Biblioteca Florestal
Digital

Características de frutos, sementes e mudas de Jatobá do Cerrado, Hymenaea stignocarpa Mart. ex Hayne de diferentes procedências

Show simple item record

dc.contributor.advisor Carneiro, José Geraldo de Araújo
dc.contributor.author Botelho, Soraya Alvarenga
dc.date.accessioned 2016-06-29T19:52:41Z
dc.date.available 2016-06-29T19:52:41Z
dc.date.issued 1993-07-02
dc.identifier.citation BOTELHO, S. A. Características de frutos, sementes e mudas de Jatobá do Cerrado, Hymenaea stignocarpa Mart. ex Hayne de diferentes procedências. 1993. 93 f. Tese (Doutorado em Engenharia Florestal) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 1993. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17974
dc.description Tese de Doutorado defendida na Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.description.abstract Este trabalho é parte de um programa de pesquisa realizado no Departamento de Ciências Florestais da Escola Superior de Agricultura de Lavras - ESAL sobre espécies de cerrado, com o objetivo de obter informações básicas para o desenvolvimento de programas de manejo com rendimento sustentado, considerando o uso múltiplo do cerrado. A espécie estudada foi o jatobá do cerrado (Hymenaea stigonocarpa Mart, ex Hayne.) uma espécie de ampla dispersão, fornecedora de madeira de boa qualidade, resina que pode ser .uti 1 i zada como medicamento e na fabricação de verniz e ainda frutos com polpa de alto valor protéico utilizada na culinária regional. Para a realização do trabalho foram selecionadas cinco populações (Al pinópoli s, Ibiá, Monte Alegre de Minas, Monte Carmelo e Uberaba) na região do Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Sul de Minas na área de ocorrência da espécie. De cada população foram colhidos frutos de 6 a 25 árvores, que foram avaliados, quanto às dimensões (comprimento, largura e espessura) e número de sementes. As sementes de cada árvore foram avaliadas quanto ao comprimento, largura e espessura e a seguir semeadas em viveiro onde se áváliou a porcentagem de germinação, indice de Velocidade de emergência e o crescimento das mudas (altura e diâmetro) aos 12 meses. Uma amostra das sementes de Ibiá foi usada para a realização de testes de quebra de dormência. No ano seguinte fez-se nova amostragem na população.de Alpinópolis, onde foram coletados e analisados frutos de 30 árvores. As sementes separadas em função de sua posição dentro do fruto, foram medidas e avaliadas quanto à dormência e crescimento das mudas. Após as avaliações verificou-se que as características morfológicas dos frutos e sementes, a porcentagem de germinação e o crescimento das mudas variaram entre e dentro das procedências estudadas, embora somente as dimensões das sementes e mudas tenham apresentado padrão definido de variação em função da precipitação e temperatura. A variação genética para altura e para diâmetro de muda explicou mais de 80% da variação fenotípica, enquanto que o índice de velocidade de emergência foi fortemente influenciado pelo ambiente. A velocidade de emergência das sementes e o tamanho das mudas não foram influenciados pela sua posição no fruto, enquanto que o tamanho das sementes foi maior nas sementes da porção mediana doê frutos. pt_BR
dc.format 93 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.title Características de frutos, sementes e mudas de Jatobá do Cerrado, Hymenaea stignocarpa Mart. ex Hayne de diferentes procedências pt_BR
dc.type Tese pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Tese_Soraya-Alvarenga-Botelho.pdf 2.326Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account