Biblioteca Florestal
Digital

Correlações entre variáveis do solo e espécies herbáceo-arbustivas de dunas em revegetação no litoral norte da Paraíba

Show simple item record

dc.contributor.author Santos, Marcelo dos
dc.contributor.author Rosado, Sebastião Carlos da Silva
dc.contributor.author Oliveira Filho, Ary Teixeira de
dc.contributor.author Carvalho, Dulcinéia de
dc.date.accessioned 2016-07-15T18:55:07Z
dc.date.available 2016-07-15T18:55:07Z
dc.date.issued 2000
dc.identifier.citation SANTOS, M. et al. Correlações entre variáveis do solo e espécies herbáceo-arbustivas de dunas em revegetação no litoral norte da Paraíba. Cerne, Lavras, v.6, n.1, p.019-029, 2000. pt_BR
dc.identifier.issn 2317-6342
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18244
dc.description.abstract No presente trabalho procedeu-se à análise da composição florística e estrutura da vegetação secundária estabelecida sobre sete áreas de dunas de rejeito de mineração, irrigadas ou não, com o objetivo de avaliar as interrelações entre a composição desta vegetação e variáveis ambientais definidas pelas características físicas, químicas, bioquímicas e microbiológicas do solo. Em quarenta parcelas de 3 X 3m foram obtidos os dados de composição florística, estrutura (valor de cobertura e freqüência) da comunidade vegetal e de variáveis ambientais do solo. Partindo destes dados procedeu-se à análise indireta dos gradientes, produzindo-se diagramas de ordenação das parcelas, espécies e variáveis ambientais (por análise de correspondência canônica, CCA). Nos locais de estudo foram identificadas 96 espécies herbáceo-arbustivas pertencentes a 33 famílias. Ocorreu um maior número de espécies e famílias nas áreas de dunas sob irrigação. Para áreas com três, cinco e sete anos sem irrigação observou-se um maior valor de cobertura das espécies Paspalum maritimum, Rhynchelytrum repens e Digitaria horizontalis. A CCA separou as parcelas de tabuleiro e dunas com um ano dos demais locais, enquanto que as dunas com três, cinco e sete anos, irrigadas ou não, apresentaram-se mais dispersas e não evidenciaram a existência de um gradiente de sucessão em função das variáveis do solo e irrigação. Os locais estudados, mesmo que profundamente perturbados, mantiveram uma comunidade fúngica potencialmente favorável à evolução dos ecossistemas, o que foi verificado pelo número de esporos de micorrizas vesículo-arbusculares (MA’s), principalmente nas áreas com cinco anos de idade e sem irrigação. pt_BR
dc.description.abstract This work analysed the floristic and phytosociologycal occurrence of the secondary vegetation established on seven tailing dune (irrigated or non-irrigated) areas, and the interactions between the composition of this vegetation and physical, chemical, biochemical and microbiological soil traits. Both the floristic composition and structure (value of cover and frequency) of the plant community which formed upon dunes were recorded in forty, 3 x 3m plots. From the environmental variables of soil and distribution data of the species, the indirect analysis of the gradients was proceeded, yielding ordination diagrams of the plots, species and environmental variables (by canonical correspondence analysis, CCA). A total of 96 herb-shrub species belonging to 33 families was identified on recovering dune and “tabuleiro”. A greater number of species and families occurred in the irrigated dune areas. In dunes areas with three, five and seven years without irrigation, a higher cover value of Paspalum maritimum, Rhynchelytrum repens and Digitaria horizontalis was observed. The CCA separated the ‘tabuleiro’ and dune vegetation plots with one year from the other sites, while the dune vegetation of three, five and seven year of age irrigated or not, proved spread and did not point out the existence of a succession gradient in terms of soil variables and irrigation. The investigated sites, even those deeply disturbed, maintained a fungal community, favoring the evolution of an ecosystem, possessing a high number of arbuscular mycorrhizal spores (MA’s), this was particularly true in the five years old dune areas without irrigation. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.06,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Correlações entre variáveis do solo e espécies herbáceo-arbustivas de dunas em revegetação no litoral norte da Paraíba pt_BR
dc.title Correlation between soil variables and herbac-shrub species in revegetation of dunes in the northern coast of the Paraíba state - Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v6_n1_p19-29_2000.pdf 58.83Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account