Biblioteca Florestal
Digital

Eficiência de serrarias na Amazônia: uma análise por envoltória de dados

Show simple item record

dc.contributor.author Macpherson, Alexander J.
dc.contributor.author Lentini, Marco W.
dc.contributor.author Carter, Douglas R.
dc.contributor.author Baitz, Wandreia N.
dc.date.accessioned 2016-01-27T13:44:29Z
dc.date.available 2016-01-27T13:44:29Z
dc.date.issued 2009-12
dc.identifier.citation MACPHERSON, A. J. et al. Eficiência de serrarias na Amazônia: uma análise por envoltória de dados. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 37, n. 84, p. 415-425, dez. 2009. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16783
dc.description.abstract A eficiência técnica das serrarias é uma importante questão de desenvolvimento sustentável (social, ambiental e econômico), uma vez que os níveis de eficiência influenciam a área florestal explorada para satisfazer à demanda de madeira. O objetivo deste trabalho foi caracterizar a eficiência técnica das serrarias localizadas em diferentes fronteiras madeireiras da Amazônia Brasileira utilizando Análise por Envoltória de Dados (DEA). Usando dados coletados em 291 serrarias na Amazônia, investigou-se as variações na eficiência técnica das serrarias (i.e., sua capacidade de produzir um certo volume de produtos a partir de um conjunto de insumos), comparando os níveis de eficiência de quatro fronteiras madeireiras (antigas, intermediárias, recentes e estuarina). Testes estatísticos foram utilizados para comparar as eficiências médias das empresas localizadas nestas fronteiras, bem como foi utilizada regressão linear para estudar os fatores relacionados aos níveis de eficiência. Os resultados indicam que os níveis de eficiência variam enormemente entre as empresas, sendo que há uma tendência de que firmas com maior escala de produção apresentem maior eficiência. Adicionalmente, encontrou-se que as empresas localizadas nas velhas e novas fronteiras são, estatisticamente, mais eficientes do que as serrarias localizadas no estuário e fronteiras intermediárias. A análise de regressão demonstrou que a localização das empresas nas fronteiras antigas e recentes, em comparação às fronteiras estuarina e intermediária, além do volume de madeira processada, são fatores positivamente relacionados à eficiência técnica. Os preços do produto têm uma relação negativa com a eficiência, sugerindo que o mercado de exportação, que oferece melhores preços, influencia negativamente na eficiência. Este fato pode ser verdadeiro apenas no contexto específico das serrarias da Amazônia, que historicamente ignoraram a necessidade de realizarem investimentos tecnológicos para melhor utilizar a madeira de florestas naturais. Os resultados também sugerem que os ganhos industriais nas fronteiras madeireiras mais antigas podem estar sendo transmitidas às fronteiras mais recentes quando as empresas migram para novas áreas, principalmente em busca de novos estoques de matéria-prima, especialmente de madeiras de alto valor. pt_BR
dc.description.abstract The technical efficiency of sawmills is an important issue for sustainable development (social, environmental and economic dimensions), since efficiency levels may influence the area logged to meet timber demand. The objective of this work is to characterize the technical efficiency of sawmills located in different logging frontiers in the Brazilian Amazon using Data Envelopment Analysis (DEA). Drawing upon data collected in 291 sawmills in the Amazon, this work investigated variations in the technical efficiency of sawmills, comparing efficiency levels on four different logging frontiers (old, intermediate, new, and estuarine). Statistical tests were used to compare the average efficiency levels of these frontiers, and linear regression analysis was used to assess factors correlated with efficiency levels. Results indicate that efficiency levels vary enormously among companies, including evidence that larger companies are generally more efficient. Moreover, it was found that companies located in older and newer logging frontiers are statistically more efficient than sawmills located in the estuary and on intermediate frontiers. Regression analysis revealed that the location of the mills on the older and newer frontiers, in comparison to the estuarine and intermediate frontiers, and the volume of timber processed by the mill, are positively correlated to technical efficiency. Prices for wood products are negatively correlated with efficiency levels, suggesting that supplying export comarkets, which offer better prices, has a negative influence on efficiency. This fact might be valid only in the specific context of sawmills in the Amazon Area, which historically ignored the need to make technological investments focused on better utilizing timber from natural forests. Results suggest that the technical gains achieved on older logging frontiers might have been transmitted to more recent frontiers when companies migrated to new areas, mainly seeking for new stocks of raw material, and especially for high value timber. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.37,n.84;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Processamento mecânico da madeira pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Administração e gestão florestal pt_BR
dc.title Eficiência de serrarias na Amazônia: uma análise por envoltória de dados pt_BR
dc.title Sawmill efficiency in the Brazilian Amazon: a DEA analysis pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v37_n84_p415-425_2009.pdf 1.071Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account