Biblioteca Florestal
Digital

Densidade básica e umidade natural da madeira de Eucalyptus saligna Smith, de Itatinga, associadas aos padrões de casca apresentados pela população

Show simple item record

dc.contributor.author Lopes, Guilherme de Andrade
dc.contributor.author Garcia, José Nivaldo
dc.date.accessioned 2016-04-04T12:03:36Z
dc.date.available 2016-04-04T12:03:36Z
dc.date.issued 2002-12
dc.identifier.citation LOPES, G. A.; GARCIA, J. N. Densidade básica e umidade natural da madeira de Eucalyptus saligna Smith, de Itatinga, associadas aos padrões de casca apresentados pela população. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 62, p. 13-23, dez. 2002. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17374
dc.description.abstract Foram utilizadas árvores de um plantio comercial de Eucalyptus saligna Smith de 22 anos, que de acordo com o tipo e proporção de casca apresentados, foram denominadas “Tipo Saligna”, quando portadoras de casca totalmente lisa; “Tipo Meia-casca”, quando o tronco apresentasse casca rugosa em pelo menos 20% até o máximo de 60% da altura do fuste e “Tipo Botryoides”, quando apresentassem casca rugosa em mais de 70% da altura do fuste. Pretendeu-se com esse estudo determinar a densidade básica, o do teor de umidade natural da madeira, suas interações e variações associadas aos padrões de distribuição de casca. Os resultados mostraram que o “Tipo Meia-casca” apresentou maior densidade básica e menor teor de umidade natural, comportando-se de forma similar ao “Tipo Botryoides”. O “Tipo Saligna” diferiu significativamente desses dois. Para os três tipos analisados, foi observada correlação negativa entre a densidade básica e a umidade natural da madeira. Com relação ao comportamento dessas variáveis em função das posições verticais no fuste não foram observadas variações significativas. Os resultados demonstraram a possibilidade de estimar-se a densidade básica da madeira pela simples determinação do seu teor de umidade natural. Indicaram também que o padrão fenotípico da casca pode ser utilizado como um bom indicador de qualidade da madeira em Eucalyptus saligna Smith. pt_BR
dc.description.abstract Some trees from a 22-year old commercial plantation of Eucalyptus saligna Smith were used. The trees were classified by the type and proportion of the bark. They were denominated “Type Saligna”, when the bark was totally smooth; “Type Half-bark”, when the tree presented rough-bark in at least 20% to a maximum of 60% of the tree commercial height; and “Type Botryoides”, when they were rough-barked in more than 70% of the tree commercial height. It were determined the basic density and the natural moisture content, their variations associated to the bark patterns and their relationship. The results showed that the “Type Halfbark” presented the highest basic density value and the smallest natural moisture content. It was similar to the “Type Botryoides”. The “Type Saligna”, differed significantly of those ones. Negative correlation was found for highest basic density and the wood natural moisture content. It were observed no significant differences between any tree vertical positions on the properties. The results showed that it is possible to estimate the basic density by a simple measurement of the natural moisture content. They also suggest that the bark types can be used as good indicator for predicting the Eucalyptus saligna Smith wood quality. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:,n.62;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Propriedades físico-mecânicas da madeira pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Relações água-madeira e secagem pt_BR
dc.title Densidade básica e umidade natural da madeira de Eucalyptus saligna Smith, de Itatinga, associadas aos padrões de casca apresentados pela população pt_BR
dc.title Basic density and natural moisture content of Eucalyptus saligna Smith, from Itatinga, associated to the population bark patterns pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_n62_p13-23_2002.pdf 361.1Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account