Biblioteca Florestal
Digital

Caracterização e distribuição espacial dos sedimentos depositados numa zona ripária reflorestada

Show simple item record

dc.contributor.advisor Cooper, Miguel
dc.contributor.author Momoli, Renata Santos
dc.date.accessioned 2016-02-22T12:07:22Z
dc.date.available 2016-02-22T12:07:22Z
dc.date.issued 2006
dc.identifier.citation MOMOLI, R. S. Caracterização e distribuição espacial dos sedimentos depositados numa zona ripária reflorestada. 2006. 107 f. Dissertação (Mestrado em Solos e Nutrição de Plantas) - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo, Piracicaba. 2006. pt_BR
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16943
dc.description Dissertação de mestrado defendida na Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.description.abstract As atividades agrícolas no Estado de São Paulo, foram responsáveis pela supressão da cobertura vegetal original do solo e, sua conseqüente degradação. A vegetação nativa foi gradativamente substituída por culturas como café, pastagem, citros e cana-de-açúcar, durante séculos de ocupação e uso da terra. A recomposição da cobertura florestal auxilia na prevenção da erosão do solo e na redução dos impactos causados. A floresta ripária retém os sedimentos resultantes do desprendimento do solo à montante e transportados pela enxurrada. A deposição de sedimentos na zona ripária está relacionada à pluviosidade, às feições geomorfológicas, ao material de origem e manejo da área à montante. O padrão de distribuição de sedimentos na zona ripária reflete a dinâmica da deposição e os prováveis processos ocorridos. Para inferir sobre os processos de deposição ocorridos, foram realizadas análises macro e micromorfológicas e, também análises granulométricas apoiadas na interpretação estatística dos parâmetros de Folk & Ward (1957). As amostras de solo foram dispersas em Hexametafosfato de Sódio e também em água, para simular as condições de campo, seguindo a metodologia de Camargo (1986). Os resultados obtidos através da análise granulométrica, foram reforçados pelas análises de imagens e porosidade em amostras indeformadas. Os atributos do solo enterrado e dos sedimentos depositados, evidenciam um padrão de deposição irregular e desuniforme, que sugere a ocorrência de eventos erosivos de grande intensidade (fluxo turbulento). Essa irregularidade e desuniformidade da deposição está relacionada à alteração do uso da terra. A implantação do reflorestamento na zona ripária de Iracema B deslocou a deposição de sedimentos, 25m à montante na encosta. pt_BR
dc.description.abstract Agricultural pratices in the state of São Paulo - Brazil, are directly responsible for the suppression of the natural vegetation cover and soil degradation. The natural vegetation was substituted by coffee, pastures, citrus and sugar-cane crops, over centuries of occupation and land use. The native forest recuperation prevents soil erosion and reduces environmental impacts. Riparian forest traps sediments transported by "splash" and runoff. Sediments deposition in riparian zone depends on rainfall, geomorphology, original soil characteristics and management. Sediment distribution paths in riparian zones reflect the deposition dynamics and the type of deposition event. In order to study the deposition processes in a riparian forest located in the county of Iracemapolis-state of São Paulo, macro and micromorphological analyses, as well as particle size distribution using Folk & Ward (1957) parameters, were done. Soil samples were dispersed with sodium hexametaphosphate and water. This last technique was done to simulate field transport conditions. The particle size distribution results together with the field and laboratory morphological analyses showed an irregular and non-uniform sediment deposition. This deposition process suggests the occurrence of high intensity erosive events that produce high amount of sediments and runoff characterized by a turbulent flow. Land use changes significantly affect this type of deposition. The recuperation of the natural forest dislocated sediment deposition inside the riparian forest 25 m upslope. pt_BR
dc.format 107 folhas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”, Universidade de São Paulo pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Caracterização e distribuição espacial dos sedimentos depositados numa zona ripária reflorestada pt_BR
dc.title Sediment morphology and distribution in a reforested riparian zone pt_BR
dc.type Dissertação pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
dissertacao_Momoli, Renata Santos.pdf 7.531Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account