Biblioteca Florestal
Digital

Ensaio de taxa de secagem e escore de defeitos para a predição da qualidade de secagem convencional da madeira de Eucalyptus

Show simple item record

dc.contributor.author Klitzke, Ricardo Jorge
dc.contributor.author Batista, Djeison Cesar
dc.date.accessioned 2015-12-15T10:34:58Z
dc.date.available 2015-12-15T10:34:58Z
dc.date.issued 2010-03
dc.identifier.citation KLITZKE, R. J.; BATISTA, D. C. Ensaio de taxa de secagem e escore de defeitos para a predição da qualidade de secagem convencional da madeira de Eucalyptus. Scientia Forestalis, Piracicaba, v. 38, n. 85, p. 97-105, mar. 2010. pt_BR
dc.identifier.issn 2318-1222
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16409
dc.description.abstract O objetivo deste trabalho foi utilizar os ensaios de taxa de secagem a 100 °C e escore de defeitos, aplicado em amostras de pequenas dimensões, como base para a predição da qualidade de secagem convencional da madeira de Eucalyptus saligna, Eucalyptus grandis e Eucalyptus dunnii. A metodologia utilizada baseou-se na hipótese de que pequenas amostras de madeira, quando submetidas a secagens drásticas, apresentam comportamento proporcional à secagem convencional. De acordo com os resultados obtidos o Eucalyptus grandis, quando submetido à secagem convencional, será a espécie de melhor qualidade de secagem, seguido pelo Eucalyptus saligna. O Eucalyptus dunnii será a espécie de pior qualidade de secagem, correspondente a ciclos de secagem mais longos e com maior incidência de defeitos. O escore de defeitos do ensaio de taxa de secagem foi uma ferramenta melhor do que as médias de taxa de secagem para a predição da qualidade de secagem convencional. Essa metodologia pode ser aplicada a espécies de comportamento de secagem desconhecido, servindo como indicador para o desenvolvimento de programas de secagem. pt_BR
dc.description.abstract Drying of wood is one of the most important steps for the generation of higher added value products. The drying quality can be expressed as the drying cycle duration with the level of defects. The methodology used was based on the hypothesis that small sized specimens, when submitted to rough drying conditions will show a similar behavior as in practical kiln drying. The aim of this work was to use the drying rate test at 100°C as basis for predicting the kiln drying quality of Eucalyptus saligna, Eucalyptus grandis and Eucalyptus dunnii wood. According to the results Eucalyptus grandis wood will present the best quality in conventional kiln drying, followed by Eucalyptus saligna. Eucalyptus dunnii wood will present the worst quality in kiln drying, corresponding to longer drying cycles and higher level of defects. The score of defects was better than the means of drying rate to predict conventional kiln drying quality. This methodology can be used for species of unknown behavior at drying, and it is useful for the development of drying schedules. pt_BR
dc.format 9 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Scientia Forestalis:v.38,n.85;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Relações água-madeira e secagem pt_BR
dc.title Ensaio de taxa de secagem e escore de defeitos para a predição da qualidade de secagem convencional da madeira de Eucalyptus pt_BR
dc.title Tests of drying rate and scoring of defects for the prediction of conventional kiln drying quality of Eucalyptus wood pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Scientia_Forestalis_v38_n85_p97-105_2010.pdf 577.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account