Biblioteca Florestal
Digital

Indicadores microbiológicos de solo na avaliação da recuperação de área degradada de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas no litoral paranaense - Brasil

Show simple item record

dc.contributor.advisor Marques, Renato
dc.contributor.author Peña, Martha Lucía Peña
dc.date.accessioned 2016-03-11T14:00:27Z
dc.date.available 2016-03-11T14:00:27Z
dc.date.issued 2002-04-26
dc.identifier.citation PENA, M. L. P. Indicadores microbiológicos de solo na avaliação da recuperação de área degradada de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas no litoral paranaense - Brasil. 2002. 71 f. Dissertação (Mestrado em Agronomia) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 2002. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17159
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.description.abstract O presente trabalho foi realizado durante o período de novembro de 2000 a setembro de 2001 na Floresta Estadual do Palmito, Paranaguá, PR, coberta originalmente com Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas. Esta floresta sofreu degradação por ação antrópica e o objetivo desta pesquisa foi o de avaliar as respostas de microrganismos às mudanças nas condições ambientais da floresta em processo de regeneração. Para tanto foram selecionadas três áreas representativas de fases da sucessão secundária deste ecossistema, onde foram coletadas amostras de solo dos horizontes superficiais, nas quatro estações climáticas. A amostragem foi feita coletando 10 amostras simples, aleatoriamente em cada parcela, utilizando-se um coletor cilíndrico metálico com dimensões de 20 cm de altura e 12 cm de diâmetro. As amostras foram separadas segundo os horizontes: F (fragmento de folhas), H (húmus) e A (solo mineral). A avaliação da atividade microbiana foi feita pela quantificação da respiração microbiana e o desenvolvimento de microrganismos pela determinação do Número Mais Provável (NMP) de bactérias e de fungos, usando-se o método do plaqueamento por gotas. Os resultados obtidos mostraram que a produção de C0 2 apresentou um gradiente entre os horizontes do solo no seguinte sentido: F>H>A. Esta variável também sofreu influência das fases sucessionais, mostrando-se superior na fase Avançada da sucessão ecológica, sobretudo no horizonte F. Não ficou claro o efeito das estações do ano sobre a atividade microbiana, talvez devido às pequenas variações climáticas ou devido à técnica empregada. O NMP de bactéria e o de fungos também variaram com os horizontes do solo no mesmo sentido: F>H>A, sendo o desenvolvimento de fungos superior ao de bactérias, sobretudo nos horizontes F e H. Estas últimas variáveis também sofreram influência das fases sucessionais, mas de forma menos expressiva do que a produção de C0 2 . As estações do ano também não mostraram influência sobre o NMP de bactérias e de fungos. Conclui-se que a determinação da produção de C0 2 é ferramenta mais eficiente do que a determinação do NMP de bactérias e de fungos na avaliação de alterações na qualidade do solo e por isso constitui-se em bom indicador microbiológico desta qualidade. pt_BR
dc.description.abstract This present research was carried out during the period from November 2000 to September 2001 at The State Forest of Palmito, Paranaguá, PR, Brazil originaly covered with Tropical Atlantic Rainforest. This forest has suffered antropic degradation, the goal of this research was to evaluate the response of the microorganisms to forest environment conditions changes in the process of regeneration. It was selected three representative areas on the secondary succession of this ecosystem, where samples of the superficial layer of the soil were collected at the four climatic seasons. The sampling was done through collecting 10 simple samples, disregarding the parts. We have used a metalic cylinder colector with 20 cm hight and 12 cm diameter. The samples were separated by soil horizons: F (leaves fragments), H (humus) and A (mineral soil). The evaluation of the microbial activity was made by the quantification of the microbiological respiration and microorganisms development by determining the most probable number (NMP) of bactérias and fungus, using the plating by drops method. The results have shown that the production of C0 2 presented a gradation between the soil horizons on the following sequence: F>H>A. This variable also suffered influence of secondary succession, being superior at a advanced fase of the ecological succession, specially at F horizon. It wasn't clear the effect of the seasons on the microbial activity, perhaps through small weather variations or by the techinic used there. The NMP of bactérias and fungos also varied on the same soil horizon's sense: F>H>A, being the development of fungus superior to the bactérias, specially on F and H layer. These last variations also suffered influence at the succession fases, but in a less expressive way than the C0 2 production. The seasons have not shown an influence on the NMP of bactérias and fiingus. Therefore it was concluded that the determination of C0 2 production is a more effective tool than a determination of NMP of bactérias and fiingus on studies of soil quality variation, proving to be a good microbiological indicator of this quality. pt_BR
dc.format 71 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Recuperação de áreas degradadas pt_BR
dc.title Indicadores microbiológicos de solo na avaliação da recuperação de área degradada de Floresta Ombrófila Densa das Terras Baixas no litoral paranaense - Brasil pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Martha Lucia Pena Pena.pdf 18.47Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account