Biblioteca Florestal
Digital

Decomposição da serapilheira foliar e respiração edáfica em um remanescente de Caatinga na Paraíba

Show simple item record

dc.contributor.author Holanda, Alan Cauê
dc.contributor.author Feliciano, Ana Lícia Patriota
dc.contributor.author Marangon, Luiz Carlos
dc.contributor.author Freire, Fernando Jose
dc.contributor.author Holanda, Enio Mizael
dc.date.accessioned 2015-11-12T14:00:25Z
dc.date.available 2015-11-12T14:00:25Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.citation HOLANDA, A. C. et al. Decomposição da serapilheira foliar e respiração edáfica em um remanescente de Caatinga na Paraíba. Revista Árvore, Viçosa, v. 39, n. 2, p. 245-254. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16224
dc.description.abstract A serapilheira é uma das principais fontes de transferência de nutrientes para o solo, assumindo preponderância no processo de ciclagem de nutrientes em ecossistemas florestais. O trabalho teve por objetivo analisar a decomposição de uma mistura foliar de 10 espécies da Caatinga, em paralelo com a respiração edáfica. O estudo foi realizado no Sítio Riachão, localizado no Município de Pombal, PB. A taxa de decomposição foi determinada por medidas de perda de massa, com o auxílio de sacolas de náilon (288) que continham 10,0 g de folhas das espécies. A respiração edáfica foi mensurada através da liberação de CO 2 com o auxílio de baldes plásticos durante turnos de 24 h. As coletas foram realizadas a intervalos de 45 dias. Ao longo de um ano de avaliação, foram decompostos 67% do material foliar. A respiração edáfica foi mais intensa no período noturno e em períodos em que houve maiores precipitações pluviométricas. A relação C/N foi relativamente baixa, indicativo de maior taxa de mineralização. A precipitação pluviométrica e outras variáveis ambientais são importantes fenômenos que influenciam a atividade dos microrganismos no solo, fazendo que se torne mais intensa a decomposição da serapilheira. pt_BR
dc.description.abstract The litter is a major source of nutrients transfer to the soil, taking precedence in the process of nutrient cycling in forest ecosystems. The study aims to analyze decomposing of mixture of ten species of Caatinga in parallel with the soil respiration. The study was conducted at farm Riachão, located in the municipality of Pombal, PB. The rate of decomposition was determined by measurements of weight loss, with the aid of nylon bags (288) containing 10.0 g of leaves of the species. The soil respiration was measured through the release of CO 2 with the aid of plastic buckets for 24-hour shifts. Samples were collected every 45 days. Over a year of the study, 67% of leaf material was decomposed. The soil respiration was more intense at night and during periods where there was more rainfall. The C/N rate is relatively low, indicating a higher rate of mineralization. The rainfall and other environmental variables are important phenomena that influence the activity of microorganisms in the soil, causing a more intense decomposition of litter. pt_BR
dc.format 10 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.39,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Solos e nutrição florestal pt_BR
dc.title Decomposição da serapilheira foliar e respiração edáfica em um remanescente de Caatinga na Paraíba pt_BR
dc.title Leaf litter decomposition and soil respiration in a remnant of the Caatinga in the state of Paraíba pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Árvore_v39_n2_p245-254_2015.pdf 378.2Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account