Biblioteca Florestal
Digital

Metodologia para a polinização controlada em Ilex paraguariensis A. St. Hil. - Aquifoliaceae

Show simple item record

dc.contributor.author Sousa, Valderês Aparecida de
dc.contributor.author Aguiar, Ananda Virgínia de
dc.contributor.author Spoladore, Janaína
dc.date.accessioned 2015-11-12T13:05:30Z
dc.date.available 2015-11-12T13:05:30Z
dc.date.issued 2015
dc.identifier.citation SOUSA, V. A.; AGUIAR, A. V.; SPOLADORE, J. Metodologia para a polinização controlada em Ilex paraguariensis A. St. Hil. - Aquifoliaceae. Revista Árvore, Viçosa, v. 39, n. 2, p. 315-323. 2015. pt_BR
dc.identifier.issn 1806-9088
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16211
dc.description.abstract A erva-mate (Ilex paraguariensis A. St. Hil.) é uma espécie nativa brasileira de grande interesse econômico. Programas de melhoramento genético dessa espécie têm visado ao aumento da produtividade de biomassa e qualidade. A polinização controlada permite a combinação de características desejáveis da espécie. Para isso, técnicas adequadas de polinização controlada devem ser disponibilizadas. Este trabalho teve por objetivo definir uma metodologia para a polinização controlada de erva-mate. Para isso, utilizou-se um teste clonal de 15 anos de idade na Embrapa Florestas-Colombo-PR com nove tratamentos em flores de três árvores (repetições). As flores foram polinizadas em novembro de 2010 e os frutos, coletados em março de 2011. Os frutos e sementes produzidos foram quantificados e a viabilidade dos embriões, avaliada pelo teste de tetrazólio. Os dados foram analisados com base no procedimento GLM do programa R. Maior quantidade de frutos e sementes foi observada na polinização controlada comparativamente à polinização livre. Conclui-se que a polinização controlada após a antese dessa espécie deve ser realizada em dois dias consecutivos, para assegurar boa produção de sementes em erva-mate. pt_BR
dc.description.abstract Mate (Ilex paraguariensis A. S. Hil.) is an economically important Brazilian native species. Mate genetic improvement programs have been established basically aiming biomass productivity and product quality. Controlled pollination allows to combine desirable characteristics for this species. Thus, adequate controlled pollination techniques must be made available. This work aimed to develop a methodology for controlled pollination in mate. For that purpose, a 15 years old clonal test was used at Embrapa Florestas-Colombo-PR with nine treatments applied on three flowering trees (replications). Flowers were pollinated in November 2010 and the fruits were collected in March 2011. Fruits and seeds produced were quantified and embryos viability was evaluated throughout tetrazolium test. Data analysis was made based on the GLM procedure of the R program. Higher production of fruits and seeds was showed in controlled pollination when compared to open pollination. It can be concluded that controlled pollination after the anthesis of this species must be lead in two consecutive days to ensure a good seed production for mate. pt_BR
dc.format 9 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Sociedade de Investigações Florestais pt_BR
dc.relation.ispartofseries Revista Árvore:v.39,n.2;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Silvicultura::Propagação e fisiologia de espécies florestais pt_BR
dc.title Metodologia para a polinização controlada em Ilex paraguariensis A. St. Hil. - Aquifoliaceae pt_BR
dc.title Methodology for the controlled pollination of Ilex paraguariensis A. St. Hil. - Aquifoliaceae pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Revista_Árvore_v39_n2_p315-323_2015.pdf 324.5Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account