Biblioteca Florestal
Digital

Avaliação do rendimento em madeira serrada de eucalipto para dois modelos de desdobro numa serraria portátil

Show simple item record

dc.contributor.author Pedro, Florinda Sebastião
dc.contributor.author Juízo, Claudio Gumane Francisco
dc.contributor.author Rocha, Márcio Pereira da
dc.contributor.author Bila, Narciso Fernando
dc.contributor.author Uetimane, Ernesto
dc.date.accessioned 2015-11-03T12:48:19Z
dc.date.available 2015-11-03T12:48:19Z
dc.date.issued 2014-10
dc.identifier.citation PEDRO, F. S. et al. Avaliação do rendimento em madeira serrada de eucalipto para dois modelos de desdobro numa serraria portátil. Floresta e Ambiente, Rio de Janeiro, v. 21, n. 4, p. 543-550, out./dez. 2014. pt_BR
dc.identifier.issn 2179-8087
dc.identifier.uri http://www.bibliotecaflorestal.ufv.br:80/handle/123456789/16059
dc.description.abstract Este trabalho teve como objetivo avaliar dois modelos de desdobro (radial e tangencial) de madeira de Eucalyptus cloeziana e Eucalyptus saligna, numa serraria portátil, para se eleger o qual proporciona maior rendimento em madeira serrada. Para o estudo, foram selecionadas aleatoriamente 24 árvores com 27 anos de idade, sendo 12 árvores de cada espécie e divididas em duas classes diamétricas: 30-34,5 cm e 35-39,5 cm. As árvores foram derrubadas e traçadas em toras de 3,4 m de comprimento, sendo produzidas tábuas de 25 mm de espessura nominal. Os resultados obtidos demostraram que, para as duas classes diamétricas de espécies, o modelo de desdobro tangencial obteve melhor desempenho em relação ao desdobro radial, em termos de rendimento. Pode-se concluir-se que o Eucalyptus cloeziana obteve melhores rendimentos, com maior destaque para o modelo de desdobro tangecial em relação ao modelo radial. Estas espécies, nas condições estudadas, têm potencial para ser uma fonte alternativa e segura para produção de madeira serrada, substituindo algumas espécies nativas, ora sob pressão, em Moçambique. pt_BR
dc.description.abstract The present study aimed to evaluate two sawing models (radial and tangential) for Eucalyptus saligna and Eucalyptus cloeziana in a portable sawmill in order to select which one provides the highest lumber yield. To this end, twenty-four trees with 27 years of age were randomly selected: twelve of each species divided into two diameter classes, 30-34.5 and 35-39.5 cm. The trees were felled and cut in logs of 3.4 meters, and clapboards of 25 mm in nominal thickness were produced. The results obtained showed that, for both diameter classes in both species, the tangential sawing model provided higher yield compared with the radial sawing model. We conclude that lumber of satisfactory quality can be produced under the conditions studied and that these species present good potential to be used as an alternative and safe source of lumber production, being able to substitute some native species from Mozambique. pt_BR
dc.format 8 páginas pt_BR
dc.language.iso pt_BR pt_BR
dc.publisher Instituto de Florestas, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro pt_BR
dc.relation.ispartofseries Floresta e Ambiente:v.21,n.4;
dc.subject.classification Ciências Florestais::Tecnologia e utilização de produtos florestais::Tecnologia da madeira e de produtos florestais pt_BR
dc.title Avaliação do rendimento em madeira serrada de eucalipto para dois modelos de desdobro numa serraria portátil pt_BR
dc.title Evaluation of yield in lumber of eucalyptus for two sawing models in a portable sawmill pt_BR
dc.type Artigo pt_BR

Files in this item

Files Size Format View
Errata 543-550.pdf 544.6Kb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar
Revista_Florest ... e_v21_n4_p543-550_2014.pdf 1.612Mb application/pdf View/Open ou Pre-visualizar

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search DSpace


Sobre a Biblioteca Florestal

Browse

My Account