Biblioteca Florestal
Digital

Funcionalidade ecológica de sistemas agroflorestais biodiversos: uso da serapilheira como indicador da recuperação de áreas de preservação permanente

Show simple item record

dc.contributor.author Souza, Márcia Cristina Soares de
dc.contributor.author Piña-Rodrigues, Fatima Conceição Márquez
dc.contributor.author Casagrande, José Carlos
dc.contributor.author Silva, Simone Ferreira da
dc.contributor.author Scoriza, Rafael Nogueira
dc.date.accessioned 2016-07-05T12:11:06Z
dc.date.available 2016-07-05T12:11:06Z
dc.date.issued 2016-01
dc.identifier.citation SOUZA, M. C. S. et al. Funcionalidade ecológica de sistemas agroflorestais biodiversos: uso da serapilheira como indicador da recuperação de áreas de preservação permanente. Floresta, Curitiba, v. 46, n. 1, p. 75-82, jan./mar. 2016. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18042
dc.description.abstract As recentes alterações na legislação brasileira incentivam a utilização de sistemas produtivos em áreas de preservação. Para avaliar a funcionalidade ecológica quanto ao aporte de biomassa e nutrientes, foi feito estudo de uma área de floresta e de quatro modelos de sistemas agroflorestais (SAFs) biodiversos e multiestratificados, com plantio de uma (solteira) a duas (casada) mudas por cova e com e sem consórcio de leguminosas, em Áreas de Preservação Permanente (APPs) no município de Paraty, RJ. A produção e o aporte de nutrientes foram maiores na área da floresta (7,47 M g.ha-¹.ano-¹), sendo de 5,4 M g.ha-¹.ano-¹ nas unidades de SAFs biodiversos. O sistema de plantio e o uso de leguminosas não promoveram incrementos no aporte de biomassa, sendo influenciados pelo manejo, que também afetou a sazonalidade da deposição. O aporte de serapilheira foi um eficiente indicador, sendo sensível para detectar alterações temporais e de manejo nas áreas dos sistemas agroflorestais estudados. pt_BR
dc.description.abstract A recent change in legislation encourages the use of production systems in conservation areas. To assess the ecological functionality of biomass and nutrients deposition, four models of agroforestry system (AFS) biodiverse and multi-layered with planting a (single) to two (married) seedlings per hole, with and without legumes consortium were studied and compared to a forest in Areas of Permanent Preservation (APPs) in the municipality of Paraty, RJ. The production and supply of nutrients was higher in forest area (7.47 M g.ha-¹.yr-¹ ), than in AFS biodiverse (5.4 M g.ha-¹.yr-¹). The plantation system and the use of legumes did not promote an increase in the biomass input, being influenced by management, which also affected the seasonality of deposition. The contribution of litter was an effective indicator, being sensitive to detect temporal and management in the areas of agroforestry systems studied changes. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.46,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sistemas agroflorestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Política e legislação florestal pt_BR
dc.title Funcionalidade ecológica de sistemas agroflorestais biodiversos: uso da serapilheira como indicador da recuperação de áreas de preservação permanente pt_BR
dc.title Ecological functionality biodiverse agroforestry systems: use of litterfall as an indicator of the recovery of permanent preservation areas pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v46_n1_p75-82_2016.pdf 380.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account