Biblioteca Florestal
Digital

Effect of eucalyptus bark compost and phosphorus on the ectomycorrhizal development of Eucalyptus plantlets inoculated in vitro with Pisolithus tinctorius

Show simple item record

dc.contributor.author Galli, Marco Antonio
dc.contributor.author Krugner, Tasso Leo
dc.contributor.author Gonçalves, José Leonardo de Moraes
dc.contributor.author Vieira, José Demetrius
dc.date.accessioned 2016-04-08T13:11:19Z
dc.date.available 2016-04-08T13:11:19Z
dc.date.issued 1997-06
dc.identifier.citation GALLI, M. A. et al. Effect of eucalyptus bark compost and phosphorus on the ectomycorrhizal development of Eucalyptus plantlets inoculated in vitro with Pisolithus tinctorius. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 51, p. 7-14, jun. 1997. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17474
dc.description.abstract "Plantlets" de Eucalyptus urophylla e de um híbrido de E. urophylla x E. grandis foram inoculadas in vitro com discos de agar com micélio de Pisolithus tinctorius em substrato de tecido não tramado (Coursel) umidecido com meio de enraizamento. Após 28 dias de inoculação em câmara de crescimento, 70 e 76% dos tubos inoculados apresentaram colonização ectomicorrízica in vitro, respectivamente para cada clone. Testes de crescimento micelial de P. tinctorius in vitro permitiram reduzir a concentração de açúcares no meio de cultura de 28g/l para até 4g/l sem reduzir significativamente o desenvolvimento micelial. Também não houve diferença entre a utilização de glucose ou de sacarose como fonte de carbono para o fungo. Dois experimentos foram conduzidos com outro clone (híbrido de E. urophylla x E. grandis) inoculado in vitro em meio líquido com 4g de sacarose/l como fonte de carbono em substrato de feltro. Após 28 dias de incubação em câmara de crescimento, 69,6 e 93,9% dos "plantlets" apresentaram formação de ectomicorrizas respectivamente em cada experimento. "Plantlets" micorrizados do segundo experimento foram transferidos para casa de vegetação com temperatura e umidade controladas, em tubetes contendo solo arenoso misturado com 4 doses de composto orgânico na forma de casca de eucalipto (0; 20; 40 e 60% V/V), combinadas com 4 níveis de fósforo aplicados (0); 30; 60 e 90 ppm). O transplante em casa de vegetação permitiu 100% de pegamento das "plantlets". A avaliação foi aos noventa dias após a transferência dos tubetes para as condições de viveiro. Nos níveis de 0 e 30 ppm de fósforo aplicado, a adição de composto orgânico aumentou o crescimento das mudas. A matéria orgânica reduziu drasticamente o desenvolvimento ectomicorrízico no nível de 30 ppm de fósforo. Nos níveis de 60 e 90 ppm não houve efeito da adição de composto orgânico. O desenvolvimento ectomicorrízico no geral foi baixo. Na ausência de composto orgânico, houve maior desenvolvimento de ectomicorriza com 30 ppm de fósforo aplicado e maior crescimento das mudas com 60 ppm de fósforo aplicado. Na presença de composto orgânico não houve efeito do fósforo aplicado, tanto no crescimento das mudas como no desenvolvimento micorrízico. pt_BR
dc.description.abstract Plantlets of an Eucalyptus urophylla x E.grandis hybrid that were inoculated in vitro with Pisolithus tinctorius were transplanted to polyethylene tubes containing a sandy soil to which 4 doses of Eucalyptus bark compost were added (0%; 20%; 40% and 60% V/V), combined with 4 levels of applied phosphorus (0; 30; 60 and 90 ppm). After a 90 days growth period under nursery conditions, the addition of organic matter reduced the ectomycorrhizal development. Ectomycorrhizal development, however, was in general low. At the 0 and 30 ppm of applied phosphorus levels, the addition of organic matter increased plantlet growth significantly, whereas no effect was observed of organic matter at 60 and 90 ppm levels of phosphorous. In the absence of organic matter, the best mycorrhizal development was observed at the 30 ppm level of applied phosphorus, whereas the highest plant growth was observed at the 60 ppm level of phosphorus. In the presence of applied organic matter, application of phosphorous did not affect either plantlet growth or ectomycorrhizal development. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso en pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:,n.51;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Effect of eucalyptus bark compost and phosphorus on the ectomycorrhizal development of Eucalyptus plantlets inoculated in vitro with Pisolithus tinctorius pt_BR
dc.title Efeito da matéria orgânica e do fósforo no desenvolvimento de ectomicorrizas em "plantlets" de Eucalyptus inoculadas "in vitro" com Pisolithus tinctorius pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_n51_p7-14_1997.pdf 143.9Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account