Biblioteca Florestal
Digital

Rotação econômica de plantios de Eucalyptus grandis para a produção de celulose

Show simple item record

dc.contributor.author Ferreira, Thais Cunha
dc.contributor.author Oliveira, Antônio Donizette de
dc.contributor.author Scolforo, José Roberto Soares
dc.contributor.author Rezende, José Luiz Pereira de
dc.date.accessioned 2016-07-11T19:55:43Z
dc.date.available 2016-07-11T19:55:43Z
dc.date.issued 2004-07
dc.identifier.citation FERREIRA, T. C. et al. Rotação econômica de plantios de Eucalyptus grandis para a produção de celulose. Cerne, Lavras, v. 10, n. 2, p. 222-241, jul./dez. 2004. pt_BR
dc.identifier.issn 0104-7760
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18167
dc.description.abstract Os principais objetivos do estudo foram: determinar o impacto do aproveitamento da árvore, associado ao comprimento das toras em que o fuste é seccionado e/ou ao diâmetro mínimo aproveitável do fuste na rotação econômica e na lucratividade de plantios de Eucalyptus grandis para a produção de celulose; determinar o prejuízo econômico decorrente do corte da floresta em idade diferente da ótima. Desenvolveu-se um modelo biométrico para prognosticar o volume de madeira utilizando-se dados provenientes de parcelas instaladas em plantios de Eucalyptus grandis para a produção de celulose com a idade de medição variando de 19 a 103 meses. Foram avaliados plantios nos espaçamentos 3 x 2 e 3 x 3 m nos sítios 30, 28, 26 e 24 m. A prognose do volume foi realizada a partir da idade zero, considerando o seccionamento do fuste em toras com 2,5, 2,8, 4,0 e 6,0 m de comprimento para diâmetros mínimos aproveitáveis de 4 a 10 cm, em intervalos de 2 cm. Para a análise econômica, utilizou- se o critério do Valor Presente Líquido (VPL), calculado para um horizonte de planejamento considerado infinito e uma planilha de custos que incluía os gastos com reforma, manutenção, colheita e transporte de madeira. As principais conclusões foram: variações proporcionais no diâmetro mínimo aproveitável do fuste e/ou no comprimento das toras em que este é seccionado implicaram em variações diretamente proporcionais na idade ótima de corte dos plantios; há grandes prejuízos econômicos quando os plantios são cortados em idades diferentes da idade ótima, principalmente se eles estiverem em sítios mais produtivos; os prejuízos por cortar os plantios em idades anteriores à idade ótima tendem a ser maiores que aqueles incorridos quando o corte é feito após a idade ótima; aproveitando-se mais o fuste via redução do diâmetro mínimo e/ou do comprimento das toras em que este é seccionado conseguem-se aumentos significativos na lucratividade dos plantios. Contudo, antes de qualquer tomada de decisão em relação a mudanças nestes parâmetros, é necessário realizar novos estudos para detectar possíveis restrições técnicas associadas a tais mudanças, bem como avaliar o impacto dessas mudanças sobre os custos de colheita e de transporte de madeira. pt_BR
dc.description.abstract The objectives of the research were: to determine the economic impact of several minimum diameter and length of logs in economic rotation age, economic feasibility of Eucalyptus grandis plantation for cellulose production; to determine the economic loss of cutting the stand before or after the optimal economic rotation age. A biometric model for making wood volume prognosis was developed using data of a trial of Eucalyptus grandis plantation envisaging pulp production. Eucalyptus grandis stands of 19 and 103 months old, in the spacing 3 x 2 and 3 x 3 m in site index of 30; 28; 26 and 24 m were used. Theprognosis started at the age zero, considering logs of 2.5; 2.8; 4.0 and 6.0 m of length for minimum diameter varying from 4 to 10 cm, in intervals of 2 cm. Net Present Worth (VPL) was used the economic criterion, considering an infinite horizon and a cost relation including reestablishment, yearly maintenance, logging and wood transportation costs. The main conclusions were: increases in the minimum diameter and or in logs length increase the rotation age; harvesting the stands in ages different from the optimal one cause large economic loss mainly in the better sites; the economic loss is larger if the harvest is made before the optimal economic rotation than if it is make after; economic feasibility increases when the minimum diameter is smaller and when the length of the logs is shorter. Any way, before making any decision it is necessary to take into account possible technical restrictions and effect on harvest and transportation costs caused by changer in the length of logs and in the size of the minimum commercial diameter. pt_BR
dc.format 20 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Lavras pt_BR
dc.relation.ispartofseries Cerne:v.10,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia de celulose e papel pt_BR
dc.title Rotação econômica de plantios de Eucalyptus grandis para a produção de celulose pt_BR
dc.title Economic rotation of Eucalyptus grandis plantations for pulp production pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Cerne_v10_n2_p222-241_2004.pdf 105.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account