Biblioteca Florestal
Digital

Cálcio, magnésio e potássio como amenizadores dos efeitos da salinidade sobre a nutrição mineral e o crescimento de mudas de aroeira (Myracrodruon urundeuva)

Show simple item record

dc.contributor.author Melloni, Rogério
dc.contributor.author Silva, Francisca Alcivânia de M.
dc.contributor.author Carvalho, Janice G. de
dc.date.accessioned 2016-07-18T13:42:31Z
dc.date.available 2016-07-18T13:42:31Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation MELLONI, R.; SILVA, F. A. M.; CARVALHO, J. G. Cálcio, magnésio e potássio como amenizadores dos efeitos da salinidade sobre a nutrição mineral e o crescimento de mudas de aroeira (Myracrodruon urundeuva). Cerne, Lavras, v.6, n.2, p.035-040, 2000. pt_BR
dc.identifier.issn 2317-6342
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18262
dc.description.abstract A aroeira (Myracrodruon urundeuva) é uma espécie arbórea nativa de relevante valor socioeconômico mas que, devido à exploração predatória, está ameaçada de extinção. Estudos são necessários para garantir sua sobrevivência e viabilizar seu cultivo em solos não incorporados ao sistema produtivo, como aqueles que apresentam problemas de salinidade. Com o objetivo de verificar a ação do cálcio, magnésio e potássio como amenizadores do efeito de salinidade em aroeira, instalou-se um experimento em casa de vegetação, utilizando solução nutritiva Hoagland & Arnon a 50% de concentração, com nível único de NaCl (150 mol m-³) e diferentes concentrações de Ca, Mg e K. Após 35 dias de tratamento, coletaram-se as plantas e avaliaram-se o diâmetro do colo, matéria seca de raiz, caule e folha e nutrientes acumulados. A adição de 150 mol m-³ de NaCl promoveu significativa redução no diâmetro do colo e matéria seca de raiz, caule e folha de aroeira, mostrando alta sensibilidade dessa espécie à salinidade. Houve tendência de menor redução nessas variáveis em plantas que receberam maior dose de Ca, as quais apresentaram maior acúmulo de Ca, Mg e K nos diferentes órgãos vegetais. Plantas que receberam 6 mol m-³ de K apresentaram relações Ca/Na, Mg/Na e K/Na na parte aérea cerca de duas vezes maiores que aquelas que receberam outros tratamentos, mas aproximadamente três vezes menores que aquelas que não receberam sal, comprovando o efeito negativo do NaCl na absorção dos nutrientes. As concentrações de Ca, K e Mg utilizadas nesse experimento não foram suficientes para impedir o efeito negativo do estresse osmótico provocado pelo NaCl no crescimento da aroeira. pt_BR
dc.description.abstract Aroeira (Myracrodruon urundeuva) is a native tree of important socio-economic value but, due to the predatory exploration, it is threatened of extinction, demanding studies that guarantee its survival and plantation in soils not incorporated to the productive system, like soils with salinity problems. To verify the calcium, magnesium and potassium action in reducing salinity effect in aroeira, a greenhouse experiment was conducted. A Hoagland & Arnon nutrient solution at 50% of concentration with NaCl (150 mol m-³) and different concentrations of Ca, Mg and K were used. After 35 days of treatment the plants were harvested and their stem diameter, root, stem and leaf dry matters and accumulated nutrients were evaluated. The addition of 150 mol m-³ of NaCl promoted significant reduction in stem diameter and dry matter of root, stem and leaf, showing aroeira’s high sensibility to salinity. This reduction was less evident in plants that received larger concentration of Ca, which presented a larger accumulation of Ca, Mg and K in its compartments. Plants that received 6 mol m-³ of K presented Ca/Na, Mg/Na and K/Na ratio of about two times more than those that received other treatments, but approximately three times less than those that did not receive salt, showing the negative effect of NaCl in the absorption of the nutrients. The concentrations of Ca, K and Mg used in this experiment were not enough to prevent the negative effect of the osmotic stress caused by NaCl in the growth of the aroeira. pt_BR
dc.format 6 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.06,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Cálcio, magnésio e potássio como amenizadores dos efeitos da salinidade sobre a nutrição mineral e o crescimento de mudas de aroeira (Myracrodruon urundeuva) pt_BR
dc.title The use of calcium, magnesium and potassium for reducing salinity effects on mineral nutrition and growth of aroeira (Myracrodruon urundeuva) pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v6_n2_p35-40_2000.pdf 37.62Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account