Biblioteca Florestal
Digital

Dinâmica espaço-temporal de focos de calor em duas terras indígenas do estado de Mato Grosso: uma abordagem geoespacial sobre a dinâmica do uso do fogo por Xavantes e Bororos

Show simple item record

dc.contributor.author Abreu, Fabio de Almeida
dc.contributor.author Souza, Josiane do Socorro Aguiar
dc.date.accessioned 2016-06-23T19:23:20Z
dc.date.available 2016-06-23T19:23:20Z
dc.date.issued 2016
dc.identifier.citation ABREU, F. A.; SOUZA, J. S. A. Dinâmica espaço-temporal de focos de calor em duas terras indígenas do estado de Mato Grosso: uma abordagem geoespacial sobre a dinâmica do uso do fogo por Xavantes e Bororos. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 23, n. 1, p. 1-10. 2016. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17871
dc.description.abstract O objetivo deste artigo foi, com suporte de geotecnologias, estudar a distribuição espaço-temporal dos focos de calor detectados pelos sensores a bordo dos satélites NOAA-12 e NOAA-15 entre os anos de 2005 e 2010, em uma região do leste de Mato Grosso. Observou-se que nas terras indígenas Merure, pertencentes à etnia Bororo, e São Marcos, pertencentes à etnia Xavante, os focos de calor apresentaram padrões distintos, o que pode ser atribuído a diferentes formas de utilização do fogo por essas etnias. Comparando-se os focos nas três áreas, Bororo, Xavante e entorno, notou-se que na terra indígena dos Bororos, existe maior concentração e densidade de focos de calor próximo às rodovias existentes em seu interior. Para a terra indígena dos Xavantes, apesar da existência de uma rodovia em seu interior, os focos de calor se distribuem de forma dispersa por todo o território. A prática da caça com a utilização do fogo pelos Xavantes exerce forte influência nessa distribuição de focos. pt_BR
dc.description.abstract The article aimed to use geotechnology to study the occurrence of heat spots detected sensors on board of NOAA-12 and NOAA-15 satellites, between the years 2000 and 2010 in a region located on east of Mato Grosso state. It was observed that in the Merure, belonging to Bororo people and São Marcos, belonging to Xavante people indigenous lands the heat spots were presented in different patterns that can be attributed to the distinct ways of fire management by each ethnic group. The practice of hunting with the use of fire influenced the higher concentration and considerable densities of hot spots distributed throughout inside the Xavante`s territory compared to the Bororo ́s and in the surrounding buffer areas of São Marcos. In the Bororo territory was observed that the hot spots were presented in higher densities close to the highways that crosses its territory. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.23,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Incêndios florestais pt_BR
dc.title Dinâmica espaço-temporal de focos de calor em duas terras indígenas do estado de Mato Grosso: uma abordagem geoespacial sobre a dinâmica do uso do fogo por Xavantes e Bororos pt_BR
dc.title Spatiotemporal dynamic analysis of heat spots in two indigenous lands of Mato Grosso state: a geoespatial approach over the a dynamic of fire use by Xavantes and Bororos pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_e_Ambiente_v23_n1_p1-10_2016.pdf 3.494Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account