Biblioteca Florestal
Digital

Análises têmporo-espaciais da fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do rio Cará-Cará, Ponta Grossa – PR

Show simple item record

dc.contributor.advisor Oka-Fiori, Chisato
dc.contributor.author Miara, Marcos Antonio
dc.date.accessioned 2016-03-18T11:29:43Z
dc.date.available 2016-03-18T11:29:43Z
dc.date.issued 2006-03-24
dc.identifier.citation MIARA, M. A. Análises têmporo-espaciais da fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do rio Cará-Cará, Ponta Grossa – PR. 2006. 182 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17214
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.description.abstract A presente pesquisa desenvolve uma avaliação sobre a dinâmica de ocupação e uso da terra entre os anos de 1980 e 2002 da bacia hidrográfica do rio Cará-Cará – BHCC - localizada no município de Ponta Grossa – Pr, do mesmo que faz uma análise, a partir de determinadas condicionantes físico-ambientais, de níveis diferenciados de fragilidade ambiental da bacia. A pesquisa ainda promove uma discussão sobre os níveis de fragilidade ambiental em contraponto as formas de uso e ocupação da terra na BHCC nos dois períodos de análise, assim como das implicações da legislação ambiental e sua aplicabilidade. Para tanto foram utilizadas diferentes fontes cartográficas para compor uma base digital de trabalho para aplicação em um Sistema de Informações Geográficas e práticas de campo sistemáticas. A obtenção dos resultados se deu basicamente pela edição e cruzamento das informações digitais, sendo que, para a avaliação de fragilidade ambiental, foi utilizada uma relação ponderada de importância entre as variáveis ambientais consideradas, no intuito de considerar para a análise algumas peculiaridades físicas da BHCC. Os resultados alcançados se definem primeiramente por uma variação de 13 classes de fragilidade ambiental que congregam diferentes condições ambientais que as caracterizam. Num segundo momento, a dinâmica ocupacional da bacia demonstra que nos 22 anos considerados houve uma diminuição de índices de proteção do solo em função da intensificação do uso aplicado na BHCC. Por conseguinte, a intensificação do uso promoveu uma menor adequação destas formas de uso com as características físico-ambientais da BHCC. Sobre a legislação ambiental, notou-se deficiências quanto sua aplicação em ambos os anos considerados, sendo que para o ano de 2002 houve uma intensificação quanto sua inaplicabilidade se comparado a 1980. Assim, a pesquisa demonstrou que existem áreas dentro da BHCC que apresentam combinações distintas de ocorrência das condicionantes físicas, fazendo com que se possa caracterizar áreas com maior ou menor potencial a impactos ambientais. Outro aspecto importante é o fato da diminuição ocorrida em níveis de proteção do solo dentro da BHCC, seja esta diminuição evidenciada pela substituição das formas de uso e cobertura da terra, seja pela ineficácia crescente da aplicação da legislação ambiental dentro da bacia. Há que se considerar ainda que esta pesquisa sobre a BHCC não se encerra pelos resultados que alcançou, e sim, abre espaços a discussões e pesquisas futuras que incrementem o debate sobre formas mais apropriadas de uso e ocupação da bacia, objetivando a manutenção da integridade ambiental da mesma, do mesmo modo que resguarde condições adequadas à população que usufrui do ambiente. pt_BR
dc.description.abstract The present research develops an evaluation of the dynamics of the occupation and use of the land of Cará-cará river watershed _ BHCC _ , between 1980 and 2002, located in the municipal district of Ponta Grossa, and at the same time, analyses it based on predetermined physical-environmental conditionings, on diferentiated fragility environmental levels of the watershed, using systemic precepts. This research also discusses the levels of environmental fragility in contrast with the forms of land use and occupation at BHCC, during the two periods of analysis, as well as the implications of the environmental laws and their execution. In order to do so, apart from the theoretical foundations related to the subjects worked on, different cartographic sources to compose a digital data bank for the application in a Geographic Information System and systematic field practices were used. The results were obtained basically through the edition and crossing of the digital information, but, for the environmental fragility analysis, a weighted relation of the importance between each environmental variable and all the other ones was established in order to consider certain physical peculiarities of BHCC. The results show, firstly, the obtainment of 13 levels of environmental fragility at the BHCC which have different combinations of environmental elements, characterizing in this way, areas of major or minor potenciality environmental impacts. Secondly, the results about the dynamics of the occupation of the watershed show that, during the 22 years which were evaluated, there was a decrease of the soil protection indicators due to the intensification of the applied use at the BHCC, in the urban areas as well as in the rural ones. Consequently, the intensification of the forms of watershed land uses caused a smaller adequation of them to the physical-environmental characteristics of the BHCC. As far as the environmental legislation is concerned, some deficiencies related to its execution in both years were identified, but for the year 2002, there was an intensification in relation to its non-execution, if compared to the year 1980. We have to take into consideration that the results obtained in this research about the BHCC are not conclusive. Yet, they should stimulate other discussions and future research which will improve the debate over more appropriate forms of use and occupation of the watershed, taking into consideration its preservation and environmental conservation as well as the establishment and maintenance of a better quality of the life of the population which makes good use of this environemnt. pt_BR
dc.format 182 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Manejo de bacias hidrográficas pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Política e legislação florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente pt_BR
dc.title Análises têmporo-espaciais da fragilidade ambiental da bacia hidrográfica do rio Cará-Cará, Ponta Grossa – PR pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Marcos Antonio Miera .pdf 11.12Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account