Biblioteca Florestal
Digital

Ecologia de culicidae e idade fisiológica de Aedes (Ochlerotatus) scapularis (Rondani, 1848) em área de Floresta Atlântica da planície litorânea do estado do Paraná, Brasil

Show simple item record

dc.contributor.advisor Silva, Mario Antonio Navarro da
dc.contributor.author Silva, Ricardo Vieira da
dc.date.accessioned 2016-03-14T12:47:20Z
dc.date.available 2016-03-14T12:47:20Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation SILVA, R. V. Ecologia de culicidae e idade fisiológica de Aedes (Ochlerotatus) Scapularis (Rondani, 1848) em área de Floresta Atlântica da planície litorânea do estado do Paraná, Brasil. 2006. 98 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Biológicas) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17169
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.description.abstract A planície litorânea do Paraná conviveu com diversas epidemias no passado, inclusive com a ocorrência de grande número de casos de malária, entre as décadas de 1940 e 1960. Esse episódio levou a um considerável conhecimento das populações de Anopheles (Kerteszia) na região, o que não pode ser afirmado para as outras populações de Culicidae. Isso justifica um estudo aprofundado da ecologia dos culicídeos ocorrentes na região, além de aspectos da capacidade vetorial de espécies de maior importância, como Aedes scapularis. Entre esses aspectos, está o estudo da paridade e desenvolvimento ovariano, que permite inferir a idade fisiológica da população. Este estudo foi desenvolvido com base na necessidade de maiores informações a respeito da fauna de Culicidae e da idade fisiológica da população de Aedes scapularis. As coletas ocorreram na Floresta Estadual do Palmito, em Paranaguá, entre janeiro e dezembro de 2005, com periodicidade mensal. Para a captura da fauna de Culicidae, foi utilizada uma armadilha de Shannon localizada em área aberta, na borda da mata, entre as 8h- 13h e as 15h-20h, perfazendo dez intervalos horários. Os Aedes scapularis foram coletados com o auxílio de duas armadilhas de Shannon: a primeira, já citada, localizada na borda da mata, e a segunda armadilha localizada no interior da mata, nos mesmos intervalos já citados. Foram coletados um total de 3406 culicídeos, com freqüência destacada na primavera e nos dois últimos intervalos, correspondentes ao início do período noturno. Os culicídeos identificados foram distribuídos em dez gêneros, 18 subgêneros e 39 espécies, com as seguintes espécies dominantes: Anopheles cruzii (23,12% do total), Culex sacchettae (18,27% do total), Wyeomyia incaudata (14,61% do total), Wyeomyia lopesi (12,67% do total), Aedes scapularis (6,15% do total) e Aedes serratus/nubilus (5,82% do total). Com relação a atividade horária observou-se atividade noturna em Anophelinae, mas com incidência de Anopheles cruzii e Anopheles bellator em todo o período considerado. As tribos Culicini, Aedini e Mansoniini apresentaram atividade noturna, enquanto os membros de Sabethini ocorreram preferencialmente nos intervalos diurnos, sendo que o maior esforço de coleta nesses intervalos fez com que essa tribo tivesse o maior número de indivíduos coletados e a maior riqueza de espécies. Foi observada correlação positiva entre Anopheles cruzii e a precipitação pluviométrica acumulada (mm) e correlação negativa entre Aedes scapularis e a precipitação pluviométrica acumulada (mm). Entre as espécies coletadas com importância epidemiológica, destacam-se Anopheles cruzii, Anopheles bellator, Aedes albopictus, Aedes scapularis, Culex sacchettae e Culex nigripalpus. Os dados de paridade de Aedes scapularis demonstram que a grande maioria das fêmeas é nulípara, indicando tratar-se de uma população jovem e anautógena. Foi observada discordância gonotrófica na população estudada, dado que indica maior contato das fêmeas com os hospedeiros e aumenta a importância epidemiológica da população na área estudada. pt_BR
dc.description.abstract The coastland area in Parana had many epidemics in past, including the occurrence of a great number of malaria cases from 1940 to 1960. This induced to a considerable knowledge about the populations of Anopheles (Kerteszia) in the area, what did not happened to the other populations of Culicidae. That justifies a deeper study about the ecology of the incident Culicidae, besides aspects of vectorial capacity of those species with major importance, like Aedes scapularis. One of those aspects is the parity and ovarian development, which allows to deduce the physiological age in the population. This study was developed based in the importance of more information about the fauna of Culicidae and the physiological age in the population of Aedes scapularis. The collections were taken in the Floresta Estadual do Palmito, Paranagua, between January and December 2005, monthly. To capture the fauna of Culicidae it was used a Shannon trap, located in open area, in the border of the forest, between 8h-13h and 15h-20h, completing ten hourly intervals. Aedes scapularis were collected with two Shannon traps: the first one, above mentioned, located in the border of the forest, and the second one, located inside the forest. A total of 3406 culicids were collected, with emphasized occurrence during the spring and the two last intervals, correspondent to the beginning of the night period. The identification led to 10 genera, 18 subgenera and 39 species, with the following dominant species: Anopheles cruzii (23,12% of total), Culex sacchettae (18,27% of total), Wyemoyia incaudata (14,61% of total), Wyeomyia lopesi (12,67% of total), Aedes scapularis (6,15% of total) and Aedes serratus/nubilus (5,82% of total). Regarding to the hourly activity, it was noted a nocturnal activity in Anophelinae, but with constant incidence of Anopheles cruzii and Anopheles bellator. Tribes Culicini, Aedini e Mansoniini presented nocturnal activity, while the members of Sabethini occurred preferentially in the diurnal intervals. The major collection effort in those intervals made this the tribe with the higher number of individuals collected, as well as the tribe with higher species richness. It was observed positive correlation between Anopheles cruzii and the accumulated pluviometric precipitation (mm) and negative correlation between Aedes scapularis and the accumulated pluviometric precipitation (mm). Among the species found with greater epidemiological importance are Anopheles cruzii, Anopheles bellator, Aedes albopictus, Aedes scapularis, Culex sacchettae and Culex nigripalpus. Parity data of Aedes scapularis show that the majority of female are nulliparous, indicating a young and anautogenous population. It was observed gonotrofic discordance in the studied population, what indicates a higher contact of the females with the host and increases epidemiological importance of this species in the studied area. pt_BR
dc.format 98 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Proteção florestal: pragas e doenças pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Ecologia de culicidae e idade fisiológica de Aedes (Ochlerotatus) scapularis (Rondani, 1848) em área de Floresta Atlântica da planície litorânea do estado do Paraná, Brasil pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Ricardo Vieira da Silva.pdf 36.66Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account