Biblioteca Florestal
Digital

Hidrossemeadura com espécies arbustivo–arbóreas nativas para preenchimento de áreas degradadas na Serra do Mar

Show simple item record

dc.contributor.advisor Rodrigues, Ricardo Ribeiro
dc.contributor.author Basso, Fabiana de Arantes
dc.date.accessioned 2016-07-29T12:45:59Z
dc.date.available 2016-07-29T12:45:59Z
dc.date.issued 2008
dc.identifier.citation BASSO, F. A. Hidrossemeadura com espécies arbustivo–arbóreas nativas para preenchimento de áreas degradadas na Serra do Mar. 2008. 83 f. Dissertação (Mestrado em Ecologia Aplicada) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2008. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18394
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract A técnica da hidrossemeadura é comumente empregada como medida de recuperação de taludes gerados nos empreendimentos rodoviários, áreas degradadas pela mineração, aeroportos e hidrelétricas, utilizando gramíneas agressivas e leguminosas visando um rápido recobrimento do solo para conter a erosão. O uso de espécies arbustivo-arbóreas nativas na hidrossemeadura ainda é pouco estudado, destacando-se alguns trabalhos de desenvolvimento de equipamentos e escolha de espécies adequadas. Inserido neste contexto a proposta do trabalho foi testar a viabilidade da técnica da hidrossemeadura com espécies arbustivo-arbóreas nativas para preenchimento de áreas degradadas inseridas em uma matriz ainda com grande cobertura florestal remanescente, possibilitando o uso de uma baixa diversidade de espécies na hidrossemeadura, uma vez que o enriquecimento ocorreria naturalmente, com propágulos oriundos do entorno, se a condição do ambiente permitir a fixação desses propágulos. Para isto foram aplicados 14,88 kg de sementes em 2,64 ha de área, sendo 2,976 kg de cada uma das seguintes espécies arbustivo- arbóreas: Cecropia pachystachya, Mimosa bimucronata, Peltophorum dubium, Schinus terebinthifolius e Senna multijuga. O delineamento experimental foi o de blocos ao acaso em esquema fatorial 2x5 com um tratamento adicional e com quatro repetições de cada bloco. Foram testadas cinco doses diferentes de sementes (Kg/ ha) e a influência do adubo químico (NPK) no momento da aplicação da hidrossemeadura no preenchimento da área. A dissertação foi dividida em dois capítulos, o primeiro referente à viabilidade da técnica da hidrossemeadura, tendo o segundo avaliado o sucesso de estabelecimento das espécies utilizadas. De maneira geral a técnica da hidrossemeadura apresentou-se viável para preenchimento das áreas, porém, estudos com espécies arbustivo-arbóreas são necessários para indicação das espécies mais adequadas. pt_BR
dc.description.abstract Hydroseeding is a common practice on the restoration of slopes generated by road, airport and hydroelectric constructions or mining activities, and its usually applied with fast- growing grasses and legumes, aiming rapid soil recovery and erosion control. Hydroseeding of native tree species is scarce, except for few studies on equipment development and selection of adequate species. Within this context, this study aims to test the feasibility of native tree species on hydroseeding as a technique to recover degraded areas within a landscape where prevails forest remnants, which allows a low diversity on hydroseeding, once the enrichment of species may occur naturally through incoming propagules from forested neighbourhood. The native tree species evaluated by this study were: Cecropia pachystachya, Mimosa bimucronata, Peltophorum dubium, Schinus terebinthifolius and Senna multijuga. Five different quantities of seeds (Kg/ ha) and the influence of chemical manure (NPK) during application were tested. It was a 2x5 factorial experiment folowing the randomized block design and with an additional control treatment (without hydroseeding nor chemical manure). Dissertation is presented on two chapters: the first one refers to the native tree species ́ hydroseeding feasibility and the second evaluates the establishment success of these species. As an overall conclusion hydroseeding is feasible and effective to recover degraded areas, although further studies are needed to indicate the most suitable native tree species for this technique. pt_BR
dc.format 83 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Recuperação de áreas degradadas pt_BR
dc.title Hidrossemeadura com espécies arbustivo–arbóreas nativas para preenchimento de áreas degradadas na Serra do Mar pt_BR
dc.title Hydroseeding of native tree species to recover degraded areas on the Serra do mar pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_ Fabiana de Arantes Basso.pdf 1.409Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account