Biblioteca Florestal
Digital

Tamanho e forma da unidade amostral para quantificação da serapilheira em fragmento de Floresta Estacional Subtropical

Show simple item record

dc.contributor.author Lorentz, Leandro Homrich
dc.contributor.author Vogel, Hamilton Luiz Munari
dc.contributor.author Boligon, Alexandra Augusti
dc.contributor.author Pereira, Caroline Andrade
dc.contributor.author Pereira, Monike Andrade
dc.date.accessioned 2015-11-16T10:35:43Z
dc.date.available 2015-11-16T10:35:43Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.citation LORENTZ, L. H. et al. Tamanho e forma da unidade amostral para quantificação da serapilheira em fragmento de Floresta Estacional Subtropical. Revista Árvore, Viçosa, v. 39, n. 3, p. 513-521. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16245
dc.description.abstract Para o estudo do ciclo de nutrientes em uma floresta, é necessária a estimação precisa da quantidade de serapilheira depositada e de suas frações. Entre as formas reconhecidas para minimizar a variabilidade entre amostras está o uso do tamanho ótimo de unidades amostrais para a coleta da serapilheira. Entretanto, existem poucas recomendações nesse sentido, o que gera variação no tamanho da unidade amostral utilizada em experimentos similares. Assim, o objetivo deste trabalho foi determinar o tamanho e a forma ótimos da unidade amostral para quantificação de serapilheira em Floresta Estacional Subtropical. Para isso, foram alocadas, aleatoriamente, na área cinco parcelas de dimensões 3,0 x 2,0 m em cada uma das quatro estações do ano, subdivididas em 96 unidades básicas de 0,25 x 0,25 m. Em cada unidade básica foi coletada toda a matéria orgânica acima do solo, sendo esta separada nas frações folhas, galhos finos, resíduo. A estimativa do tamanho ótimo da unidade básica foi obtida por dois métodos distintos. Observou-se que o coeficiente de variação diminui à medida que aumenta o tamanho da unidade amostral; há diferenças na variabilidade da produção de serapilheira entre as parcelas na mesma estação de coleta; unidades amostrais retangulares são mais homogêneas entre si que as quadradas; recomenda-se a utilização de unidades amostrais de 0,40 m 2 (1,5 m x 0,25 m) para a coleta de serapilheira em fragmento de Floresta Estacional Subtropical. pt_BR
dc.description.abstract To study the nutrient cycle in a forest, a precise estimation of the amount of litter produced and its fractions is necessary. Among the recognized ways to minimize variability between samples is the use of optimal sampling size units to litter collection. However, there are a few recommendations found in another studies for this parameter, which generates variation in the size of the sampling unit used in similar experiments. The aim of this work is to determine the optimal size and shape of the sampling unit for quantification of litter in a Subtropical Seasonal Forest fragment. For this purpose, five plots of 3.0 x 2.0 meters in each season were randomly allocated in the area, subdivided into 96 basic units of 0.25 x 0.25 meters. In each basic unit all organic matter above ground was collected and separated in the fractions leaves, twigs and waste. The estimative of the basic units optimal size was obtained by two different methods. It was observed that the coefficient of variation decreases as the size of the sample unit is increased; there are differences in the production variability of litter between the plots in the same collection station; rectangular sampling units are more homogeneous than the square ones; the use of sample units 0,40m 2 (1.5m x 0.25m) is recommend for litter quantification produced in Subtropical Seasonal Forest fragment. pt_BR
dc.format 9 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Floresta pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.39,n.3;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.subject.classification Ciências Florestais::Meio ambiente::Ecologia e ecossistemas florestais pt_BR
dc.title Tamanho e forma da unidade amostral para quantificação da serapilheira em fragmento de Floresta Estacional Subtropical pt_BR
dc.title Size and shape of sample unit for litter quantification of a subtropical Seasonal Forest Fragment pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Árvore_v39_n3_p513-521_2015.pdf 287.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account