Biblioteca Florestal
Digital

Aplicações de variáveis antropométricas em postos de trabalho em marcenarias no sul do Espírito Santo

Show simple item record

dc.contributor.author Guimarães, Pompeu Paes
dc.contributor.author Fiedler, Nilton Cesar
dc.contributor.author Carmo, Flávio Cipriano de Assis do
dc.contributor.author Alves, Rafael Tonetto
dc.contributor.author Moraes, Filipe de
dc.date.accessioned 2016-07-05T12:05:37Z
dc.date.available 2016-07-05T12:05:37Z
dc.date.issued 2016-01
dc.identifier.citation GUIMARÃES, P. P. et al. Aplicações de variáveis antropométricas em postos de trabalho em marcenarias no sul do Espírito Santo. Floresta, Curitiba, v. 46, n. 1, p. 11-20, jan./mar. 2016. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18041
dc.description.abstract Esta pesquisa foi realizada em três marcenarias, sendo uma no município de Alegre e duas no município de Jerônimo Monteiro, todas localizadas no sul do Espírito Santo no período de agosto de 2009 a julho de 2010, e teve os seguintes objetivos: avaliar as condições antropométricas dos trabalhadores e correlacioná-las com as potencialidades e imperfeições de nove máquinas utilizadas comumente nesses empreendimentos. Os resultados mostraram que os coeficientes de variação dos dados indicam uma distribuição homogênea ou média dispersão de distribuição de todos os valores encontrados, à exceção da variável idade, que apresentou distribuição heterogênea. Todas as alturas das bancadas dos postos de trabalho avaliados se mantiveram, em média, 14,5 cm abaixo do recomendado (99,0 cm), na maioria dos postos de trabalho. Com base nesses dados, recomendou-se uma reorganização ergonômica do trabalho, com alturas ideais das bancadas das máquinas e posicionamento e acessos ideais dos postos de trabalho, sendo sugerido o uso de EPI (Equipamento de Proteção Individual) de maior profilaxia e especificidade ao trabalhador. pt_BR
dc.description.abstract This research was carried through in three joineries, being one in the city of Alegre and two in the city of Jerônimo M onteiro, located in the south of the Espirito Santo, Brazil, in the period of August of 2009 the July of 2010 and had the following objectives: to evaluate the anthropometric conditions of the workers and to common correlate them with the potentialities and imperfections of nine machines used common in these joineries. The results had indicated that the coefficients of variation of the data had indicated a homogeneous distribution or average dispersion of distribution of all the found values, to the exception of the changeable age that presented heterogeneous distribution. All the heights of group of benches of the evaluated ranks of work if had kept, on average, 14,5 cm below of the recommended one (99,0 cm), in the majority of the work ranks. Through of these data sent regards an ergonomic reorganization of the work, ideal heights of group of benches of the machines, positioning and ideal accesses of the work ranks and were suggested the use of EPIs (Equipment of Individual Protection) of bigger Prophylaxis and specific to the worker. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.46,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Ergonomia pt_BR
dc.title Aplicações de variáveis antropométricas em postos de trabalho em marcenarias no sul do Espírito Santo pt_BR
dc.title Applications in anthropometrical variables posts joineries work in the south of the Espírito Santo pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v46_n1_p11-20_2016.pdf 350.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account