Biblioteca Florestal
Digital

Análise econométrica da demanda dos Estados Unidos por moldura de Pinus no Brasil

Show simple item record

dc.contributor.author Almeida, Alexandre Nascimento de
dc.contributor.author Silva, João Carlos Garzel Leodoro da
dc.contributor.author Ângelo, Humberto
dc.date.accessioned 2015-12-16T13:42:11Z
dc.date.available 2015-12-16T13:42:11Z
dc.date.issued 2010-09
dc.identifier.citation ALMEIDA, A. N. et al. Análise econométrica da demanda dos Estados Unidos por moldura de Pinus no Brasil. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 38, n. 87, p. 491-498, set. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16471
dc.description.abstract Este estudo analisa a demanda dos Estados Unidos pela moldura brasileira. O objetivo foi estimar as elasticidades das principais variáveis que afetam a referida demanda. As estimativas foram obtidas através do método de mínimos quadrados ordinários, utilizando séries históricas com periodicidade trimestral coletadas entre os anos de 1994 e 2007. Os resultados indicaram respostas: elástica ao preço, altamente elástica a renda, unitária para o preço da moldura chilena, altamente inelástica para o preço da moldura canadense e inelástica para as expectativas. Concluiu-se com base em séries históricas que: o mercado americano dispõe de bons substitutos a moldura brasileira e uma redução no seu preço pode trazer vantagens competitivas; o Brasil é altamente dependente de uma expansão econômica dos EUA para aumentar sua parcela de mercado; o produto Canadense foi identificado pelo mercado dos EUA como diferente ao brasileiro; já a relação com o Chile foi de acirrada concorrência; o comportamento das expectativas apresentou uma relação direta, ou seja, um aumento das importações no presente leva a uma expectativa de aumento das importações no futuro. pt_BR
dc.description.abstract This study aims to determine the demand for Brazilian softwood molding (SM) by United States estimating the elasticity of the main variables that affect the demand. The estimate was obtained by the method of Ordinary Least Squares (OLS) using quarterly historical data between 1994 and 2007. The results indicated that the SM from Chile is a good substitute for Brazilian SM while the Canadian SM not, that is, Brazil and Chile are acting in the same segment in the U.S. market, while Canada is acting in another. At the same time, it was found that Brazilian SM sector is highly dependent of American income to increase its exports to that country. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.38,n.87;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal::Economia e otimização florestal pt_BR
dc.title Análise econométrica da demanda dos Estados Unidos por moldura de Pinus no Brasil pt_BR
dc.title Demand for Brazilian softwood molding by the United States: an econometric study pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v38_n87_p491-498_2010.pdf 454.3Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account