Biblioteca Florestal
Digital

Valoração das áreas de preservação permanente na bacia do Rio Alegre-ES

Show simple item record

dc.contributor.author Ribeiro, Carlos Antonio Alvares Soares
dc.contributor.author Silva, Márcio Lopes da
dc.contributor.author Soares, Naisy Silva
dc.contributor.author Rocha, Renata Rodrigues de Castro
dc.contributor.author Oliveira, Ângelo Marcos Santos
dc.date.accessioned 2016-06-13T11:43:01Z
dc.date.available 2016-06-13T11:43:01Z
dc.date.issued 2010-01
dc.identifier.citation RIBEIRO, C. A. A. S. et al. Valoração das áreas de preservação permanente na bacia do Rio Alegre-ES. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 17, n. 1, p. 63-72, jan./jun. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17632
dc.description.abstract Em um ambiente de sistemas de informações geográficas, analisou-se o impacto econômico decorrente da aplicação do Código Florestal Brasileiro, tendo-se por base a delimitação das áreas de preservação permanente (APPs) na bacia do Rio Alegre, Alegre – ES. Identificaram- se os conflitos de uso da terra, determinaram-se o valor econômico das terras e a anuidade equivalente às atividades produtivas em APPs. Verificou-se que a exploração econômica dessas áreas gera, aproximadamente, R$ 1 milhão por ano, o que equivale a uma contribuição mensal líquida de R$ 11 por ha de APP desmatado. Concluiu-se que a implementação de políticas de estímulo à preservação ambiental é viável e necessária. pt_BR
dc.description.abstract This GIS-based study analyzed the economic impact resulting from law enforcement of the Brazilian Forestry Code in relation to demarcation and implementation of permanent preservation areas (PPA’s) in the Alegre river watershed, Alegre – ES. Using the Faustmann formula, the total annual net revenue resulting from productive activities for these areas was found to be approximately R$ 1 million. This figures led to the conclusion that the monthly net contribution of each hectare of deforested PPA’s is only R$ 11. Thus, the implementation of policies as incentives for environmental preservation is not only feasible but necessary. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.17,n.1;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Política e legislação florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.title Valoração das áreas de preservação permanente na bacia do Rio Alegre-ES pt_BR
dc.title Economic impact of implementation of permanent preservation areas in the Alegre River Watershed, municipality of Alegre, Espírito Santo State pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_e_Ambiente_v17_n1_p63-72_2010.pdf 801.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account