Biblioteca Florestal
Digital

Determinação da época de desbaste pela análise dendrocronológica e morfométrica de Ocotea porosa (Nees & Mart.) Barroso em povoamento não manejado

Show simple item record

dc.contributor.author Santos, Andreia Taborda dos
dc.contributor.author Mattos, Patricia Póvoa de
dc.contributor.author Braz, Evaldo Muñoz
dc.contributor.author Rosot, Nelson Carlos
dc.date.accessioned 2015-12-01T13:24:51Z
dc.date.available 2015-12-01T13:24:51Z
dc.date.issued 2015-07
dc.identifier.citation SANTOS, A. T. et al. Determinação da época de desbaste pela análise dendrocronológica e morfométrica de Ocotea porosa (Nees & Mart.) Barroso em povoamento não manejado. Ciência Florestal, Santa Maria, v. 25, n. 3, p. 699-709, jul./set. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 0103-9954
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16309
dc.description.abstract Plantios comerciais de Ocotea porosa disponíveis para estudo são raros e por esse motivo devem ser usados como fonte de informação para se estabelecer o potencial de manejo da espécie. A recuperação do histórico do crescimento desses povoamentos para estruturação dos planos de manejo é possível com o uso da técnica da dendrocronologia e a análise de dados dendrométricos e morfométricos. O objetivo desse trabalho foi utilizar ferramentas de análise de povoamentos florestais aliadas aos estudos dendrocronológicos, para recuperar e sistematizar o desenvolvimento de povoamento não manejado. O trabalho foi conduzido em um povoamento não manejado de imbuia, com 44 anos, em Rio Negro - PR, na Estação Experimental da UFPR. Inferências do crescimento recuperado por dendrocronologia, e competição pela aplicação de metodologias como índice de abrangência e de projeção de copa mostraram resultados compatíveis na análise do povoamento, indicando necessidade de primeiro desbaste próximo aos 12 anos. Em função do pequeno número de árvores amostradas, os resultados não permitem generalizações definitivas, entretanto, são consistentes para estabelecer um protocolo para análise de povoamentos não manejados de Ocotea porosa, assim como de outras espécies. pt_BR
dc.description.abstract Commercial plantations of Ocotea porosa available for studying are scarce and therefore should be used as a source of information to establish the potential for management of the species in plantations, even if these evaluations were not been held along the stand development. The recovery of the historical growth of these stands to optimize the management plans is possible by dendrochronology and by the analysis of morphometric and dendrometric data. The aim of this study was to use stand analysis tools, combined with the dendrochronological studies, to recover and to systematize the development of unmanaged stands. The study was conducted in an unmanaged stand of Ocotea porosa, with with 44 years of age in Rio Negro, PR state, in a UFPR research station. Growth inferences recovered by dendrochronology and the competition by the application of methodologies such as rate of coverage and crown cover rate showed consistent results in the analysis of population, indicating the need for a first thinning near 12 years old. Due to the small number of sampled trees, the results do not allow any definitive generalization. However, they are consistent to establish an analysis protocol for unmanaged stands of Ocotea porosa or other species. pt_BR
dc.format 11 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Universidade Federal de Santa Maria pt_BR
dc.relation.ispartofseries Ciência Florestal:v.25,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Dendrologia e fitossociologia pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Manejo florestal pt_BR
dc.title Determinação da época de desbaste pela análise dendrocronológica e morfométrica de Ocotea porosa (Nees & Mart.) Barroso em povoamento não manejado pt_BR
dc.title Determination of the thinning period by dendrochronological and morphometric analysis in unmanaged stand of Ocotea porosa pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Ciencia Florestal_v25_n3_p699-709_2015.pdf 458.0Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account