Biblioteca Florestal
Digital

Variabilidade genética, com base em marcadores RAPD, de três espécies arbóreas ameaçadas de extinção no semi-árido brasileiro

Show simple item record

dc.contributor.author Santos, Carlos Antonio Fernandes
dc.contributor.author Oliveira, Viseldo Ribeiro de
dc.contributor.author Kiill, Lúcia Helena Piedade
dc.contributor.author Sá, Ivan Ighour Silva
dc.date.accessioned 2016-02-04T11:57:22Z
dc.date.available 2016-02-04T11:57:22Z
dc.date.issued 2007-06
dc.identifier.citation SANTOS, C. A. F. et al. Variabilidade genética, com base em marcadores RAPD, de três espécies arbóreas ameaçadas de extinção no semi-árido brasileiro. Scientia Forestalis, Piracicaba, n. 74, p. 37-44, junho. 2007. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16869
dc.description.abstract A pressão sobre os recursos genéticos do bioma caatinga é bastante acentuada seja devido às condições sócio-econômicas dos habitantes, seja devido à pressão para o estabelecimento de atividades produtivas. O objetivo deste trabalho foi estudar a dispersão da variabilidade genética no Semi-Árido brasileiro para as espécies umburana-de-cheiro Amburana cearensis (Fr. Allem.) A.C. Smith), aroeira (Myracrodruon urundeuva M. Allem.) e baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.), com base no marcador de DNA tipo RAPD, para subsidiar estratégias de prospecção e preservação da variabilidade genética das mesmas. Foram analisados 29 indivíduos de umburana-de-cheiro, coletados em cinco diferentes regiões, e 52 indivíduos para aroeira e para baraúna, coletados em 11 ecorregiões definidas pelo Zoneamento Agroecológico do Nordeste, adotando-se para visualização de grupos o procedimento multidimensional ‘scaling’ (MDS), considerando a matriz de dissimilaridade do coeficiente de Jaccard. Diante das dificuldades para amostragem dos indivíduos, sugere-se que os esforços para estratégias de preservação devam priorizar, numa escala decrescente de importância, a umburana-de-cheiro, a aroeira e a baraúna. Os resultados obtidos para as três espécies sugerem que os indivíduos apresentam diferenças no padrão de bandas em função da região de amostragem, tendo ocorrido à formação de agrupamentos relacionados com o local de amostragem, e que a variabilidade genética destas espécies não está uniformemente distribuída por todo o semi-árido brasileiro. Sugere-se estratégias que resultem no estabelecimento de um maior número de áreas de proteção ambiental para conservação in situ ou amostragens de um grande número de indivíduos para conservação ex situ, em diferentes Unidades de Paisagens do Zoneamento Agroecológico do Nordeste, para preservação da variabilidade genética das três espécies. pt_BR
dc.description.abstract The genetic resources of the caatinga ecosystem are under intensive pressure, due to economical conditions of the inhabitants of the region, or due to pressure to establish productive activities. The goal of this work was to study the genetic variability distribution in the Brazilian Semi-Arid region for the tree species umburana-de-cheiro (Amburana cearensis (Fr. Allem.) A.C. Smith), aroeira (Myracrodruon urundeuva M. Allem.) and baraúna (Schinopsis brasiliensis Engl.), based on RADP marker, in order to suggest prospecting and preservation strategies of the genetic variability of these species. It was evaluated 29 individuals for umburana-de-cheiro, sampled in five different regions, and 52 individuals for aroeira and for barauna, sampled in 11 specific regions, with definition based on the Northeast Agroecological Zoning. It was adopted the multidimensional scaling (MDS), based on the Jaccard’s dissimilarity coefficient matrix, for the clustering analyses. Taking in account the difficulty to sample individuals, it was suggested primary focus on the strategies to preserve, in an order of priority, umburana-de-cheiro, aroeira and barauna. The results observed for the tree species indicated that the individuals presented differences according the sampling region, with clusters of individuals being arranged according the sampling region, and that the genetic variability was not found to be equally distributed among all Semi-Arid regions. Strategies should consider a large number of small sites for in situ preservation or sampling of a large number of individuals for ex situ conservation in a large number of different units of the Northeast Agroecological Zoning to preserve the genetic variability of the studied species. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:,n.74;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Genética e melhoramento florestal pt_BR
dc.title Variabilidade genética, com base em marcadores RAPD, de três espécies arbóreas ameaçadas de extinção no semi-árido brasileiro pt_BR
dc.title RAPD genetic variability of three endangered tree species in the Brazilian Semi-Arid region pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_n74_p37-44_2007.pdf 677.7Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account