Biblioteca Florestal
Digital

Tabela de volume do povoamento para florestas nativas de Araucaria angustifolia nos estados da região sul do Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Machado, Sebastião A.
dc.contributor.author Pizatto, Walquíria
dc.date.accessioned 2016-03-02T14:14:17Z
dc.date.available 2016-03-02T14:14:17Z
dc.date.issued 1996
dc.identifier.citation MACHADO, S. A.; PIZATTO, W. Tabela de volume do povoamento para florestas nativas de Araucaria angustifolia nos estados da região sul do Brasil. Floresta, Curitiba, v. 27, n. 1/2, p. 11-26. 1996. pt_BR
dc.identifier.issn 1982-4688
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/17035
dc.description.abstract O objetivo desta pesquisa foi desenvolver equações de volume do povoamento para florestas primárias e secundárias de Araucaria angustifolia (Bert) O. Ktze. Os dados provieram de 323 unidades amostrais de 20x125 m, distribuídas em toda a região de ocorrência natural do pinheiro nos estados do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, obtidos por ocasião do inventário florestal realizado no sul do Brasil pela Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná – FUPEF em convênio com o extinto IBDF. O processo de amostragem usado foi o estratificado com alocação ótima. As informações computadas em nível de unidade amostral foram: área basal por hectare, volume comercial com e sem casca por hectare, diâmetro médio, altura comercial média e número de árvores por hectare. Foram ajustadas 19 equações de volume do povoamento selecionadas na literatura para todo o conjunto de dados. O processo Stepwise foi também utilizado com a finalidade de encontrar que variáveis independentes seriam as melhores para explicar a variação de volume por hectare, tanto para as florestas primárias como para as secundárias. Os resultados mostraram que a combinação da área basal com a altura média constitui-se na melhor variável independente para o ajuste de equações de volume do povoamento para florestas naturais do pinheiro na região sul do Brasil. pt_BR
dc.description.abstract The purpose of this research was to develop stand volume equations for both primary and secondary Araucaria angustifolia (Bert) O. Ktze. Forests. The data came from 323 sample plots distribuited throughout the Paraná pine regon in the states of Paraná, Santa Catarina and Rio Grande do Sul. The survey methodology was the stratified sampling with optimum allocation. Computed information at sample plot level included: basal area ér hectare, commercial volume over and inside bark per hectare, average DHB, average height and number of trees per hectare. Nineteen stand volume equations were fitted for the whole data. The stepwise regression procedure was also used to select independent variables which were most correlated to the variation of volume per hectare for both primary and secondary araucaria forestas. The results showed that the combination of basal area per hectare with average height was the best independent variable to fit stand volume equations for natual Araucaria angustifolia forests in the southern region of Brazil. pt_BR
dc.format 16 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Fundação de Pesquisas Florestais do Paraná pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta:v.26,n.1/2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Dendrometria e mensuração florestal pt_BR
dc.title Tabela de volume do povoamento para florestas nativas de Araucaria angustifolia nos estados da região sul do Brasil pt_BR
dc.title Stand volume table for natural forests of Araucaria angustifolia in the brazilian southern states pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Floresta_v26_n12_p11-26_1996.pdf 416.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account