Biblioteca Florestal
Digital

Continuidade espacial de características dendrométricas em povoamentos clonais de Eucalyptus sp. avaliada ao longo do tempo

Show simple item record

dc.contributor.author Guedes, Isabel Carolina de Lima
dc.contributor.author Mello, José Márcio de
dc.contributor.author Silveira, Eduarda Martiniano de Oliveira
dc.contributor.author Mello, Carlos Rogério de
dc.contributor.author Reis, Aliny Aparecida dos
dc.contributor.author Gomide, Lucas Rezende
dc.date.accessioned 2016-08-05T12:57:01Z
dc.date.available 2016-08-05T12:57:01Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.citation GUEDES, I. C. L. et al. Continuidade espacial de características dendrométricas em povoamentos clonais de Eucalyptus sp. avaliada ao longo do tempo. Cerne, Lavras, v. 21, n. 4, p. 527-534. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 2317-6342
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18483
dc.description.abstract O objetivo deste estudo foi avaliar a continuidade espacial ao longo do tempo (para 5 idades consecutivas) das características dendrométricas altura dominante média, volume e incremento médio anual em povoamentos clonais de Eucalyptus sp no estado de Minas Geais. A área foi plantada em 2003, perfazendo um total de 1.072,6 hectares. Os dados foram oriundos de um conjunto de 116 parcelas permanentes, onde foi realizado inventário florestal sucessivo entre os anos de 2006 e 2010. Aos semivariogramas experimentais, foram ajustados os modelos esférico, exponencial e gaussiano pelo Método dos Mínimos Quadrados Ponderados, para cada idade, selecionando-se o mais adequado com base no erro médio reduzido e desvio padrão do erro médio reduzido da validação cruzada. O comportamento dos semivariogramas foram comparados entre as respectivas medições com base no plotagem dos mesmos de forma escalonada, permitindo avaliar se a estrutura espacial foi alterada com a idade do plantio. O modelo exponencial apresentou-se como o de melhor ajuste e todas as características apresentaram-se estruturadas espacialmente, com os modelos espaciais sendo semelhantes entre as idades do povoamento e para as características estudadas. Foi possível verificar que o grau de continuidade espacial se manteve ao longo dos anos para as características avaliadas e que o semivariograma escalonado demonstrou que a estrutura espacial das características é semelhante entre as diferentes idades do povoamento. Os resultados evidenciam que a utilização de métodos geoestatísticos para avaliar o crescimento de povoamentos de eucalipto ao longo do tempo, consiste de uma importante ferramenta de planejamento, permitindo um melhor acompanhamento e uma predição mais precisa do volume de madeira da floresta, levando em consideração a estrutura de dependência espacial. pt_BR
dc.description.abstract The aim of this study was to evaluate the spatial continuity of the dendrometric characteristics average dominant height, volume and mean annual increment, throughout five different continuous ages. The experimental area was planted in 2003, accounting for 1,072.6 hectares. The data sets were derived from 116 permanent plots where successive forest inventory was carried out between 2006 and 2010. Using least squares weighted method, spherical, exponential and gaussian semivariogram models were fitted to the experimental semivariogram. To select the best model, reduced average error and standard deviation of the mean reduced error were analyzed. The spatial continuity assessment at along the time was carried out by comparison of the scaled semivariograms plotted considering the data sets from each age. Exponential semivariogram model has presented the best fitting and all the dendrometric characteristics has presented spatial continuity. The evaluated models were similar for each age and the studied characteristics as well. The results obtained with this study show that the use of geostatistical procedures to evaluate the growth of the trees throughout the time is an important planning tool, allowing a better management and prediction of wood volume in the forest. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.21,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Continuidade espacial de características dendrométricas em povoamentos clonais de Eucalyptus sp. avaliada ao longo do tempo pt_BR
dc.title Spatial continuity of dendrometric characteristics in clonal cultivated Eucalyptus sp. trhoughout the time pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v21_n4_p527-534_2015.pdf 774.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account