Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação do impacto da contaminação do solo de áreas agrícolas de Bom Repouso (MG) por meio de ensaios ecotoxicológicos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Espíndola, Evaldo L. G.
dc.contributor.author Lima, Natalia Costa de
dc.date.accessioned 2016-07-28T18:24:06Z
dc.date.available 2016-07-28T18:24:06Z
dc.date.issued 2010-10-01
dc.identifier.citation LIMA, N. C. Avaliação do impacto da contaminação do solo de áreas agrícolas de Bom Repouso (MG) por meio de ensaios ecotoxicológicos. 2010. 127 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Engenharia Ambiental) - Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo, São Carlos. 2010. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18386
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract Nas últimas décadas tem-se verificado um significativo aumento na quantidade de contaminantes que são liberados no ambiente, destacando-se os agrotóxicos como um dos mais utilizados e nocivos. Os agrotóxicos são utilizados para o controle de doenças, pragas e plantas invasoras e, apesar de sua eficiência, seus efeitos em nível de ecossistema e saúde humana são preocupantes. No município de Bom Repouso/MG, devido à prática agrícola há intenso uso de agrotóxicos, os quais são aplicados nas lavouras de morango e batata sem controle mais efetivo, não sendo verificada nenhuma avaliação ambiental física, química e biológica, ou que incluísse os testes de toxicidade terrestres. Dentro desse contexto, o presente estudo procurou avaliar a aplicabilidade dos testes ecotoxicológicos padronizados internacionalmente para organismos terrestres, além de avaliar os impactos ambientais decorrentes das atividades agrícolas no município de Bom Repouso. Para tanto, ensaios de toxicidade (testes de evitamento, toxicidade aguda e crônica) com a espécie Eisenia andrei (ANNELIDA, OLIGOCHAETA), além de análises físicas e químicas, foram realizados com amostras de solo coletadas nas monoculturas de morango e batata, e em área de mata preservada. Nas análises físicas e químicas dos solos foram detectadas concentrações de metais e agrotóxicos em concentrações abaixo de valores orientadores definidos em legislação vigente, ressaltando-se que ambos também ocorreram em áreas de mata preservada. Elevadas concentrações de alumínio foram detectadas nos solos, porém não existem valores orientadores estabelecidos e provavelmente são características do tipo de solo da área de estudo. Não foi verificada toxicidade aguda aos organismos-teste, enquanto que nos testes de evitamento verificou- se que os organismos evitaram os solos de área de cultivo de morango e batata, preferindo os da mata; porém não é possível afirmar se esse resultado se deve à presença de contaminantes ou às propriedades físicas e químicas dos solos. Em relação aos efeitos subletais, a perda de peso não foi caracterizada como efeito de toxicidade, e os efeitos sobre a reprodução, para a maioria dos solos testados, não foram significativos, com exceção de duas amostras coletadas em área de mata e uma amostra de área de batata. Este resultado pode ter sido influenciado pelas concentrações de agrotóxicos não detectados (mas identificados em estudos anteriores), embora as características ácidas do solo também possam ter maior representatividade. Especificamente para as áreas de mata, as concentrações de alumínio detectadas nos solos e a dificuldade de ajuste de umidade provavelmente também influenciaram os resultados. Em função dos resultados obtidos, verifica-se que ainda são necessárias alterações nos procedimentos dos testes ecotoxicológicos com organismos terrestres, com adaptações para testes com amostras de solos naturais. Em relação ao município de Bom Repouso, são evidentes os problemas ambientais decorrentes do uso de agrotóxicos, sendo necessária uma avaliação de risco que permita uma visão sistêmica da situação ambiental e de saúde dos moradores da região. pt_BR
dc.description.abstract In the last decades there has been a significant increase in the amount of contaminants that are released into the environment, especially pesticides as one of the most used and harmful. The pesticides are used to control diseases, plagues and invaded plants and, despite its efficiency, its effects on the ecosystem level and human health are disturbing. In the Bom Repouso/MG municipality, due to the agricultural practice, there is an intensive use of pesticides, which are applied in strawberry and potato crops without more effective control, and it is not checked any biological, chemical and physical environmental assessment, which would include tests for terrestrial toxicity. In this context, this current study sought to evaluate the applicability of ecotoxicological tests internacionally standardized for terrestrial organisms and to evaluate the environmental impacts of agricultural activities in the Bom Repouso/MG municipality. Therefore, toxicity tests (tests of avoidance, chronic and acute toxicity) with the species Eisenia andrei (ANNELIDA, OLIGOCHAETA), in addition physical and chemical analysis, were performed with soil samples collected from monocultures of strawberry and potato, in addition preserved forest. In the chemical and physical analysis of the soils were detected concentrations of metals and pesticides in concentrations below the guiding values defined in current legislation, emphasizing that both also occurred in areas of preserved forest. High concentrations of aluminum were detected in soils, but there are no established guinding values and probably these are characteristics of the soil type of the study area. It was not observed acute toxicity to the test-organisms, whereas in tests of avoidance, it was observed that the organisms avoided the soils of the cultivation of strawberry and potato, preferring the forest, but it is not possible to state whether this result is due to the presence of contaminants or the chemical and physical properties of the soils. With respect to the sub lethal effects, the weight loss was not characterized as an effect of toxicity, and the effects on reproduction, for the most soils tested, were not significant, except for the two samples collected in the forest area and one sample in the potato area. This result may have been influenced by the concentrations of pesticides not detected (but identified in previous studies), although the acid soil characteristics may also have greater representation. Specifically for the forest areas, the concentration of aluminum detected in soils and the difficulty of the moisture adjusting, probably also influenced the results. Depending on the results, it observes that are still necessary changes in the procedures ecotoxicological tests with terrestrial organisms, with adjustments for tests with samples of natural soils. With reference to the Bom Repouso municipality, are obvious the environmental problems and because of the use of pesticides, it is necessary an assessment risk that allows a systemic view of the environmental situation and of the health of region residents. pt_BR
dc.format 127 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Avaliação de impactos ambientais pt_BR
dc.title Avaliação do impacto da contaminação do solo de áreas agrícolas de Bom Repouso (MG) por meio de ensaios ecotoxicológicos pt_BR
dc.title Assessment of the contamination impact of the soil in agricultural áreas from Bom Repouso (MG) by ecotoxicological tests pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Lima, Natalia Costa de.pdf 3.467Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account