Biblioteca Florestal
Digital

Subsídios para elaboração do plano de manejo do Parque Nacional Grande Sertão Veredas por meio de um sistema de informação geográfica

Show simple item record

dc.contributor.advisor Vital, Benedito Rocha pt_BR
dc.contributor.author Sartori Neto, Angelo pt_BR
dc.contributor.other Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.date 2007-12-03 00:00:00.0 pt_BR
dc.date.accessioned 2013-01-22T10:30:31Z
dc.date.available 2013-01-22T10:30:31Z
dc.date.issued 2000 pt_BR
dc.identifier.citation Sartori Neto, Angelo. Subsídios para elaboração do plano de manejo do Parque Nacional Grande Sertão Veredas por meio de um sistema de informação geográfica. Viçosa : UFV, 2000. 98p. : il. (Dissertação - Mestrado em Ciência Florestal) - Universidade Federal de Viçosa, 1999. Orientador: Benedito Rocha Vital. T 634.99071 S351s 2000 pt_BR
dc.identifier.other 84359 pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br/handle/123456789/2134
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.description.abstract Um dos pressupostos básicos para que uma unidade de conservação (UC) atinja seus objetivos é a elaboração do seu plano de manejo, o qual definirá as diretrizes básicas para o gerenciamento da área e o manejo dos recursos naturais existentes. A partir do conhecimento dos recursos naturais (solo, vegetação, fauna, flora, relevo, geomorfologia) e ambientes da UC e o diagnóstico do seu entorno, estas informações são analisadas e combinadas de tal forma a possibilitar o seu zoneamento e a definição de ações de manejo. Os sistemas de informações geográficas (SIG) são ferramentas importantes na consecução destes objetivos, pois possibilitam a análise integrada de dados, proporcionando vantagens do ponto de vista qualitativo e quantitativo. O uso de imagens orbitais também tem sido freqüente para se obter dados de regiões mais remotas e que ainda têm carência de maiores estudos e levantamentos. O presente estudo foi realizado no Parque Nacional Grande Sertão Veredas (PARNA GSV), no noroeste do estado de Minas Gerais. A área do PARNA GSV tem um total de 83.363 hectares e situada integralmente no bioma Cerrado. O mapa de vegetação foi obtido por meio de classificação automática de imagens TM/LANDSAT-5, utilizando-se o algoritmo de Máxima Verossimilhança. Uma outra parte da base de dados (hidrografia, modelo digital de elevação) foi incorporada ao sistema por meio da digitalização em mesa de um mapa na escala de 1:50.000. O mapa digital de classes de solos foi obtido pelo mesmo processo, porém de uma carta na escala de 1:250.000. Definiu-se como objetivo a alocação de áreas potenciais para preservação e uso público/recreação no interior do Parque. Posteriormente, definiram-se critérios, os quais seriam avaliados e combinados, para se obter mapas de adequabilidade ao uso público/ recreação e para preservação. Utilizouse a combinação linear ponderada para integração dos critérios em um único índice de adequabilidade. Os pesos para cada critério foram determinados por meio da técnica do Processo de Hierarquia Analítica, desenvolvida por SAATY (1977). Em seguida, os mapas de adequabilidade foram processados pelo módulo MOLA (Multi-objective Land Allocation) do IDRISI. Este recurso do IDRISI usa um processo de escolha heurística para resolução de objetivos conflitantes. Ao término do processo, gerou-se o mapa de zoneamento preliminar do Parque, com a designação das áreas potenciais para preservação e uso público. O mapa final de proposição para o zoneamento foi definido sobrepondo-se outras zonas separadas previamente. pt_BR
dc.description.abstract One of the basic prerequisites for a protected area, also conservation unit (UC) to reach its objectives is the development of a management plan, which will define the basic guidelines for the administration of the area and the management of the existing natural resources. Based on the knowledge of the natural resources and of the environments of the UC (soil, vegetation, wildlife, flora, relief, geomorphology) and the diagnosis of its neighbourhoods, this infomration is analysed and combined in such a way as to allow its zoning and the definitions of the management actions. The Geographical Information Systems (GIS) are important tools for the accomplishment of these objectives, because they allow whole data analysis, providing advantages from the qualitative and quantitative points of view. The orbital images also often used for the obtention of data of most remote regions and which still need further studies and surveys. The present work was developed in the National Park Grande Sertão Veredas (PARNA GSV), in the northwest of the Minas Gerais state, Brazil. The area of the PARNA GSV is of 83,363 hectares and is entirely located in the Cerrado bioma. The vegetation map was obtained through the automatic classification of images TM/LANDSAT 5, using the Maximum Likelihood algorithm. Another part of database (hidrograph, digital elevation model) was incorporated to the system by means of table digitalization of a map on a 1:50,000 scale. The digital map of soil classes was obtained by the some method, but using a map on 1:250,000 scale. As objectives, the placing of areas with a potential for preservation and public use/recreation inside the Park were defined. Then, criteria were defined, which were evaluated and combined to obtain suitability maps for the public use/recreation and preservation. After due consideration, the weighted linear combination was used to integrate the criteria into a single suitability index. The weights for the each criterion were determined by means of the Analytical Hierarchy Process (AHP), developed by SAATY (1977). After that, the suitability maps were processed by the modulus MOLA (Multi-Objective Land Allocation) of the IDRISI. This IDRISI resource uses a heuristic choice process for the resolution of conflicting objectives. At the end of the process, the preliminar zoning map of the Park was generated, with the designation of potential areas for preservation and public use. The final map of the zoning proposition was defined by overlapping other zones previously separeted. en
dc.description.sponsorship Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.format.mimetype application/pdf pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Viçosa pt_BR
dc.subject Parque Nacional Grande Sertão Veredas (MG); Zoneamento; Recursos naturais; Conservação; Cerrados; Sistemas de informação geográfica; pt_BR
dc.title Subsídios para elaboração do plano de manejo do Parque Nacional Grande Sertão Veredas por meio de um sistema de informação geográfica pt_BR
dc.title [Aids for the elaboration of a management plan of the National Park Grande Sertão Veredas through a geographical information system] en
dc.title.alternative [Aids for the elaboration of a management plan of the National Park Grande Sertão Veredas through a geographical information system] en
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View Description
Dissertaçao_Angelo-Sartori-Neto.pdf 947.8Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar Dissertação

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account