nas operações de combate e de avaliação dos danos causados por incêndios. Para testar o uso operacional do sistema, os resultados da simulação do FARSITE[TM] foram comparados com os dados gerados pelos satélites NOAA-12, NOAA-16 e MODIS do incêndio ocorrido no Parque Estadual Serra do Rola-Moça, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, entre os dias 20 e 24 de outubro de 2003. A área queimada real foi de 3.400 ha segundo relatos de funcionários do IEF, enquanto a área queimada na simulação atingiu 3.443,845 ha. 76,8% da área queimada simulada coincidiu com o formato da área queimada projetada pelos satélites. Os principais motivos para a diferença entre os formatos foram a desatualização dos dados espaciais de cobertura vegetal e combustível, a utilização dos dados de apenas uma estação meteorológica e a falta de parâmetros para quantificar o modelo matemático do material combustível. Mesmo com estas limitações, o sistema de simulação de propagação de incêndio FARSITE[TM] permitiu entender o comportamento do fogo na região, propor estratégias de combate e analisar e quantificar os danos com mais precisão. Assim, o FARSITE [TM] se mostrou uma ferramenta com grande potencial para o treinamento de brigadas, ações de pré-supressão (tratamentos do material combustível), gerenciamento de recursos de combate e avaliação dos danos provocados. pt_BR
dc.description.abstract The use of the fire as ecological instrument still rehearses the first steps in Brazil. Before the challenge of handling the fire with efficiency, recent technologies make possible a better understanding of the evolution of the behavior of the fire for the landscape. Satellite images, Systems of Geographical Information and specialist systems that simulate the progress of the fire, bring the expectation of a technical jump in the administration of the natural resources. The objective of this work was to analyze the system FARSITE[TM] as instrument of training of brigades, of support in the combat operations and of evaluation of the damages caused by fires. To test the operational use of the system, the results of the simulation of FARSITE[TM] were compared with the data generated by the satellites NOAA-12, NOAA-16 and MODIS of the fire happened in the Serra do Rola-Moça State Park, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brazil, between the 20-24 October, 2003. The real area was of 3.400 ha in agreement with employees reports of IEF, while the burned area in the simulation reached 3.443,845 ha. 76,8% of the simulate area coincided with the format of the burned area projected by the satellites. The principal reasons for the difference among the formats were the unupdate of the space data of vegetable and combustible covering, the use of the data of just a meteorological station and the lack of parameters to quantify the mathematical model of the combustible material. Even with these limitations, the system of simulation of fire propagation FARSITE[TM] allowed to understand the behavior of the fire in the area, to propose combat strategies and to analyze and to quantify the damages with more precision. Like this, FARSITE [TM] was shown a tool with great potential for the training of firefighters, pré-suppression actions (treatments of the combustible material), administration of combat resources and evaluation of the damages. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Incêndios florestais; Combate; Simulação por computador; FARSITE; Comportamento do fogo; pt_BR
dc.title Simulação de incêndio florestal no parque estadual Serra do Rola-Moça, Minas Gerais, utilizando o FARSITE (TM) pt_BR
dc.title [Forest Fire Simulation in Serra do Rola-Moça State Park, Minas Gerais, Using of FARSITE (TM)] en
dc.title.alternative [Forest Fire Simulation in Serra do Rola-Moça State Park, Minas Gerais, Using of FARSITE (TM)] en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertaçao_Gaalahad-Dias-de-Almeida-Fernandes.pdf 3.833Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account