Biblioteca Florestal
Digital

Efeito do uso de lama de cal e cloreto de potássio no solo, estado nutricional e crescimento do Pinus taeda L., sobre latossolo

Show simple item record

dc.contributor.advisor Marques, Renato
dc.contributor.author Paim, Ricardo Mayvorme
dc.date.accessioned 2016-03-09T14:05:38Z
dc.date.available 2016-03-09T14:05:38Z
dc.date.issued 2007
dc.identifier.citation PAIM, R. M. Efeito do uso de lama de cal e cloreto de potássio no solo, estado nutricional e crescimento do Pinus taeda L., sobre latossolo. 2007. 170 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Florestais) - Universidade Federal do Paraná, Curitiba. 2007. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17127
dc.description Dissertação de Mestrado defendida na Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.description.abstract Este estudo teve como objetivo avaliar o efeito da aplicação de lama de cal e cloreto de potássio, fontes de cálcio e potássio, respectivamente, sobre o crescimento do Pinus taeda L. Também avaliou o efeito destes tratamentos sobre características químicas e biológicas do solo. Para tanto, foi instalado em fevereiro de 2000, no município de Três Barras, estado de Santa Catarina, Brasil, um estudo com delineamento inteiramente casualizado, composto por nove tratamentos e quatro repetições. Às unidades experimentais foram aplicadas três níveis de lama de cal e três níveis de cloreto de potássio: 0 (testemunha), 4 e 8 t ha -1 e 0, 40 e 80 kg de K ha -1 , respectivamente. O solo do estudo foi descrito como Latossolo Vermelho- Distrófico típico, textura muito argilosa. O plantio foi efetuado com mudas de Pinus taeda L. de raízes nuas com espaçamento de 2,5 x 2,5 m. Na área do experimento, foram efetuadas análises das variáveis químicas e biológicas do solo, mensurações das variáveis (DAP) a uma altura fixa de 1,37m, altura total e volume total do fuste das árvores das unidades experimentais como também foi efetuada a análise sobre o estado nutricional do Pinus taeda L., através da análise das acículas. A aplicação de lama de cal proporcionou aumentos nos teores de Ca, elevação do pH e elevação da capacidade de troca de cátions, como também redução na relação C/N e redução nos níveis de Al do solo. A aplicação do resíduo industrial caracterizado como lama de cal, proporcionou um aumento significativo na variável diâmetro à altura do peito, altura total e volume total. A última medição efetuada nas unidades amostrais aos oito anos de idade mostrou haver um ganho de 15 % para o tratamento que recebeu 8 t ha -1 do resíduo industrial quando comparado com o tratamento testemunha. Os níveis de cloreto de potássio utilizados neste estudo não proporcionaram aumento dos níveis de potássio no solo, como também não afetaram o crescimento do Pinus taeda L.. A análise da respiração basal e induzida mostrou não haver diferença significativa em função da aplicação do resíduo industrial e do cloreto de potássio, entretanto, pode-se observar claramente que os tratamentos que receberam o resíduo nas dosagens de 4 e 8 t ha -1 , (T-6 e T-8 respectivamente), mostraram um aumento na respiração induzida, quando comparados com o tratamento que não recebeu o resíduo (T-2). A aplicação do resíduo industrial e do fertilizante não afetaram negativamente a atividade das enzimas fosfatase, dehydrogenase e β-glucosidase consideradas índices de qualidade do solo. Foi evidenciado um efeito positivo sobre a nutrição do Pinus taeda L., através do aumento dos teores de P, Ca e N nas acículas. pt_BR
dc.description.abstract This study assessed the growth of Pinus taeda L. treated with lime sludge and potassium chloride, sources of calcium and potassium respectively. It also evaluated the effects of the treatment on soil chemical and biological variables. The study was carried out in the municipality of Três Barras, Santa Catarina, Brazil. In February, 2000, in a completely randomized block design, three different rates of lime sludge (0, 4, and 8 t/ha) and three rates of potassium chloride (0, 40, and 80 kg/ha) were applied to the soil (a Oxisol) of a young plantation. The plantation of bare root seedlings was done in the winter of 1999 in a 2.5 x 2.5 m spacing. Stand growth, chemical and biological soil variables were analyzed annually. Nutritional status was analyzed for the period of 2002 to 2005 through foliage analysis. The lime sludge significantly increased soil calcium, pH, cation exchange capacity, and decreased C/N ratio and aluminum content. The lime sludge application significantly impacted total height, diameter at breast height and total volume of wood. The last assessment on total volume at age 8 years showed an increment of 15% greater for 8 t/ha of lime application as compared to the control. The potassium chloride application did not show any significant difference in stand growth; neither did it seem to affect soil potassium content. In addition, the potassium chloride treatments did not significantly affect the foliage nutrient content. Although soil respiration was not affected by the treatments applied, there was somewhat higher soil respiration when 4 and 8 t/ha were applied. The treatments did not affect the activity of fosfatase, dehydrogenase, and β-glucosidase. The application of lime sludge significantly impacted the content of calcium, phosphorus, and nitrogen on the foliage of Pinus taeda L. pt_BR
dc.format 170 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal do Paraná pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Efeito do uso de lama de cal e cloreto de potássio no solo, estado nutricional e crescimento do Pinus taeda L., sobre latossolo pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Ricardo Mayvorme Paim.pdf 1.442Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account