Biblioteca Florestal
Digital

Temperatura da madeira como alternativa de controle do processo de secagem

Show simple item record

dc.contributor.author Santini, Elio José
dc.date.accessioned 2016-07-18T12:18:44Z
dc.date.available 2016-07-18T12:18:44Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation SANTINI, E. J. Temperatura da madeira como alternativa de controle do processo de secagem. Cerne, Lavras, v.6, n.2, p.112-121, 2000. pt_BR
dc.identifier.issn 2317-6342
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18255
dc.description.abstract Oito cargas de madeira serrada de Pinus elliottii, com 25 mm de espessura, foram submetidas a diferentes temperaturas de secagem (50, 70, 90 e 110°C) e duas velocidades de ar (2,3 e 5,0 m/s), com o objetivo de correlacionar a temperatura da madeira com o seu teor de umidade, bem como estabelecer o ajuste de modelos matemáticos, visando à sua aplicação no controle do processo. Sensores tipo diodo, introduzidos a 1⁄4 da espessura da peça e uma célula de carga tipo tração para pesagens da pilha de madeira possibilitaram a obtenção da temperatura da madeira e teor de umidade, respectivamente. O processo de secagem foi gerenciado por um sistema computadorizado composto de um PC e uma unidade de controle e aquisição de dados. Os resultados mostraram que, para a secagem a alta temperatura, existe uma excelente correlação entre temperatura da madeira e teor de umidade. Modelos que incluem a temperatura do bulbo úmido explicaram melhor a relação entre as duas variáveis e podem ser utilizados para indicar o final da secagem, especialmente para temperaturas superiores a 100°C. pt_BR
dc.description.abstract Eight loads of sawn lumber of slash pine, with 25 mm of thickness, were exposed to four drying temperatures (50, 70, 90 and 110°C) and two air speed levels (2.3 and 5.0 m/s) for correlating wood temperature and moisture content (MC), as well as to establish statistical models to be applied in kiln drying process control. Diode type temperature sensors, introduced into 1⁄4 of the piece thickness, and a tension type load cell was used to weight the lumber pile, which allowed the determination of temperature and MC of the wood, respectively. The drying process was managed by an automated process control consisting of a PC and a data acquisition system. The results showed that, for high temperature drying, exists an excellent correlation between wood temperature and MC. Models that include wet bulb temperature explained better the two variables relationship and can be used as an end of the drying schedule indicator, specially for temperatures above 100°C. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.06,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Relações água-madeira e secagem pt_BR
dc.title Temperatura da madeira como alternativa de controle do processo de secagem pt_BR
dc.title Wood temperature as an alternative to the kiln drying process control pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v6_n2_p112-121_2000.pdf 56.35Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account