Biblioteca Florestal
Digital

Simulação e avaliação econômica de regimes de desbastes para Pinus taeda para obtenção de múltiplos produtos da madeira

Show simple item record

dc.contributor.author Acerbi Jr, Fausto Weimar
dc.contributor.author Scolforo, José Roberto S.
dc.contributor.author Oliveira, Antônio Donizette de
dc.contributor.author Maestri, Romualdo
dc.date.accessioned 2016-07-18T18:26:45Z
dc.date.available 2016-07-18T18:26:45Z
dc.date.issued 1999
dc.identifier.citation ACERBI, JR. et al. Simulação e avaliação econômica de regimes de desbastes para Pinus taeda para obtenção de múltiplos produtos da madeira. Cerne, Lavras, v.5, n.1, p.081-102 1999. pt_BR
dc.identifier.issn 2317-6342
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18271
dc.description.abstract Este estudo teve como objetivo simular e avaliar economicamente regimes de desbaste para Pinus taeda, para obtenção de múltiplos produtos da madeira. A área em estudo está situada no município de Jaguariaíva-PR. Foram testados 3 cenários com diferentes números, épocas e intensidades de desbaste a partir de diferentes densidades iniciais de plantio, em diferentes níveis de produtividade. Os regimes de manejo foram submetidos, na análise de investimento, a 3 taxas de desconto, a plantios em áreas planas e acidentadas e em terras arrendadas ou da própria empresa, o que totalizou 133.920 diferentes opções de manejo. As simulações de crescimento, produção e desbastes foram obtidas a partir do software PISAPRO. Já as análises econômicas foram realizadas a partir da maximização do valor presente líquido, utilizando para tal o software INVEST. Os regimes de manejo que apresentaram maiores rentabilidades para a classe de sítio I e para os custos de produção e preços estipulados foram aqueles com plantio de 1.667 árvores/ha e com corte final aos 21 ou até 22 anos, após a realização de 2 desbastes: o primeiro aos 12 anos, mantendo 800 árvores/ha e o segundo aos 14 anos, mantendo de 400 a 600 árvores/ha. Para o sítio II, a melhor opção foi a adoção de regimes de manejo com plantio de 1.667 árvores/ha e corte final aos 22 anos, após a realização de 2 desbastes: o primeiro aos 12 anos, mantendo de 800 a 900 árvores/ha e o segundo aos 14 anos, mantendo 400 árvores/ha. Já para o sítio III, a melhor opção foi a adoção de regimes de manejo com plantio de 1.333 árvores/ha e corte final aos 22 anos, após a realização de 2 desbastes: o primeiro aos 12 anos, mantendo de 800 a 900 árvores/ha e o segundo aos 14 anos, mantendo de 400 a 500 árvores/ha. Para os sítios com classe de produtividade IV e V não foi constatada, em qualquer das combinações testadas, a presença de lucro. pt_BR
dc.description.abstract This study had the objective of simulating and evaluating, on the economic point of view, thinning regimes for Pinus taeda for obtaining wood multiproducts. The study area, is located in the county of Jaguariaiva, State of Paraná - Brazil. Three sceneries with different numbers, time and thinning intensities from different initial planting densities at different levels of productivity were tested. The management regimes were submitted, in the investment analysis, to 3 discount rates, for plantations on level and on rough lands, as well as, on rented and on own lands, totaling 133,920 different management options. The growth and yield values were obtained and thinning simulations were made by the PISAPRO software. The economic analysis were performed through the maximization of the present net value by using the INVEST software. The management regimes, which presented the highest profitability for the site class I, for specified production costs and prices, were those with planting of 1667 trees per hectare, and final cutting at 21 or 22 years after 2 thinning operations: the first one at 12 years old remaining 800 trees/ha and second one at 14 years old maintaining 400 to 600 trees/ha. For the site II, the best option was the adoption of the management regime with planting 1667 trees/ha, and final cutting at 22 years after 2 thinning operations: the first one at 12 years of age maintaining 800 to 900 trees/ha and second one at 14 years maintaining 400 trees/ha. For the site III, the best option was the adoption of the management regime with planting 1333 trees/ha, and final cutting at 22 years after 2 thinning operations: the first one at 12 years of age maintaining 800 to 900 trees/ha and second one at 14 years maintaining 400 to 500 trees/ha. For the sites IV and V, there was no profit for any one management regimes tested. pt_BR
dc.format 22 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.05,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.title Simulação e avaliação econômica de regimes de desbastes para Pinus taeda para obtenção de múltiplos produtos da madeira pt_BR
dc.title Simulation and economic evaluation of thinning regimes for Pinus taeda for obtaining wood multiproducts pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v5_n1_p81-102_1999.pdf 99.26Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account