Biblioteca Florestal
Digital

Efeito do torque e do tempo do aperto sobre a carga de ruptura e a rigidez da ligação parafusada em peças de maçaranduba (Manilkara huberi Ducke A. Chev)

Show simple item record

dc.contributor.author Vieira, Samuel Roberto Fix
dc.contributor.author Menezzi, Cláudio Henrique Soares Del
dc.contributor.author Siqueira, Milton Luiz
dc.date.accessioned 2016-01-27T13:47:49Z
dc.date.available 2016-01-27T13:47:49Z
dc.date.issued 2009-12
dc.identifier.citation VIEIRA, S. R. F.; MENEZZI, C. H. S. D.; SIQUEIRA, M. L. Efeito do torque e do tempo do aperto sobre a carga de ruptura e a rigidez da ligação parafusada em peças de maçaranduba (Manilkara huberi Ducke A. Chev). Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 37, n. 84, p. 459-464, dez. 2009. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16784
dc.description.abstract O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito do torque e do tempo do aperto sobre a carga máxima de ruptura e a rigidez em ligações parafusadas em madeira de maçaranduba (Manilkara huberi). As ligações foram feitas por quatro parafusos sextavados passantes de Ø 9,5mm com porca e arruela. A carga máxima e a rigidez foram avaliadas para dois níveis de torque (25 e 50 N.m) e controle (sem aperto). Para cada nível de torque, metade do material foi ensaiada logo após o aperto e a outra metade, seis meses depois. Observou-se que houve um aumento da carga de ruptura e um aumento na rigidez das ligações com o aumento do torque para o material avaliado imediatamente após o aperto do parafuso. Foi verificado que a carga máxima aumentou em 10% quando se aplicou 50 N.m de torque em comparação com a ligação controle, ao passo que a rigidez aumentou cerca de 30%. Entretanto, para o torque de 25 N.m as diferenças não foram significativas. Por outro lado, os ensaios realizados após seis meses comprovaram que com o tempo o efeito benéfico do torque sobre o aumento da carga de ruptura foi perdido, mas o ganho na rigidez da ligação foi mantido. pt_BR
dc.description.abstract The paper aimed at evaluating the effect of the torque and time of tightening on the ultimate load and stiffness of maçaranduba (Manilkara huberi) wood bolted joints. The connections were assembled using four hexagonal 9.5mm Ø bolts with washer and nut. The ultimate load and stiffness were evaluated in samples tightened with two torque levels (25 and 50 Nm) and a control (non-tightened). For each torque level half of the samples were tested immediately after tightening and the other half six months later. According to the results, torque improved both the ultimate load and stiffness of the wood bolted joint tested immediately after assembling. The ultimate load for the 50N.m samples was 10% higher than that for control samples, whereas for stiffness the value was 30% higher. However, for the 25N.m samples there was no significant difference when compared to control samples. For the group tested after six months of assembling, the positive effect of torque on the ultimate load was lost, but it remained for stiffness. pt_BR
dc.format 6 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.37,n.84;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Estruturas de madeiras pt_BR
dc.title Efeito do torque e do tempo do aperto sobre a carga de ruptura e a rigidez da ligação parafusada em peças de maçaranduba (Manilkara huberi Ducke A. Chev) pt_BR
dc.title Torque and tight time effect on the ultimate load and stiffness of maçaranduba (Manilkara huberi Ducke A. Chev) wood bolted joint pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v37_n84_p459-464_2009.pdf 801.8Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account