Biblioteca Florestal
Digital

Germinação e crescimento inicial de Machaerium brasiliense Vogel (Fabaceae) em casa de vegetação

Show simple item record

dc.contributor.author Pastorini, Lindamir Hernandez
dc.contributor.author Romagnolo, Mariza Barion
dc.contributor.author Barbeiro, Caroline
dc.contributor.author Guerreiro, Renata Gomes de Oliveira
dc.contributor.author Costa, Priscila Marques da
dc.contributor.author Sert, Maria Aparecida
dc.contributor.author Souza, Luiz Antonio de
dc.date.accessioned 2016-07-04T19:58:39Z
dc.date.available 2016-07-04T19:58:39Z
dc.date.issued 2016-01
dc.identifier.citation PASTORINI, L. H. et al. Germinação e crescimento inicial de Machaerium brasiliense Vogel (Fabaceae) em casa de vegetação. Floresta, Curitiba, v. 46, n. 1, p. 83-92, jan./mar. 2016. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/18036
dc.description.abstract Machaerium brasiliense Vogel é uma espécie arbórea, conhecida popularmente como pau-sangue, jacarandá-bico-de-pato e sapuva. Com o objetivo de verificar a germinação, sementes de M. brasiliense foram mantidas sob temperatura de 20°, 25° e 30 °C, em câmara de germinação com fotoperíodo de 12h ou escuro contínuo. Para análise do crescimento inicial, avaliaram-se, aos 90, 180, 270 e 360 dias após o transplante (DAT), a altura, o comprimento da raiz, a massa seca da parte aérea, da raiz e total e o número de folhas de plantas mantidas em casa de vegetação. A presença ou ausência de luz não influenciou o desempenho das sementes, observando-se maior porcentagem de germinação (PG) para as sementes submetidas a 20 e 25 °C, o mesmo sendo verificado para o parâmetro índice de velocidade de germinação (IVG). O menor tempo médio de germinação (TMG) foi observado a 30 °C. Em relação aos parâmetros de crescimento, os maiores valores foram obtidos aos 270 e 360 DAT, não ocorrendo diferença estatística entre esses dois períodos de avaliação. A presença de nódulos radiculares foi observada a partir dos 180 DAT. pt_BR
dc.description.abstract Machaerium brasiliense Vogel is an arboreal species, popularly known as “pau-sangue”, “jacarandá-bico-de-pato” and “sapuva” (State of Paraná, Brazil). A iming to analyze the germination, M. brasiliense seeds were kept at 20°, 25° and 30° C in a growth chamber with a 12h photoperiod or continuous darkness. For initial growth, plants were analyzed for height, length of root, shoot and root dry mass, total dry mass and the number of leaves at 90, 180, 270 and 360 days after transplanting (DAT).The presence or absence of light showed no effect on the performance of seeds, with a higher germination percentage (PG) found for seeds at 20 and 25 °C, as verified for the germination speed index (IVG). The shortest average germination time (TMG) was observed at 30 °C. Regarding the growth parameters, the highest values were obtained at 270 and 360 DAT, with no statistical difference between these two evaluation periods. The presence of root nodules was verified from 180 DAT. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.46,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Sementes florestais pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Germinação e crescimento inicial de Machaerium brasiliense Vogel (Fabaceae) em casa de vegetação pt_BR
dc.title Germination and initial growth of Machaerium brasiliense Vogel (Fabaceae) in a greenhouse pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v46_n1_p83-92_2016.pdf 325.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account