Biblioteca Florestal
Digital

Qualidade de vida dos profissionais do setor madeireiro de Vitória da Conquista-BA

Show simple item record

dc.contributor.author Vieira, Giovanni Correia
dc.contributor.author Cerqueira, Pedro Henrique Alcântara de
dc.contributor.author Freitas, Luis Carlos de
dc.date.accessioned 2016-01-25T17:02:34Z
dc.date.available 2016-01-25T17:02:34Z
dc.date.issued 2013-04
dc.identifier.citation VIEIRA, G. C.; CERQUEIRA, P. H. A.; FREITAS, L. C. Qualidade de vida dos profissionais do setor madeireiro de Vitória da Conquista-BA. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 20, n. 2, p. 231-237, abr./jun. 2013. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16728
dc.description.abstract A pesquisa foi desenvolvida no município de Vitória da Conquista, Estado da Bahia, com o objetivo de avaliar a qualidade de vida de funcionários no setor madeireiro, utilizando-se a metodologia WHOQOL-bref. Foram aplicados 100 questionários com 26 questões cada, subdividas em quatro domínios: sete pertencentes ao físico; seis ao psicológico; oito ao meio ambiente, e três referentes às relações sociais, além de duas questões de autoavaliação relacionadas a condições de saúde e qualidade de vida. Nesse último domínio, os funcionaram relataram estar satisfeitos em relação à qualidade de vida. O domínio ‘meio ambiente’ apresentou menor grau de satisfação, em virtude da elevada concentração de particulados em suspensão, das temperaturas expressivas no ambiente de trabalho e dos altos índices de ruídos produzidos pelas máquinas de processamento e beneficiamento. Percebe-se, portanto, a importância da ergonomia, num contexto global, para melhoria da qualidade de vida dos trabalhadores, com ênfase nos aspectos físicos, cognitivos e organizacionais do trabalho. pt_BR
dc.description.abstract This research was carried out in the municipality of Vitoria da Conquista, State of Bahia, aiming to evaluate the quality of life of workers from the wood sector utilizing the WHOQOL- bref methodology. We applied 100 questionnaires containing 26 questions subdivided into four areas: seven questions relating to the physical aspect, six questions regarding the psychological aspect, eight concerning the environment, and three with respect to the social relations, besides two self-assessment questions related to health and quality of life. The workers reported being satisfied with their quality of life. The domain ‘environment’ presented a lower level of satisfaction because of the high concentration of particulates in the air, high temperatures in the working environment, and high level of noise produced by the processing machinery. In general, it was possible to observe the importance of ergonomics in the improvement of the quality of life of workers, with emphasis on the physical, cognitive and organizational aspects. pt_BR
dc.format 7 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.20,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Ergonomia pt_BR
dc.title Qualidade de vida dos profissionais do setor madeireiro de Vitória da Conquista-BA pt_BR
dc.title Quality of life of the timber industry workers in Vitoria da Conquista, State of Bahia, Brazil pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Florest ... e_v20_n2_p231-237_2013.pdf 901.4Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account